Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/6343
Título: A inclusão de estudantes com deficiência visual ou auditiva no ensino superior em Portugal
Autor: Carrilho, Tiago
Porfírio, José
Palavras-chave: Inclusão
Deficiência visual
Deficiência auditiva
Ensino superior
Inclusion
Visual impairment
Hearing impairment
Higher education institutions
Data: Dez-2016
Editora: Escola Superior de Educação de Viseu
Resumo: No âmbito do questionário dirigido a estudantes deficientes visuais ou auditivos do ensino superior, 9,4% entende que não poderia escolher outra área devido à sua deficiência. A maioria dos estudantes necessita de adaptações totais ou parciais dos materiais de aprendizagem e das aulas, da receção antecipada dos materiais de estudo, e de mais materiais em suporte informático. Os estudantes não estão muito satisfeitos com a relação da IES com a sua deficiência, com a experiência de aprendizagem, e com o impacto que as barreiras têm no seu processo de aprendizagem. No entanto, consideram que as barreiras não são muito determinantes em termos seu processo de avaliação. Cerca de um terço dos inquiridos considera ter menor sucesso do que os outros estudantes devido à sua deficiência. Cerca de um terço das IES inquiridas não tem uma estrutura ou pessoa de apoio e acompanhamento dos estudantes com deficiência. Nos serviços a adaptações disponibilizados pelas IES, poucas instituições disponibilizam previamente materiais e recursos especiais, aposta em formação dos professores e em serviços/profissionais especializados, ou elabora relatório técnico-pedagógico para apoiar os professores na adaptação das provas e dos recursos. Os principais obstáculos enfrentados pelos docentes são as dificuldades em identificar as necessidades dos alunos e em adequar a sua atuação. Face ao inquérito realizado conclui-se que as IES em Portugal ainda têm um longo caminho para percorrer no sentido de melhorar a inclusão académica e social dos estudantes com deficiência visual ou auditiva.
On the basis of the questionnaires directed to visual and hearing impaired HEI students, 9,4% refer that could not choose another area of studies due to his/her impairment. The majority need total or partial adaptations of materials and lectures, need previous handling of study materials and more digital-based materials. The students are not very satisfied with HEI relation regarding his/her impairment, with their learning experience and regarding the barriers impact on their learning process. Yet the students consider that the barriers are not so important in terms of their assessment process. Around one third of the students consider that has less academic achievement than the other students due to his/her impairment. Around one third of the HEI inquired do not have a structure or a person responsible for the support of impaired students. In terms of the services and adaptations provided by HEI, few institutions provide previous handling materials and special resources, develop professional training to teachers and specialized services, and few HEI organize technic-pedagogical reports to support teachers on the adaptation of resources and assessment materials. The main obstacles for teachers are the difficulties to know the student’ needs in order to act accordingly. On the basis of the inquiry we conclude that Portuguese HEI still have a long way to go to improve academic and social inclusion of visual and hearing impaired students
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/6343
ISBN: 978-989-96261-6-4
Aparece nas colecções:Gestão e Economia - Comunicações em congressos, conferências e seminários / Communications in congresses, conferences

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Capítulo Tiago Carrilho- Jose PorfirioXIII_SPCE_2016_atas-F-1.pdf6 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.