Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/5533
Título: Conceções e práticas de trabalho colaborativo : estudo de caso com professores do 2º ciclo e de apoio educativo de uma escola da Região Autónoma dos Açores
Autor: Pedras, Sandra Maria Dias das
Orientador: Seabra, Filipa
Palavras-chave: Educação
Professores
Trabalho colaborativo
Supervisão
Apoio educativo
Collaboration
Educational support
Teachers
Supervision
Teaching and learning
Data de Defesa: 14-Jul-2016
Citação: Pedras, Sandra Maria Dias das - Conceções e práticas de trabalho colaborativo : estudo de caso com professores do 2º ciclo e de apoio educativo de uma escola da Região Autónoma dos Açores. Lisboa : [s.n.], 2016. 181 p.
Resumo: A colaboração é um tema cada vez mais atual nas práticas pedagógicas dos docentes. No que diz respeito a esta temática, a avaliação externa das escolas no seu quadro de referência apela ao trabalho colaborativo entre os docentes, na prestação do serviço educativo, afirmando o acompanhamento e a supervisão da prática letiva e apresentando um papel relevante na monitorização da eficiência das práticas de apoio educativo. Pretendemos, desta forma, investigar as metodologias colaborativas evidenciadas, bem como a partilha de vivências e perspetivas em relação à efetiva prática ou ausência de colaboração, entre professores do 2º ciclo do ensino básico e professores de apoio educativo das disciplinas de Português, Matemática e Inglês, de uma escola da Região Autónoma dos Açores. Para além disso, também investigámos os processos de supervisão das práticas de colaboração. Para a consecução dessa investigação realizámos questionários a professores de turma e de apoio educativo do 2.º ciclo das disciplinas de Português, Matemática e Inglês, para evidenciar as práticas colaborativas entre os professores titulares e os professores de apoio educativo. Também foram realizadas entrevistas às coordenadoras dos respetivos departamentos, sobre a temática da investigação, e à coordenadora dos apoios educativos. Sendo assim, evidenciou-se uma metodologia mista cujas técnicas de análise de dados tiveram como base a análise estatística descritiva e a análise de conteúdo categorial. Desta recolha de dados foi percetível que as práticas colaborativas ainda não são uma realidade entre os docentes de turma do 2.º ciclo e de apoio educativo. Foi notório que essas práticas se centram apenas na troca de informações, de forma informal, ou então em momentos de avaliação, através da realização de relatórios periodais. A noção do conceito de colaboração ainda não se encontra bem definido para esses docentes, no entanto afirmam a importância dos processos colaborativos para o processo de ensino-aprendizagem. No que diz respeito às práticas de supervisão, estas não se encontram instituídas na escola onde decorreu a investigação, nomeadamente a supervisão promotora de processos de colaboração. Esta investigação poderá ser promotora de outros estudos relacionados com a colaboração e a supervisão das práticas colaborativas, bem como um contributo para a abertura a essas mesmas práticas.
Collaboration is an increasingly current topic in teaching staff pedagogical practices. Regarding this issue, the outer evaluation of schools as a framework calls for collaborative work among teachers, thus providing educational services, monitoring and supervising teaching, as well as presenting an important role in monitoring the efficiency of the educational support practices. We intend, therefore, to research the highlighted collaborative methodologies, as well as sharing experiences and perspectives with regard to the actual practice or lack of collaboration among teachers of basic education and support education teachers of Portuguese, Mathematics and English, in an Azorean school. In addition, we also researched the supervisory processes in collaboration practices. To achieve this research and to highlight the collaborative practices among teachers, we conducted questionnaires to Portuguese, Mathematics and English teaching staff. We also interviewed department head teachers. Therefore, it was used a methodology which data analysis techniques were based on descriptive statistics and categorical content analysis. Through this data collection, it was evident that collaborative practices are not yet a reality among the group of teachers who participated in this research. It was clear that these practices are focused only on information exchange, informally, or during students’ evaluation, with the completion of periodical reports. The notion of collaborative concept is not yet well defined for these teachers, however, they affirm the importance of collaborative procedures for the teaching-learning process. In this school, in particular, the supervision of collaborative procedures is not established. This research may be a promoter of other related studies with the cooperation and supervision of collaborative practices, as well as a contribution to broadmindedness to these same practices.
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/5533
Designação: Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica apresentada à Universidade Aberta
Aparece nas colecções:Mestrado em Supervisão Pedagógica / Master's Degree in Pedagogical Supervision - TMSP

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMSP_SandraPedras.pdf1,85 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.