Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/4443
Título: Segurança alimentar na comercialização e perceção do risco associado ao consumo de castanha do Brasil (Bertholletia excelsa)
Autor: Carreira, Sandra Maria da Silva
Orientador: Moura, Ana Pinto
Cunha, Luís Miguel
Palavras-chave: Comércio
Segurança alimentar
Consumo
Risco
Fruto seco
Brasil
Brazil nuts
Consumer
Food hazard
Nuts
Risk perception
Data de Defesa: 2015
Citação: Carreira, Sandra Maria da Silva - Segurança alimentar na comercialização e perceção do risco associado ao consumo de castanha do Brasil (Bertholletia excelsa) [Em linha]. [S.l.] : [s.n.], 2015. 155 p.
Resumo: A castanha do Brasil (fruto da Bertholletia excelsa), considerada de grande importância para a economia local, em torno da floresta Amazônica, tem visto a sua cadeia produtiva ameaçada pelas dificuldades de adequação às atuais exigências dos mercadores importadores, nomeadamente na União Europeia, consequência da ocorrência de elevados índices de contaminação por aflatoxinas, substâncias altamente tóxicas e carcinogénicas para o homem e animais. O presente estudo pretendeu rever as medidas aplicáveis ao nível das tecnologias alternativas de modo a minimizar a ocorrência dos perigos associados ao consumo do fruto, bem como compreender a perceção do consumidor Português em relação aos riscos associados ao consumo de frutos secos em geral, e da castanha do Brasil em particular. O tratamento com ozono, associado a uma separação física das unidades contaminadas, foi identificado como tecnologia de valorização a considerar. Para compreender a perceção do consumidor em relação à segurança alimentar no consumo da castanha do Brasil, foi aplicado a uma amostra de 418 consumidores, um questionário constituído por três partes: a primeira parte avalia a frequência do consumo, seleção da qualidade e práticas de conservação de frutos secos em geral, e de castanha do Brasil em particular; na segunda parte recorreu-se à versão Portuguesa do Perceived Food Risk Index (PFRI), para avaliar a perceção dos riscos associados ao consumo dos frutos; a terceira parte diz respeito à caracterização sociodemográfica da amostra. Os resultados obtidos sugerem que o consumidor Português perceciona ser da sua responsabilidade a proteção dos efeitos nocivos, existir perigosidade associada à ingestão de alimentos contaminados e ser grave para a saúde a ingestão de alimentos com os perigos considerados. No estudo foram identificadas três dimensões do risco, a saber, Receio, Conhecimento e Extensão, denotando uma tendência para aumento do receio e diminuição do conhecimento no caso da castanha do Brasil.
The Brazil nut (Bertholletia excelsa), considered of great importance to the local economy at the Amazonian forest area, has seen its production chain threatened by inadequate practices to current safety requirements enforced over different importing markets, namely in the European Union, due to high levels of contamination by aflatoxins - highly toxic and carcinogenic to man and animals. This study aimed to review the application of alternative technologies in order to minimize the occurrence of hazards associated with the consumption of the fruit and to understand Portuguese consumer perception of the risks associated with the consumption of nuts and Brazil nuts in particular. The ozone treatment associated with a physical separation of contaminated units was identified as a valorization technology to be considered for future applications. To understand Portuguese consumer perception related to food safety in the consumption of Brazil nuts a sample of 418 consumers, was drawn. A questionnaire consisting of three parts: the first part assessed the frequency of use, quality selection and conservation practices of nuts in general and particularly for Brazil nuts; in the second part the Portuguese version of the Perceived Food Risk Index (PFRI) was used, to assess the perception of hazards associated with consumption of fruits; the third part registered the socio-demographic characteristics of the respondents. Results suggest that the consumer perceived to be his/her own responsibility to protect from the harmful effects, that there is danger associated with ingestion of contaminated food and to be serious for the health food intake with the dangers considered. Three main components were identified: “Dread”, “Knowledge” and “Extent”, with a high level of worry and low knowledge associated with Brazil nuts.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ciências do Consumo Alimentar apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/4443
Aparece nas colecções:Mestrado em Ciências do Consumo Alimentar / Master's Degree in Food Consumption Sciences - TMCCA

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMCCA_SandraCarreira.pdf4,93 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.