Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/780
Título: O conhecimento em desenho e organização do trabalho no âmbito da gestão de produção e operações
Autor: Lopes, José Manuel Dias
Orientador: Gonçalves, Amílcar
Barata, José Manuel Monteiro
Palavras-chave: Gestão de empresas
Investigação científica
Bibliometria
Trabalho
Planeamento da produção
Modelo
Business management
Planning
Research management
Production management
Scientific investigation
Models
Data de Defesa: 2007
Citação: Lopes, José Manuel Dias - O conhecimento em desenho e organização do trabalho no âmbito da gestão de produção e operações [Em linha]. [Lisboa] : [s.n.], 2007. 749 p.
Resumo: O objectivo geral da investigação é a caracterização do paradigma do Desenho e da Organização do Trabalho, existente no âmbito do corpo de conhecimentos da especialização em Produção e Operações da área científica da Gestão. Esta caracterização articulou-se em três vertentes: Cartografia do conhecimento actual; Evolução temporal do conhecimento; e Presença dos legados históricos. Cada uma destas vertentes foi avaliada através de um estudo empírico específico. A cartografia do conhecimento actual foi estabelecida a partir da análise dos artigos publicados em três revistas especializadas em gestão de operações: o Journal of Operations Management, o International Journal of Operations e Production Management e o Production and Operations Management. Este estudo permitiu a seguinte conclusão geral: O tema Desenho e Organização do Trabalho tem uma incidência muito diminuta na actual investigação em Gestão da Produção e Operações. A investigação actual em Gestão da Produção e Operações pode ser agrupada taxionomicamente nas seguintes três categorias: i) Técnicas Clássicas, ii) Interface Recursos Humanos/Gestão de Produção e Operações, e iii) Organização da Produção e do Trabalho. Estudos com outra amostra de artigos demonstraram a potencialidade deste esquema taxionómico. A investigação sobre o tema centra-se fundamentalmente na actividade industrial, em especial no sector automóvel, discutindo temas como: a Lean Production e a abordagem sociotécnica. Observa-se também um cisma que divide a investigação de base europeia da investigação de base europeia da investigação realizada nos E.U.A. Na análise da segunda vertente – evolução temporal do conhecimento – o estudo incidiu sobre os artigos de uma única publicação o International Journal of Production Research. Foram analisados todos os artigos publicados desde 1961. Essa avaliação permitiu constatar que: Existe uma redução da incidência da investigação em Desenho e Organização do Trabalho, no âmbito da Gestão da Produção e Operações, de cerca de 10% dos artigos publicados nas décadas de 60 e 70, para cerca de 2% na actualidade. Essa diminuição de incidência da investigação referida é um fenómeno que afecta em particular a gestão de operações, não sendo um fenómeno generalizado a outras áreas do conhecimento. A investigação demonstrou ainda uma alteração significativa em relação ao enfoque da pesquisa publicada. Assim, na década de 60 predominam as pesquisas no âmbito das Técnicas Clássicas. Após esse primeiro período nenhuma das três categorias domina a investigação. A terceira vertente do estudo incidiu sobre a presença dos legados históricos. A investigação centrou-se nos manuais de gestão de operações. A pesquisa realizada permitiu sustentar que: A Gestão Científica tem uma presença muito relevante no conhecimento actual acerca do Desenho e da Organização do Trabalho, no âmbito da Gestão da produção e Operações. Essa presença manifesta-se principalmente ao nível das técnicas e dos métodos de intervenção nas empresas, onde domina, largamente, o Estudo do Trabalho. No tocante aos conceitos e aos modelos globais de organização do trabalho, o domínio referido anteriormente não é tão evidente. Assim, confirma-se que a influência da Gestão Científica no conhecimento actual da Gestão da Produção e Operações se faz, essencialmente, através do contributo de R. Barnes, e tendo por base o modelo de intervenção por ele estruturado (Estudo dos Tempos e dos Movimentos). Os resultados da presente dissertação devem ser avaliados tendo em conta os desenvolvimentos recentes, relativos aos aspectos de ordem comportamental no âmbito da gestão de operações. Neste enquadramento pode afirmar-se que o interesse pelas questões de ordem comportamental em geral, e pelas questões do trabalho em particular, só se manterá no seio da gestão de operações, e só será útil numa perspectiva conjunta operações/área comportamental, se estiver assente nas especificidades e particularidade da gestão de operações. Conclui-se, em termos gerais, pela urgência de que a gestão de operações recorra aos seus clássicos, criando em definitivo as suas raízes, criando a sua agenda e a sua visão particular da problemática do trabalho.
The general objective of this research is to characterize the Job Design and Work Organization paradigm in the scope of the specialization in the Production and Operations body of knowledge, which is part of the scientific area of Management. This characterization has been performed through three approaches: Current knowledge cartography; Evolution of knowledge in time; and Historic legacy presence. Each of these approaches has been evaluated through a specific empiric study. The current knowledge cartography has been studied through the analysis of the articles published in three magazines specialized in operations management: Journal of Operations Management, International Journal of Operations e Production Management and Production and Operations Management. This study led to the following general conclusion: The Job Design and Work Organization subject has a very small presence in the current research in Production Management. The current research in Production and Operation Management can be grouped, in terms of taxonomy, in the following three categories: i) Classic Techniques, ii) Human Resources/Production and Operations Management Interface, and iii) Production and Work Organization. Studies with another article sample demonstrated the potential of this taxonomy. The research on the subject is centered mainly on the industrial activity, especially in the automotive sector, discussing subjects like: Lean Production and the socio-technical approach. A clear separation can be observed between European and US based research. In the analysis through the second approach – evolution of knowledge in time – the study looked at articles from a single publication: The International Journal of Production Research. All articles published since 1961 were analyzed, leading to the following findings: There is a decrease in the research on Job Design and Work Organization, in the scope of Production and Operations Management, from around 10% of published articles in the 60s and 70s to around 2% nowadays. This decrease is a phenomenon that affects mostly operations management and is not common to other areas of knowledge. The research demonstrated also a significant change in terms of the published research focus. In the 60s the Classic Techniques research predominated. After that first period, none of the three categories dominates research. The third approach of the study looked at the presence of historic legacy. The research was focused in the operations management manuals. The research supported that: Scientific Management has a very relevant presence in current knowledge about Job Design and Work Organization, in the scope of Production and Operations Management. This presence shows itself mainly in the techniques and methods used in companies, where the Work Study largely dominates. As for the concepts and global models of the work organization, this dominance is not so clear. Thus, it is confirmed that the influence of Scientific Management in current knowledge of Production and Operations Management comes mainly from the contribution of R. Barnes, having the model structured by him as the base (Motion and Time Study). The results of this thesis shall be evaluated taking into account the recent developments in the behavioural aspects related to operations management. In this scope, it can be said that the interest in behavioural issues, in general, and in the work issues in particular, will only remain in operations management and will only be useful in a joint operations/behavioural area perspective, if it is based on the specificities and particularities of operations management. The general conclusion is that it is urgent for operations management to resort to its classics creating its roots, creating its agenda and its own vision of the work study
Descrição: Tese de Doutoramento em Gestão na especialidade de Gestão de Projectos apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/780
Aparece nas colecções:Gestão de Projectos / Project Management

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LC341.pdf4,75 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.