Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/3570
Título: Os impactes sociais decorrentes das alterações da ocupação do solo e na perda da biodiversidade no Parque Nacional da Peneda-Gerês : associação com as alterações climáticas?
Autor: Santos, Maria João Barroso dos
Orientador: Nicolau, Paula Bacelar
Palavras-chave: Meio ambiente
Parque Nacional da Peneda-Gerês (Portugal)
Património natural
Política ambiental
Biodiversidade
Alteração climática
Solos
Desenvolvimento sustentável
Proteção da natureza
Opinião
Perceção
População
Biodiversity
Nature protection
Sustainable development
Climate change
Changes in land use
Social impacts
Data de Defesa: 2014
Citação: Santos, Maria João Barroso dos - Os impactes sociais decorrentes das alterações da ocupação do solo e na perda da biodiversidade no Parque Nacional da Peneda-Gerês [Em linha] : associação com as alterações climáticas?. Lisboa : [s.n.], 2014. 162 p.
Resumo: Este trabalho de dissertação insere-se no projeto europeu denominado LECHe “Lived Experience of Climate Change E-learning” – Experiências vivenciadas das alterações climáticas” (http://www.leche.open.ac.uk/) o qual se centra nas experiências vivenciadas pelos indivíduos, grupos e organizações, e no modo como estes percecionam e respondem aos impactes locais relacionados com as alterações climáticas. Neste âmbito o projeto de dissertação pretende analisar e avaliar os impactes sociais decorrentes das modificações no uso do solo e na alteração da biodiversidade no Parque Nacional da Peneda-Gerês. Esta análise torna-se ainda mais premente tendo em consideração o contexto geográfico onde se insere, o único Parque Nacional dotado de uma riqueza inestimável. Segundo o Decreto-Lei n.º 187/71, de 8 de Maio a criação do Parque “visou a realização nessa área montanhosa de um planeamento capaz de valorizar as atividades humanas e os recursos naturais, tendo em vista finalidades educativas, turísticas e científicas”. A temática selecionada apresenta pertinência científica na área da cidadania e participação ambiental, na medida em que permitiu compreender de que forma a população local perceciona e reage às alterações no uso do solo e à perda da biodiversidade relacionadas com as alterações climáticas. A metodologia baseou-se num estudo de caso recorrendo ao referencial teórico e à realização de inquéritos por entrevista tendo sido efetuada uma amostragem probabilística, análise estatística e interpretação dos resultados obtidos. O estudo de caso demonstrou que as comunidades locais que vivem em áreas protegidas consideram que as regras existentes são um obstáculo ao seu dia a dia. Os entrevistados identificaram um conjunto de impactes a nível ambiental e social, resultantes das atividades humanas mas também assumiram a sua responsabilidade na degradação existente no Parque na medida em que, no quotidiano, adotam ações que prejudicam a equilíbrio ambiental. Neste estudo tornou-se claro que é premente um trabalho de educação e de formação ambiental de modo a dotar as comunidades locais de espírito crítico na defesa do património que é de todos. Com este trabalho colaborámos na investigação e na estratégia ambiental europeia e contribuímos, desta forma, para a prossecução dos objetivos na União Europeia no âmbito do desafio do desenvolvimento sustentável.
This dissertation is inserted in European project called LECHe and “Lived Experience of Climate Change E-learning” which focuses on individuals, groups and organizations experiences, and how they respond and perceive local impacts related to climate change. In this context the dissertation project aims at analyze and evaluate the social impacts resulting from changes in land use and biodiversity change in the National Park of Peneda-Gerês. This analysis becomes even more imperious in view of the geographical context in which it operates, the only National Park provided an invaluable natural wealth. According to the Decree -Law n. 187/ 71 of 8 May, the creation of the Park "aimed achieving in this mountainous area one planning capable of valuing human activities and natural resources, with a view educational, tourist and scientific purposes." The selected theme has scientific relevance in the area of environmental citizenship and participation, and allows us to understand how the local population perceives and reacts to changes in land use and biodiversity loss related to climate change. The methodology was based on a case study that developed in the following stages: mature philosophy, conducting surveys by interview using the probability sampling, statistical analysis and interpretation of results. Finally we proceeded to the final report. The case study demonstrated that local communities living in protected areas consider that the rules inside the Park are an obstacle to their daily lives. The respondents identified several environmental and social impacts, resulting from human activities but also acknowledged their responsibility in the Park degradation, with the adoption of actions that damage the environmental stability. In this study it became clear that is urgent an environmental education and training in order to equip local communities of critical spirit in defending the heritage that belongs to all of us. With this work we have collaborated in research and European environmental strategy and contribute thereby to the achievement of objectives in the European Union under the challenge of sustainable development.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Cidadania Ambiental e participação apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/3570
Aparece nas colecções:Mestrado em Cidadania Ambiental e Participação / Master's Degree in Environmental Citizenship and Participation - TMCAP

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMCAP_MariaJoãoSantos.pdf2,69 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.