Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/621
Título: A disciplina de educação visual e tecnológica em contexto escolar de diversidade cultural
Autor: Queirós, Luís Manuel da Silva
Orientador: Barreto, Maria Antónia
Palavras-chave: Educação intercultural
Educação visual
Educação tecnológica
Programas de ensino
Projetos de educação
Multiculturalismo
Data de Defesa: 2007
Resumo: Resumo - O estudo realizado enquadrou-se na área disciplinar de Educação Visual e Tecnológica, leccionada no 2º ciclo do ensino básico e a sua relação programática com a diversidade cultural, ou seja, como pode abranger no seu currículo questões relativas à diversidade cultural em contexto escolar. Teve como questão de partida: Como está a ser leccionada a disciplina de Educação Visual e Tecnológica em contexto escolar marcado pela Diversidade Cultural? Deste ponto de partida, surgem outras questões que ajudam a operacionalizar o problema: • O programa da disciplina de Educação Visual e Tecnológica é flexível de forma a responder às exigências de uma educação que promova a diversidade cultural? • Que estratégias estão a ser utilizadas na disciplina de Educação Visual e Tecnológica, no desenvolvimento do currículo em escolas com grande diversidade cultural? Utilizou-se uma metodologia de estudo de caso qualitativo em quatro escolas da Área Metropolitana de Lisboa e, como técnica de recolha de dados a entrevista a oito professores da disciplina de Educação Visual e Tecnológica que leccionam nas quatro escolas seleccionadas. Bem como a análise e comentário dos Projectos Educativos e a sua abordagem à diversidade cultural. Da análise dos Projectos Educativos verificou-se que reconheciam a diversidade cultural como característica das escolas e apontavam estratégias de actuação nesse sentido, no entanto mostravam perspectivas diferentes na forma como abordam a diversidade cultural. Dois dos Projectos Educativos reconhecem mas não valorizam, utilizando uma perspectiva intercultural integracionista e os restantes reconhecem e valorizam demonstrando uma perspectiva intercultural pluralista. A análise de conteúdo das oito entrevistas realizadas permitiu a seguinte sistematização da opinião dos professores: A diversidade cultural no estabelecimento de ensino onde leccionam é uma característica evidente; Não se potencializa a diversidade cultural nas planificações lectivas; Planificam-se as Unidades de Trabalho de forma uniforme; O programa de Educação Visual e Tecnológica é flexível, para se apostar numa pedagogia diferenciada tendo em conta a diversidade cultural mas a grande preocupação dos professores tem a ver com questões disciplinares; Os Órgãos de Gestão, apesar de reconhecerem a diversidade cultural nos projectos educativos, intervêm de forma uniforme e não potencializam a diversidade cultural; Uma educação que tenha em conta a diversidade cultural, não se justifica e não é essencial segundo estes professores entrevistados. Na conjugação entre os Projectos Educativos e as oito entrevistas realizadas verificou-se incoerência entre o que realmente está escrito nos projectos e aquilo que se não faz, relativamente à promoção da diversidade cultural em contexto escolar. As palavras-chave são: Diversidade Cultural, Educação Intercultural, Educação pela Arte, Educação Visual e Tecnológica
Descrição: Dissertação de Mestrado em Relações Interculturais apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/621
Aparece nas colecções:Mestrado em Relações Interculturais / Master's Degree in Intercultural Relations - TMRI

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LC276.pdf1,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.