Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/4083
Título: Ler melhor através dos temas e mitos na literatura cabo-verdiana : uma análise comparativista
Autor: Silva, Pedro dos Santos
Orientador: Coelho, Paula Mendes
Palavras-chave: História da literatura
Literatura cabo-verdiana
Análise textual
Literatura comparada
Mitos
Temas
Cape verdean literature
Comparative literature
Intertextuality
Themes
Myths
Data de Defesa: 2014
Citação: Silva, Pedro dos Santos - Ler melhor através dos temas e mitos na literatura cabo-verdiana [Em linha] : uma análise comparativista. Lisboa : [s.n.], 2014. 153 p.
Resumo: Esta dissertação teve como ponto de partida a pergunta “Como se comportaram alguns temas e mitos ao longo da história da literatura de Cabo Verde? Que caminho percorreram?” Para tentar dar-lhe resposta recorremos à metodologia comparativista, com o objetivo de analisar as evoluções e possíveis mudanças ocorridas ao longo dos tempos, a partir do cruzamento transversal entre temas e mitos em épocas diferentes. Foi assim necessário abordar a literatura cabo-verdiana, na sua relação profunda com a história do país, considerando os seus três grandes momentos: um tempo “ indefinido” que vai até 1936, um segundo que vai de 1936 até 1975 e, por último, o que vai desde essa data até à atualidade. Ao longo dessa análise, e a partir de um corpus textual necessariamente circunscrito, fomos detetando as variantes, as diferentes atualizações ocorridas nesta literatura, geralmente provocadas por fatores de ordem geográfica, pela evolução histórico-social, por fatores ideológicos que se prenderam sobretudo com a falta de liberdade vivida até 1975. Esta abordagem comparativista, a análise intertextual que lhe é inerente, proporcionou, não uma simples comparação, mas o desvendar de relações múltiplas existentes entre as obras, o corpus literário escolhido, e os tempos que lhes deram origem, permitindo assim conhecer as partes e, consequentemente o todo através do “desocultamento do oculto”. Constatou-se uma migração dos temas e dos mitos entre as literaturas dos três momentos. Em certos casos, alguns elementos permaneceram, mas com novas representações, noutros assumem significados radicalmente diferentes dados os atuais contextos da sua recepção. Relativamente aos mitos, observou-se a sua crescente dessacralização, em sintonia com o progresso que o país foi conhecendo após a independência nacional. A leitura que fomos fazendo conduziu-nos deste modo a uma viagem ao passado do país. Esta leitura transversal, alicerçada na história, dando conta das transformações ocorridas ao longo dos tempos, mostrou-nos ainda de forma cabal a necessidade de se introduzirem mudanças no ensino da literatura nas escolas cabo-verdianas. Uma mudança que deverá passar por uma abordagem comparativista, que privilegia as relações entre textos de diferentes épocas, a sua perspetivação interdisciplinar com outras formas de expressão, capaz de transformar o aluno-mero-receptor num leitor ativo, implicado numa realidade que lhe diz respeito.
This work attempts to answer the question: How did certain themes and myths behave throughout the history of Cape Verdean literature? What paths did they take? To try to answer this question, we used comparativist methodology to analyze the evolution and changes that occurred over time, starting with the intersection of themes and myths in different epochs. It was therefore necessary to consider Cape Verdean literature in the context of its deep relationship with the history of the country itself, taking its three main moments into account: an “undetermined” period that goes until 1936, a second one from 1936 to 1975 and, lastly, from 1975 to the present. Throughout this analysis, and based on a clearly limited literary corpus, we detected important variations and different actualizations occurring in the literature, which were generally caused by geographical factors, by socio/historical evolution, and mostly by ideological reasons linked to the lack of freedom experienced until 1975. This comparativist approach and its inherent intertextual analysis, has permitted not just a simple comparison, but the discovery of a multitude of relationships that can be established between works, the literary corpus analyzed, and the historical periods during which they originated. We observed the migration of themes and myths between the literatures of the three periods. Some were present throughout, in certain cases, albeit with new representations. In other cases, they take on a radically new significance due to the actual contexts of their reception. As far as myths are concerned, we observe their growing “desacralisation”, parallel to the progress the country experienced after national independence. This work, in fact, allowed us to make a voyage to Cape Verde’s past. Moreover, the transversal reading, which takes into account the changes that occurred throughout history, clearly demonstrated the need for the introduction of change in the learning methods for literature in the schools of Cape Verde. Changes that must consider a comparativist approach based on the relationships between the texts of different periods. Changes that must stress interdisciplinary perspectivation with other forms of expression, capable of turning a simple, passive student into an active reader, engaged in a meaningful reality.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ensino da Língua Portuguesa : Investigação e Ensino
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/4083
Aparece nas colecções:Mestrado em Estudos de Língua Portuguesa - Investigação e Ensino / Master's Degree in Studies on Portuguese Language - TMELP

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMELP_PedroSilva.pdf1,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.