Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/644
Título: Mulheres migrantes de São Tomé e Príncipe em Portugal: um estudo de caso no Bairro Vale de Chícharos
Autor: Pereira, Elisabete Maria Magalhães
Orientador: Joaquim, Teresa
Palavras-chave: Sociologia das migrações
Imigração
Santomenses
Género
Emprego das mulheres
Mercado de trabalho
Família
Interação
Discriminação
Estudo de casos
Portugal
Data de Defesa: 2006
Resumo: Resumo - O presente trabalho, elaborado como dissertação final do Mestrado em Relações Interculturais pretende ser, principalmente, um contributo singelo para uma maior visibilidade da problemática das mulheres migrantes e da comunidade santomense, em particular no Bairro Vale de Chícharos, no Concelho do Seixal. As migrações são hoje e cada vez mais objecto de interesse multidisciplinar. As suas complexidade e dinâmica actuais são o resultado do ritmo com que avançam as nossas sociedades e das mudanças que sentimos ocorrerem no nosso quotidiano. Trata-se de uma temática que não se esgota, porque a mobilidade é própria da natureza humana e por isso é possível olhá-la sob os mais diversos prismas. Tendo em conta a complexidade e a dinâmica das migrações internacionais pretendemos reflectir sobre a experiência migratória das mulheres santomenses, integrada na problemática da migração feminina em geral. Queremos perceber como é que as mulheres migrantes, sujeitas a diversos constrangimentos, agem e tomam as suas decisões no espaço transnacional. Para isso propomo-nos discorrer sobre os conceitos que se apresentaram como os mais pertinentes para a prossecução do nosso objectivo. Salientamos os conceitos de género, redes e agência. Pretendemos com esta dissertação contribuir para uma reflexão mais profunda e, se possível, mais completa da realidade da experiência migratória feminina e como é que ela influi na vida das suas protagonistas. O estudo de caso que apresentamos complementará este propósito. No primeiro capítulo deste trabalho “Dinâmicas Migratórias na Europa e em Portugal” procuraremos situar o espaço europeu como palco de intensos movimentos migratórios. Pretendemos fazer uma retrospectiva do que têm sido as migrações no Velho Continente, procurando salientar a importância das mesmas e nas quais assenta o paradigma actual das migrações internacionais na Europa. Esta retrospectiva serve de enquadramento à imigração portuguesa, onde a presença africana é significativa. Na segunda parte deste trabalho, “São Tomé e Príncipe – o País e a Diáspora” faremos, em relação ao país, uma breve referência à sua história, população, e a aspectos culturais que consideramos mais pertinentes para a nossa análise. Pretendemos evidenciar as ligações histórico-linguísticas que influenciaram a escolha de Portugal como destino de migração desta população. Debruçar-nos-emos ainda sobre a diáspora santomense, destacando alguns elementos caracterizadores da comunidade santomense em Portugal. Na terceira parte deste trabalho “Migração Feminina – Perspectivas e Conceitos”, procuraremos reflectir sobre algumas perspectivas que procuram explicar as migrações internacionais, caracterizadas pela dicotomia entre as teorias sistémicas ou estruturalistas e as teorias funcionalistas, ou seja, o eterno debate entre acção e estrutura. Procuraremos situar as mulheres neste contexto, reflectindo, por um lado, sobre as representações que se fazem do género – estrutura – que surgem frequentemente como constrangimentos sociais e, por outro, sobre a acção que desenvolvem como contrariando a influência dos aspectos estruturais. No capítulo quarto “Mulheres Migrantes no Espaço Transnacional” pretendemos reflectir sobre a influência do género nas migrações internacionais, sobre as causas e as consequências da experiência migratória e como o género pode influir nas suas estratégias e decisões tomadas no espaço transnacional. No capítulo quinto “Ser Mulher e Ser Migrante – O exemplo do mercado de trabalho”, pretendemos reflectir sobre as experiências das mulheres migrantes como Outras nas sociedades receptoras, vivendo a dupla realidade de serem mulheres e de serem migrantes, circunstância que se consubstancia sobretudo nos mercados de trabalho das sociedades receptoras. O mercado de trabalho, a sua segmentação e a divisão sexual do trabalho, entre outros aspectos, exprimem a influência do género e da alteridade. Finalmente, no capítulo sexto “Mulheres Migrantes de São Tomé e Príncipe – Um estudo de caso” reflectiremos sobre alguns elementos caracterizadores do grupo das mulheres migrantes santomenses residentes no bairro Vale de Chícharos no Concelho de Seixal, as quais entrevistámos e sobre a sua acção num contexto transnacional onde se cruzam as seguintes realidades: ser mulher, ser migrante e ser santomense
Abstract - The main objective of this work is to reflect about female migration, giving more emphasis to santomese migration in a Portuguese neighbourhood where lives an important santomese community. Nowadays, the multidisciplinary interest on international migrations is increasing. Its complexity and dynamics are the result of our day lives changes. It is a subject that never ends since it is part of human nature and is studied under many perspectives. According to that complexity and dynamics we would like to reflect about the migratory experience of santomese women, taking into to account female migration in general. We would like to understand the way migrant women, under structural conditions, act and take their decisions in a transnational environment. For that purpose we would like to refer some important concepts for our analysis, like gender, networks and agency. We would like to contribute for a deepest and, if possible, a more complete reflection about the female migrant experience, that will influenced migrant women lives. The empirical work is a complement to these reflections and it will help us to achieve our purpose
Descrição: Dissertação de Mestrado em Relações Interculturais apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/644
Aparece nas colecções:Mestrado em Relações Interculturais / Master's Degree in Intercultural Relations - TMRI

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LC279.pdf444,62 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.