Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/3756
Título: O e-learning como instrumento de expansão do ensino do português língua estrangeira na China
Autor: Pires, Luís Tiago Alves
Orientador: Dias, Helena Bárbara
Palavras-chave: Ensino de línguas
Língua portuguesa
Português língua não materna
Ensino a distância
Elearning
Chineses
China
Portuguese as a foreign language
Chinese learner
Distance education
E-learning
Data de Defesa: 2014
Citação: Pires, Luís Tiago Alves - O e-learning como instrumento de expansão do ensino do português língua estrangeira na China [Em linha]. Lisboa : [s.n.], 2014. 135 p.
Resumo: Nas últimas duas décadas, a intensificação das relações económicas e diplomáticas da República Popular da China (RPC) com os países de língua portuguesa contribuiu decisivamente para a expansão do ensino de Português Língua Estrangeira (PLE) nas universidades chinesas. Contudo, este veloz crescimento tem ocorrido em sacrifício da qualidade dos cursos e departamentos de português, que enfrentam uma carência de docentes qualificados e de materiais adequados ao número crescente de aprendentes chineses. Nesse sentido, defendemos que a criação de plataformas de ensino a distância de PLE na China poderá contribuir para colmatar estas lacunas, num espírito de colaboração estreita entre universidades portuguesas e chinesas. De forma a verificar a viabilidade destes projectos, começámos por considerar a literatura académica sobre (i) os desafios levantados pela caracterização do frequentemente estereotipado “aprendente chinês”; (ii) o ensino da língua portuguesa na RPC desde meados do século XX, no contexto do ensino de línguas estrangeiras no país desde a queda da China imperial; (iii) as condicionantes do acesso e utilização da Internet na China e o estatuto do ensino a distância neste país. De seguida, apresentamos os resultados de um inquérito realizado a 87 estudantes universitários chineses, no qual buscámos conhecer os seus hábitos de utilização de Internet e de aprendizagem de português, tanto pessoalmente como na sala de aula. Procurámos, sobretudo, compreender que papel assume a Internet na sua aprendizagem de português, bem como a sua percepção do ensino a distância e experiência com este meio. Por fim, face à pesquisa realizada e aos dados recolhidos, concluímos que soluções de ensino a distância de PLE na China terão o potencial para serem bem-sucedidas caso sejam cuidadosamente alinhadas com os programas presenciais, complementando a formação dos aprendentes e contribuindo, ao mesmo tempo, para o desenvolvimento das licenciaturas e departamentos de português.
In the last two decades, the intensification of economic and diplomatic relations of the People's Republic of China (PRC) with Portuguese-speaking countries has contributed decisively to the expansion of teaching of Portuguese as a Foreign Language (PLE) in Chinese universities. However, this rapid growth has occurred at the expense of the quality of Portuguese courses and departments, which face a shortage of qualified teachers and materials adequate to the growing number of Chinese learners. Accordingly, we hold that establishing platforms for distance learning of PLE in China may contribute to overcome these gaps, in a spirit of close collaboration between Portuguese and Chinese universities. In order to verify the viability of such projects, in the first chapter we take into consideration the academic literature on (i) the challenges posed by the characterization of the often stereotyped "Chinese learner"; (ii) the teaching of the Portuguese language in the PRC since the mid-twentieth century, in the context of foreign language teaching in the country since the fall of imperial China; (iii) the constraints of Internet access and usage in China and the status of distance education in this country. Afterwards, we present the results of a survey of 87 Chinese university students, in which we sought to get to know their Internet usage and Portuguese learning habits, both in terms of personal study and in the classroom. We attempted to understand, mainly, what role the Internet plays in their Portuguese learning, as well as is their perception of distance learning and their experience with this mean. Finally, given the carried out research and collected data, we conclude that PFL distance education solutions have the potential to be successful in China if they are carefully aligned with presence programs, complementing the training of learners and at the same time contributing for the development of undergraduate and Portuguese departments.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Português Língua não Materna apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/3756
Aparece nas colecções:Mestrado em Português Língua Não Materna / Master's Degree in Portuguese as a Foreign Language - TMPLNM

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMPLNM_LuisPires.pdf2,04 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.