Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/7445
Título: Participação e partilha de conhecimentos na sociedade em rede : os contextos educacionais online
Autor: Paiva, Ana Maria Videira
Orientador: Mendes, António Quintas
Palavras-chave: Cultura participatória
Sociedade em rede
Educação e tecnologia
Identidade digital
Comunidades virtuais
Web social
Participação
Partilha
Conhecimento
Participatory culture
Education and technology
Digital identity
Knowledge sharing
Social web
Online presence
Participation
Data de Defesa: 14-Jun-2018
Citação: Paiva, Ana Maria Videira - Participação e partilha de conhecimentos na sociedade em rede [Em linha]: os contextos educacionais online. [S.l.]: [s.n.], 2018. 204 p.
Resumo: O desenvolvimento das tecnologias sociais características da Web e dos media sociais da atualidade tem promovido uma “cultura participatória” marcada por uma grande multiplicidade de processos e contextos. A facilidade de personalizar os espaços nos quais as pessoas comunicam e interagem entre si e com a informação, tem transformado profundamente o uso das tecnologias, o relacionamento interpessoal, e o relacionamento com a informação e com o conhecimento. Este estudo pretende analisar como um conjunto de indivíduos ligados ao meio académico, universitário e não universitário, com uma reconhecida presença na web social, utiliza estes media, quer no plano pessoal quer profissional. Simultaneamente, visa dar conta das conceções pessoais e princípios filosóficos subjacentes a estes processos de presença na rede, bem como sobre as práticas que deles decorrem, e das implicações que se projetam na própria cultura académica. Partimos de um quadro teórico alicerçado em diversos autores que abordam questões da cultura de participação na rede, designadamente Henry Jenkins, Clay Shirky, Howard Rheingold, que, entre outros, convocam a alteração do papel passivo dos sujeitos para um papel de envolvimento ativo na produção de conteúdos e disseminação de ideias e informações na web. A nível metodológico o estudo enquadra-se no paradigma qualitativo tendo recorrido à realização de entrevistas aprofundadas como instrumento de recolha de dados. Adotámos o método de Análise Temática de Braun e Clarke para o tratamento dos dados. Os resultados estruturam-se ao redor de 3 grandes temas, A- Educação e Tecnologia, B- Identidade Digital e C- Partilha da Informação e do Conhecimento. No tema A, os participantes evidenciaram uma perceção da tecnologia e do seu uso sempre ligada à forma como percecionam a cultura e o papel social da educação em geral. Verificam-se também diferentes posicionamentos face às filosofias subjacentes ao modo como se posicionam em relação às tecnologias variando num contínuo entre uma visão mais instrumental e uma visão mais ecossistémica/transformadora. No Tema B, ressalta a consciência da necessidade de construir uma presença na rede que cada vez mais é feita na confluência entre os mundos off e online. A dimensão profissional e pessoal da identidade digital emergiu de forma diferenciada. Alguns sujeitos separam claramente estas dimensões enquanto para outros, essa separação é muito mais fluída. Frente ao Tema C, verifica-se que a partilha, circulação do conhecimento e da informação na sociedade em rede constitui um aspeto a que todos os investigadores/professores deram substantiva importância, destacando-se dentro deste tema questões como: o valor que a partilha acrescenta, a relevância da partilha de conteúdos de natureza informal, participantes consumidores versus difusores, motivações para a partilha e rede de contactos. Este estudo veio contribuir, entre outros aspetos, com exemplos de configurações interessantes de práticas de participação e de partilha por parte de um conjunto de sujeitos que, agregando a sua pertença ao mundo académico com uma elevada integração no mundo da web social, nos podem iluminar face a novos e ainda pouco explorados caminhos da sociedade em rede e da cibercultura.
The development of social web technologies and the characteristics of today's Social Media has promoted a "participatory culture" marked by a great variety of processes and contexts. The facility to customize spaces in which people communicate and interact with each other and with the information, has profoundly changed the use of technology, interpersonal relationships, and the relationship with information and knowledge. This study aims to analyze how a group of individuals linked to the academic, university and non-university environments, with a recognized social web presence, uses these media, both personally and professionally. Simultaneously it aims to understand the personal conceptions and philosophical principles underlying these processes of presence in the network, as well as the practices that result from them, and the implications that are projected in the academic culture itself. We start from a theoretical framework based on several authors that address issues of the culture of participation in the network, namely Henry Jenkins, Clay Shirky, Howard Rheingold, who, among others, call for change in the passive role of the subjects for a role of active involvement in production content and dissemination of ideas and information on the web. The methodology used relates to qualitative which has led to in-depth interviews as a data collection instrument. We adopted the Braun and Clarke Thematic Analysis method for data analysis. The results are structured around 3 major themes, A- Education and Technology, B- Digital Identity and C- Information and Knowledge Sharing. In theme A, the participants evidenced a perception of technology and its use, always related to the way they perceive the culture and social role of education in general. There are also different approaches to the underlying philosophies, how they stand in relation to technologies ranging from a continuum between a more instrumental vision and a more ecosystemic / transformative one. Theme B highlights the understanding of the necessity to build a presence in the network which is increasingly attained at the confluence between the worlds off and online. Digital identity, professional and personal dimensions, have emerged on differentiated ways. Some subjects clearly separate these dimensions while, for others, this separation is much more fluid. Theme C, clarifies that, sharing and knowledge and information flow in the network society, is an aspect to which all researchers / teachers gave a substantial importance, highlighting, in this theme, issues such as: sharing increases value, the relevance of informal content sharing, consumer versus diffuser participants, sharing motivations and network contacts. This study contributed, among other aspects, with interesting configurations of participation practices and sharing examples by a group of subjects that, summing their belonging to the academic world with a high integration in the social web world, can help us to face new and still little explored ways of the network society and of the cyberculture.
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/7445
Designação: Tese de Doutoramento em Educação na especialidade de Educação a Distância e Elearning apresentada à Universidade Aberta
Aparece nas colecções:Educação a Distância e Elearning / Distance Education and Elearning

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TD_AnaMPaiva.pdf1,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.