Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/701
Título: As representações sociais dos enfermeiros do serviço de urgência face ao doente idoso
Autor: Catita, Paula Alexandra Lima
Orientador: Goulão, Fátima
Palavras-chave: Sociologia da saúde
Envelhecimento
Pessoas idosas
Cuidados médicos de urgência
Enfermeiros
Representações sociais
Estereótipo
Data de Defesa: 2008
Citação: Catita, Paula Alexandra Lima - As representações sociais dos enfermeiros do serviço de urgência face ao doente idoso [Em linha]. Lisboa : [s.n.], 2008. 200 p.
Resumo: Resumo - O envelhecimento da população é uma das realidades mais concretas da actualidade, alvo de estudo e atenção constantes da nossa sociedade. O envelhecimento deve ser encarado como uma etapa do desenvolvimento humano que comporta ganhos e perdas. As representações sociais relacionadas com os idosos conduzem a atitudes discriminatórias que estão essencialmente ligadas a ideias preconcebidas a mitos e a estereótipos. Do ponto de vista metodológico, esta investigação teve como objectivo conhecer as representações sociais dos enfermeiros do serviço de urgência face ao doente idoso. O estudo foi aplicado no serviço de urgência do Hospital Nossa Senhora do Rosário, E.P.E. no Barreiro. Teve uma amostra de conveniência que abrangeu 38 enfermeiros que exerciam a sua actividade profissional há mais de uma ano, na área de prestação de cuidados de enfermagem. Foi aplicado um inquérito por questionário que permitiu a caracterização da amostra e colher informações acerca das representações sociais dos enfermeiros do serviço de urgência face ao doente idoso, através de 32 questões fachadas e da aplicação de um teste de associação livre de palavras, com 4 palavras estímulo: Envelhecimento, Velhice, Velho e Idoso. Fez-se seguidamente uma análise quantitativa e qualitativa dos dados colhidos. Os resultados obtidos sobre esta problemática revelaram que os enfermeiros inquiridos apresentam uma visão bipolar do doente idoso e do envelhecimento, onde o idadismo e os preconceitos relacionados com a idade coexistem com uma visão positiva do idoso e do envelhecimento, assente em conceitos que caracterizam um envelhecimento bem sucedido. Valorizaram maioritariamente as características negativas do idoso e do envelhecimento na sua vertente física, as características positivas da vertente psicológica e com um certo equilíbrio entre as características positivas e negativas da vertente social. Os enfermeiros foram também nas suas respostas de encontro a uma maior concordância com afirmações ligadas a uma representação positiva do idoso. Finalizamos com a sugestão de que os enfermeiros devem reavaliar o conjunto das suas atitudes e dos seus comportamentos bem como a rectidão de conhecimentos e das suas crenças sobre os idosos, a fim de melhorarem a sua actividade
Abstract - The ageing of the population is nowadays one of the most concrete realities, being a subject of study and constant attention in our society. Ageing should be regarded as a step in the human development which includes gains and losses. Social representations related to the elderly lead to discriminatory attitudes that are essentially linked to previous ideas, myths and stereotypes. From the methodological point of view, this research aim was to ascertain the social representations of nurses who work in the emergency department towards the elderly patient. The study was implemented in the emergency department of the Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE in Barreiro. It had a sample of convenience which covered 38 nurses who accomplished their jobs for more than a year in the area of providing nursing care. A survey by means of a questionnaire was applied, what allowed the characterization of the sample and collected information about the social representations of the nurses from the emergency towards the elderly patient, through 32 closed question issues and the application of a test of free association of words, with 4 topics: Ageing, Old age, Old and Aged. An analysis of quantitative and qualitative data was done after that. The results on this issue revealed that the nurses surveyed have a bipolar view of the elderly patient and ageing, where the prejudices related to age coexist with a positive view of ageing and the elderly, based on concepts that characterize a successful ageing. They emphasized mostly the negative characteristics of the elderly and ageing in their physical aspect, the characteristics of the positive psychological aspect and a balance between the positive and negative features of the social aspect. In their responses the nurses met a greater agreement with statements linked to a positive image of the elderly. We would like to conclude with the suggestion that the nurses must reassess all their attitudes and their behaviour and the rectitude of knowledge and their beliefs about the elderly, in order to improve their performance
Descrição: Dissertação de Mestrado em Comunicação em Saúde apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/701
Aparece nas colecções:Mestrado em Comunicação em Saúde / Master's Degree in Health Communication - TMCS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LC412.pdf1,09 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.