Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/3580
Título: O tempo numa sequência descritiva
Autor: Silva, Paulo Nunes da
Palavras-chave: Tempos verbais
Classes aspectuais
Relações temporais
Relações discursivas
Adverbiais temporais
Tipos sequenciais
Descriptive sequence
States
Overlapping
Verbal form
Discourse relation
Data: 2007
Citação: Silva, Paulo Nunes da - O tempo numa sequência descritiva. In Colóquio Comemorativo dos 30 anos da Secção Portuguesa do Instituto de Estudos Ibéricos-Americanos da Universidade de Varsóvia, Varsóvia, 2007 - " Diálogos com a Lusofonia [Em linha] : actas". [Varsóvia] : [Universidade de Varsóvia], 2007. ISBN 978-83-60875-40-7. p. 185-202
Resumo: O estudo desenvolvido teve como objectivo verificar se há propriedades temporais e aspectuais inerentes às sequências descritivas. Pretendeu-se determinar se, nas sequências descritivas, ocorre predominantemente um dado tempo verbal, ou se as situações referidas se integram predominantemente numa determinada classe aspectual, ou se se observa uma elevada taxa de ocorrência de adverbiais temporais, ou, ainda, se prevalece uma dada relação discursiva entre os enunciados. A hipótese de trabalho subjacente ao trabalho foi a seguinte: nas sequências descritivas, predominam as situações da classe dos estados e a relação temporal de sobreposição entre essas situações estativas. Os resultados obtidos confirmam que as propriedades temporais e aspectuais prototípicas das sequências descritivas devem ser procuradas a nível das classes aspectuais em que se inserem as situações referidas e das relações temporais entre essas situações.
The goal of my investigation is to establish the existence of temporal and aspectual properties which are prototypical of the descriptive sequences. I intend to answer the following questions: is there a tense (present tense, for instance) which prevails in all descriptive sequences? Are these sequences characterized by the occurrence of a specific aspectual class (like states)? What about time adverbials? Do they occur in a significant number (like it happens mostly in narrative sequences)? Is there a discourse relation which prevails in these types of textual sequences? The results of this investigation suggest the following hypothesis, which I will try to confirm in my next studies: the prototypical temporal and aspectual properties of the descriptive sequences must be seeked at the aspectual classes level and at the time relations level (and not at the tense level, or at the time adverbs level, or even at the discourse relations level). Descriptive sequences are mainly characterized by the occurrence of states and by the overlapping relation between these stative situations. In association with other studies – see Silva (2002) and Silva (2005a) –, it arises the ideia that, so far as temporal and aspectual properties are concerned, there is a continuum between two poles: the narrative sequence pole (which is mainly characterized by the occurrence of events and the temporal relation of sequenciality between those events) and the descriptive sequence pole (which is mainly characterized by the occurrence of states and the temporal relation of overlapping between those states).
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/3580
Aparece nas colecções:Linguística - Comunicações em congressos, conferências / Linguistics - Communications in congresses, conferences

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2007 Univ. Varsóvia Paulo Nunes da Silva.pdf102,83 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.