Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/4828
Título: A gestão da carreira dos profissionais da informação em Portugal. Estudo sobre as trajetórias laborais e perceções da profissão dos graduados da Licenciatura em Ciências da Informação e Documentação da Universidade Aberta (cursos de 2007 a 2009)
Autor: Marcos, Isabel Marques
Orientador: Sánchez Domínguez, Mª del Carmen
Palavras-chave: Profissionais da informação
Gestão das carreiras
Revalorização profissional
Transições profissionais
Identidade profissional
Portugal
Information professionals
Career management
Professional revaluation
Professional transitions
Professional identity
Data de Defesa: 2015
Citação: Marcos, Isabel Marques - A gestão da carreira dos profissionais da informação em Portugal [Em linha]: estudo sobre as trajetórias laborais e perceções da profissão dos graduados da Licenciatura em Ciências da Informação e Documentação da Universidade Aberta (cursos de 2007 a 2009). Alcalá de Henares: Universidad de Alcalá, 2015. 794 p. Tese de Doutoramento
Resumo: O estudo da profissão de informação e documentação I-D em Portugal não pode ser dissociado do atual enquadramento normativo e jurídico que levou à extinção oficial das carreiras dos profissionais da informação. No entanto, se por um lado a sua extinção permite que a profissão possa ser exercida por quem não tem formação específica na área, por outro lado, este Decreto-Lei ao extinguir as carreiras, extinguiu os anteriores requisitos habilitacionais para o seu acesso. A decisão de investigar a evolução das carreiras dos profissionais I-D em Portugal a partir de um estudo de caso centrado nos graduados da Licenciatura em CID da Universidade Aberta, dos cursos dos anos 2007/2008, 2008/2009 e 2009/2010, partiu do pressuposto de que o conhecimento dos processos de inserção e progressão na carreira destes licenciados, adultos e na sua maioria a trabalhar na área, permitiriam percecionar as repercussões que os fatores anteriormente citados estão a ter na identidade profissional, na inserção e revalorização laboral e na visibilidade social dos profissionais I-D, que evoluem agora não como um grupo juridicamente legitimado, mas sim como um grupo que tem que garantir na sociedade o seu posicionamento estratégico para poder sobreviver. Em termos metodológicos, este trabalho de investigação partiu de uma ampla revisão da literatura sobre os aspetos teóricos considerados essenciais para o estabelecimento dos critérios de análise da investigação empírica. Na investigação empírica optou-se por uma metodologia de triangulação, feita através do recurso aos métodos qualitativos e quantitativos. Definiu-se como metodologia a realização de entrevistas semiestruturadas a um grupo de trinta licenciados (14,42% do total) e a aplicação de um inquérito por questionário à totalidade da população. Na investigação qualitativa, a análise de conteúdo das entrevistas foi apoiada pela utilização do software Atlas Ti versão 6.0. Na investigação quantitativa recorreu-se ao inquérito por questionário, que foi alojado na plataforma Limesurvey e enviado por email a todos os licenciados. Obtiveram-se 148 respostas, o que correspondeu em termos percentuais a 71,15% da população. Na análise estatística destas respostas foi utilizado software SPSS versão 22. Os resultados obtidos permitem concluir que sendo um grupo que maioritariamente já trabalhava na área CID, com uma situação laboral estável e na Administração Pública, a gestão das carreiras tinha implícito um desejo de revalorização e de reconversão profissional que passava na maior parte dos casos por manter-se na mesma profissão, mas numa categoria superior. Na gestão das carreiras destes profissionais é de registar a proatividade manifestada na decisão de ingressar no ensino superior, de concluir o curso e de procurar melhorar a situação profissional. É de realçar também o gosto pela profissão, o desejo realização pessoal e de obtenção de mais conhecimentos para um melhor desempenho profissional. Após a conclusão da licenciatura, os percursos profissionais foram caraterizados na sua maior parte por atitudes proactivas de alterar a situação profissional, mas verificou-se que apenas cerca de 26% o conseguiram, sendo por isso significativa a percentagem de licenciados que se encontram insatisfeitos. No entanto, há um grupo de licenciados, que se encontram satisfeitos pelo facto de desempenharem uma profissão que os realiza. É também de realçar a satisfação com os conhecimentos adquiridos pela licenciatura e pela proatividade em continuar os estudos a nível de formações de 2º e 3º ciclo. Pelos resultados obtidos é possível inferir que atualmente o grau de licenciado permite o acesso à carreira de técnico superior da área funcional das bibliotecas e arquivos, situação impossível de ocorrer até 2008. Em termos das perceções e representações que os próprios profissionais fazem da sua profissão, constatou-se que este grupo de licenciados conhece as caraterísticas da sua profissão, tem consciência das ameaças e oportunidades com que esta se depara, tem um olhar prospetivo sobre o futuro que reflete a consciência de se estar perante uma profissão em processo de reafirmação e que tem meios para manter o seu posicionamento estratégico na sociedade. O principal obstáculo passa pela própria sociedade e pelo poder político que desvaloriza a importância das bibliotecas e a necessidade de formação específica por parte dos seus profissionais. Neste sentido, a abolição legal das carreiras específicas pode ter repercussões sérias no desenvolvimento da profissão I-D.
