Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/4407
Título: Migrações, alteridades e estilos de vida : o estudo de caso da aldeia de Santa Margarida da Serra, no concelho de Grândola
Autor: Gomes, Maria Isabel Chaínho
Orientador: Horta, Ana Paula Beja
Palavras-chave: Migrações
Imigrantes
Alteridade
Estilos de vida
Estudo de casos
Grândola
Immigrants
Migration
Otherness
Lifestyle
Santa Margarida da Serra
Data de Defesa: 2015
Citação: Gomes, Maria Isabel Chaínho - Migrações, alteridades e estilos de vida [Em linha] : o estudo de caso da aldeia de Santa Margarida da Serra, no concelho de Grândola. Lisboa : [s.n.], 2015. 234 p.
Resumo: A partir da segunda metade da década de 80 do século XX, Santa Margarida da Serra, uma pequena freguesia do concelho de Grândola, localizada na serra do mesmo nome, assistiu à chegada de estrangeiros provenientes da Europa Central e Ocidental (alemães, belgas, holandeses e ingleses). Estes estrangeiros vieram rejuvenescer a aldeia e minimizar a saída da população local que, dada a estagnação da agricultura e numa tentativa de melhorar a sua condição de vida, começou a abandonar a freguesia por volta da segunda metade do século XX, para a sede de concelho, para a sede de distrito e para a região de Lisboa. A chegada destes migrantes, que procuravam o sol e uma reconciliação com o mundo natural, para além dos benefícios demográficos constituiu, também, uma fonte de dinamização da aldeia, não só do ponto de vista económico, mas também do ponto de vista cultural. O presente trabalho tem como principal objetivo examinar o impacto destes fluxos migratórios nas dinâmicas sociais, culturais e económicas na aldeia de Santa Margarida da Serra. Neste quadro, especial enfoque é dado às sociabilidades estabelecidas entre as populações imigrantes e a população autóctone, às vivências do quotidiano e às suas perspetivas do futuro.
From the second half of the 1980s, Santa Margarida da Serra, a small parish in the county of Grândola, located in the hills of the same name, has witnessed an influx of foreigners from Central and West Europe (German, Belgian, Dutch and English). These foreigners came rejuvenate the village and minimize the local population exit, as a result of agriculture’s stagnation and in an attempt to improve their condition of life, began to leave the parish by the second half twentieth’s century to the county seat, to the district headquarters and to the region Lisbon. The arrival of these migrants that were in search of the sun and reconciliation with the natural world, beyond the demographic benefits, they also constituted a source of dynamism to the village, not only from the economic point of view but also from a cultural perspective. This study aims to examine the impact of migration on social, cultural and economic dynamics in the village of Santa Margarida da Serra. In this context, special attention is given to established sociability among immigrant populations and the indigenous population, the experiences of everyday life and its prospects for the future.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Relações Interculturais apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/4407
Aparece nas colecções:Mestrado em Relações Interculturais / Master's Degree in Intercultural Relations - TMRI

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMRI_MIsabelGomes.pdf4,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.