Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/4494
Título: Refugiado, imigrante ou pessoa…? O poder de nomear
Autor: Sousa, Lúcio
Costa, Paulo Manuel
Palavras-chave: Refugiados
Asilo
Direitos humanos
Data: Set-2015
Editora: Instituto de Sociologia – Universidade do Porto
Citação: Sousa, Lúcio; Costa, Paulo Manuel - Refugiado, imigrante ou pessoa…? O poder de nomear. "Plataforma Barómetro Social" [Em linha]. ISSN 2182-1879. S. 3 (2015). Disponível em: http://barometro.com.pt/archives/1830
Resumo: Nomear, nas suas várias aceções, implica designar pelo nome mas igualmente instituir, colocando alguém em determinada condição que se reconhece como sua. A capacidade de nomear e o poder de instituir uma condição são dimensões que não podem ser ignoradas numa política europeia de refugiados que tenha por base valores humanitários. Este é o desafio que se coloca à União Europeia e aos seus Estados, signatários da maior parte dos instrumentos internacionais de salvaguarda dos Direitos Humanos: nomear as pessoas atualmente em fuga. A rejeição e a recusa da qualidade de refugiados a todos aqueles que, efetivamente, precisam de asilo é equivalente à perseguição e aos acontecimentos que motivaram a sua fuga.
Descrição: 3ª Série de 2015 de Artigos de Opinião (9 de outubro de 2015)
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/4494
Aparece nas colecções:CEMRI - Artigos em revistas nacionais / Papers in national journals
Direito e Ciência Política - Artigos em revistas nacionais / Papers in national journals

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Refugiado, imigrante ou pessoa… O poder de nomear _ Plataforma Barómetro Social.htm25,77 kBHTMLVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.