Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/4637
Título: Sítios, pedras e homens: trinta anos de arqueologia em Oeiras
Autor: Cardoso, João Luís
Palavras-chave: Arqueologia
História
Pré-história
Idade média
Oeiras
Portugal
Data: 2000
Citação: Cardoso, João Luís - Sítios, pedras e homens: trinta anos de arqueologia em Oeiras. "Estudos Arqueológicos de Oeiras" [Em linha]. ISSN 0872-6086. Vol. 9 (2000), p. 1-194
Resumo: Trata-se de uma síntese dos conhecimentos, com base nos testemunhos considerados mais importantes ou significativos das antigas presenças humanas até ao presente identificadas na área ocupada pelo concelho de Oeiras, desde os mais remotos tempos até à Alta Idade Média, anterior à Nacionalidade. Fruto essencialmente de um trabalho pessoal, desenvolvido no decurso dos últimos 30 anos, neste ensaio se integraram, dentro do possível, elementos carreados por outros investigadores antecedentes que, desde o século XIX, se referiram à arqueologia da região. Naturalmente, umas épocas encontram-se pior representadas do que outras, em resultado de uma estratégia de ocupação do espaço mais discreta, que não promoveu a conservação de vestígios, ou mesmo de lacunas de povoamento, os quais são sempre de admitir. Um dos objectivos mais importantes deste trabalho é o de apresentar informação actualizada sobre cada uma das grandes etapas culturais caracterizadas na área concelhia, de uma forma global, coerente e harmónica, viabilizada pela visão a um tempo de pormenor e de conjunto que o Autor possui da região, a começar pelas características naturais que, desde sempre determinaram a sua ocupação humana. A informação apresentada, servida por documentação iconográfica de qualidade, recorrendo muitas vezes a documentação antiga inédita que muito enriqueceu a obra, destina-se, essencialmente, àqueles que, possuidores de um nível de ensino médio ou superior, pretendam aumentar os seus conhecimentos da região onde nasceram ou que escolheram para viver, em particular os alunos do final do Ensino Secundário e do Ensino Superior. Naturalmente, a obra será lida com proveito também por outros investigadores, ou simplesmente interessados neste campo de estudos, e ainda por arqueólogos, até por constituir modelo que conviria ver mais frequentemente adoptado, em particular pelas autarquias, a quem cabe, em primeira instância, o patrocínio deste tipo de publicações, de marcado cunho local. Enfim, esta publicação, que é a consequência imediata de muitos outros trabalhos do autor, constitui, mais do que um "ponto da situação" ou corolário do já realizado na matéria, uma chamada de atenção para a importância e diversidade do património arqueológico oeirense, cuja investigação, protecção e valorização, agora, mais do que nunca, se impõe, tendo presente a muita informação entretanto definitivamente perdida, face às profundas tranbsformações operadas na ocupação humana da região em época recente. Como é sabido, a única forma de preservar e valorizar o património arqueológico, passa, forçosamente, pelo seu reconhecimento, viabilizado por estudos particulares e de síntese, como este que agora se publica; assim ele possa, também neste difícil campo, cumprir os objectivos que presidiram à sua preparação.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/4637
ISSN: 0872-6086
Aparece nas colecções:História, Arqueologia e Património - Revistas / Journals

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sítios, pedras e homens_2000.pdf31,76 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.