Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/4461
Título: A sociologia da representação político-diplomática no Portugal de D. João I
Autor: Santos, Maria Alice Pereira
Orientador: Costa, Adelaide Millán
Palavras-chave: João I, Rei de Portugal, 1357-1433
História de Portugal
História política
Idade média
Diplomacia
Relações externas
Diplomacy
Ambassadors
Foreign relations
Prosopography
Data de Defesa: 2015
Citação: Santos, Maria Alice Pereira - A sociologia da representação político-diplomática no Portugal de D. João I [Em linha]. Lisboa : [s.n.], 2015. 543 p.
Resumo: Partindo do quadro da eleição D. João, Mestre de Avis como rei nas Cortes de Coimbra em 1385, a sociologia da representação político-diplomática no Portugal de D. João I começa por mostrar as linhas orientadoras presentes neste reinado, de modo a enfatizar a vertente política e diplomática. Com Castela, ressalta a ação armada, intercalada com várias tréguas, mas que só termina com a paz perpétua assinada em 1432. Com outros reinos da Cristandade, como a Inglaterra e a Flandres, procuram-se alianças militares e comerciais, cimentadas por contratos matrimoniais, que se estendem também ao reino de Aragão. Com a Santa Sé, desenvolvem-se diligências para legitimar o monarca, marca-se presença nos concílios, e afirma-se o espírito de Cruzada. A composição das diferentes embaixadas permite perceber não só os motivos que a elas subjazem, mas, e sobretudo, analisar os homens que as constituíam, com recurso ao método prosopográfico.
Starting from the election of D. João, Master of Avis as king in Coimbra’s Courts in 1385, the sociology of the political-diplomatic representation in Portugal on the age of D. João I begins to reveal the guidelines present in this kingdom, in order to emphasize the political and diplomatic aspects. With Castela, the armed action is highlighted, interspersed with several truces, but that only ends with perpetual peace signed in 1431. With other Christian kingdoms, like England and Flanders, military and commercial alliances are sought, cemented by matrimonial contracts, which are also extended to the kingdom of Aragon. With the Church, diligences are developed to legitimize the monarch, the presence in the councils is set and the Crusade spirit is stated. The content of the different embassies allows understanding not only the reasons that underlies them, but, above it all, to consider the men who were a part of it, with the use of the prosopographical method.
Descrição: Tese de Doutoramento em História Medieval apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/4461
Aparece nas colecções:História Medieval / Medieval History

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TD_MAliceSantos.pdf3,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.