Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/4547
Título: Acerca de uma tigela de terra sigillata clara da necrópole do Sol Avesso, Porto Salvo (Oeiras)
Autor: Cardoso, João Luís
André, Maria da Conceição
Palavras-chave: Arqueologia
História
Período romano
Sigillata
Necrópole
Porto Salvo
Oeiras
Portugal
Data: 1998
Citação: Cardoso, João Luís; André, Maria de Conceição - Acerca de uma tigela de terra sigillata clara da necrópole do Sol Avesso, Porto Salvo (Oeiras). "Estudos Arqueológicos de Oeiras" [Em linha]. ISSN 0872-6086. Vol. 8 (1997/1998), p. 219-226
Resumo: Em 1964, no decurso da construção de uma moradia na rua de São Sebastião, no chamado Bairro de Auto-Construção de Porto-Salvo, em Sol Avesso, foram ocasionalmente postas a descoberto três sepulturas estruturadas, de planta rectangular, parcialmente escavadas nas margens do Cenomaniano (Cretácio Inferior) que afloram no local. Correspondem à estação arqueológica nº 45 da Carta Arqueológica do concelho de Oeiras (CARDOSO & CARDOSO, 1992). As circunstâncias da descoberta e ulteriores vicissitudes, prejudicaram a realização, como se impunha, de trabalhos aturados; as limitadas investigações então efectuadas por um grupo de alunos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, depararam com dificuldades, em detrimento não só da adequada exploração das três sepulturas referidas, mas também das muitas outras que, após aquela intervenção de emergência, foram totalmente destruídas, em consequência do prosseguimento das obras. Na curta notícia dedicada aos trabalhos arqueológicos então efectuados, publica-se apenas uma lucerna atribuída ao século II d.C. (MATOS, 1969; CARDOSO & CARDOSO, 1993). A taça de terra sigillata clara objecto deste estudo, foi recolhida, provavelmente, em outra sepultura, das muitas que, entretanto, foram destruídas. Conserva-se no Centro de Estudos Arqueológicos do Concelho de Oeiras (Câmara Municipal de Oeiras); dela, foi anteriormente publicada apenas desenho, sem mais comentários (CARDOSO & CARDOSO, 1992). porém, a importância arqueológica desta peça intacta justificava estudo mais desenvolvido, o qual agora é concretizado. Com efeito, é excepcional a ocorrência de exemplares inteiros comparáveis: um dos raros casos compulsados é o de tigela proveniente de Bello, Cádiz, conservada no Museu Arqueológico nacional, em Madrid (ZOREDA, 1971, Est. III).
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/4547
ISSN: 0872-6086
Aparece nas colecções:História, Arqueologia e Património - Artigos em revistas nacionais / Papers in national journals



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.