The study of the information and documentation (I-D) profession in Portugal cannot be dissociated from the current regulatory and legal framework that led to the extinction of the careers of the information professionals. The decree-law extinguishing the I-D careers not only opened the profession to people having no specific training in the area but also extinguished the previous qualifications required to work in the area. Departing from a case study focusing the 1st cycle degree in Information and Documentation graduates of Universidade Aberta in the academic years 2007/2008, 2008/2009 and 2009/2010, the decision to carry out research on the evolution of the I-D careers in Portugal assumed that knowing the processes of integration and career development of these graduates (mostly adults working in the area), would contribute to realize the impact that the above mentioned factors have on the creation of a professional identity, on the labor market insertion and on the revaluation and social visibility of the I-D professionals that currently do not evolve as a legally legitimate group, but as a group that has to ensure its strategic positioning in society in order to survive. In methodological terms, this research departed from a wide review of the state-of-the art concerning the theoretical issues considered as essential for establishing the empirical research analysis criteria. The empirical research followed a triangulation methodology by using both qualitative and quantitative methods. Methodologically, it was defined to carry out a survey to the entire population and semi-structured interviews to 30 graduates (14,42%). The content analysis of the interviews was supported by the software Atlas Ti – version 6.0 (qualitative analysis). The survey was implemented in the open software Limesurvey and an e-mail was sent to all graduates inviting them to answer (quantitative analysis). The survey obtained 148 answers, i.e. 71,15% of the population. The software SPSS - version 22 was used for the statistical analysis. The obtained results allow to conclude that most of these graduates, although working already in the I-D area and having a stable labor situation and/or in the public administration, had an underlying desire for upgrading and retraining and longed for keeping up in the same profession in a higher category. It is worthwhile to point out the proactivity of these professionals in managing their careers: enrolling in a graduation, completing the degree, seeking to improve their professional status and their commitment to the profession, the wish to get further knowledge for a better professional performance. Also, upon graduation, their professional pathways are mostly featured by proactive attitudes to change their labor situation. However, only ca. 26% did, which means that a large part of the graduates is not satisfied. Nevertheless, the survey results showed their satisfaction with the knowledge acquired in the graduation and their desire to keep on studies on the 2nd and 3rd cycles. The results obtained allow to infer that the graduation degree enables the access to the career of high-level technician of the functional area of libraries and archives, which was an impossible situation until 2008. In terms of the perception and representation that the I-D professionals have of their profession, it was found that these graduates know their profession features. Furthermore, they are aware of the threats and opportunities they have to face and have a prospective look on the future that reflects their awareness of belonging to a profession undergoing a reaffirmation process but that has the means to maintain its strategic position in society. The main obstacle is in society itself and in the political power that devalues the importance of libraries and the need for specific training of its professionals. In this sense, the abolition of specific careers may have serious repercussions on the development of the I-D profession.
Descrição: Tese de Doutoramento do "Programa de Doctorado en Documentación", defendida na Universidad de Alcalá de Henares (Madrid)
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/4828
Aparece nas colecções:Ciências da Informação - Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tesefinal_IsabelMarcos.pdf9,27 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.