Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/3509
Título: Estratégias de uso criativo da língua no género "conversação coloquial" : interações orais informais em português europeu
Autor: Mota, Sara Magalhães
Orientador: Batoréo, Hanna
Palavras-chave: Linguística
Língua portuguesa
Criatividade
Oralidade
Conversação
Vida quotidiana
Sociolinguística
Interação
Data de Defesa: 2014
Citação: Mota, Sara Magalhães - Estratégias de uso criativo da língua no género "conversação coloquial" [Em linha] : interações orais informais em português europeu. Lisboa : [s.n.], 2014. 304 p.
Resumo: Assistimos, nos últimos anos, a uma explosão do interesse pela criatividade linguística do quotidiano. Estudos recentes sobre o tema sugerem uma potencial continuidade entre a criatividade do quotidiano e a criatividade literária, concluindo que, nas interações orais do dia-a-dia, os interlocutores mobilizam inúmeras estratégias criativas tradicionalmente consideradas literárias. Na presente investigação, partiremos da análise de 10 transcrições do Corpus Morais (2011) para realizar uma reflexão sobre o uso criativo da língua, em Português Europeu, no género “conversação coloquial”, observando: (i) como se manifesta a criatividade linguística no Corpus selecionado e que estratégias criativas são mobilizadas pelos interlocutores no decurso das interações, (ii) quais as funções textuais e comunicativo-pragmáticas da mobilização das estratégias e qual a sua justificação face ao cotexto e ao contexto interacional, histórico-político, social e cultural, (iii) quais os objetivos/intenções que presidem à sua utilização e (iv) qual o valor crítico/avaliativo das mesmas. Demonstraremos, assim, que a criatividade se encontra disseminada na prática linguística do quotidiano e que falantes e ouvintes de Português Europeu mobilizam, nas suas interações orais informais, uma variedade de estratégias criativas, com diferentes funções textuais, interacionais e configuracionais, que assumem um papel muito importante na construção e gestão das interações orais do quotidiano. Constataremos, também, que a criatividade linguística na oralidade é um fenómeno altamente complexo, na medida em que o caráter criativo das estratégias poderá não decorrer da forma/estrutura da linguagem, mas antes do modo como esta é criativamente utilizada num contexto/cotexto específico, da recontextualização criativa de discursos anteriores, da exploração criativa da polifonia da linguagem ou da intertextualidade, da estilização criativa do eu através da linguagem, da interpretação dos participantes no ato comunicativo ou do “jogo” com mais de um dos aspetos mencionados. Perceberemos, ainda, que a seleção, expressividade e eficácia das estratégias criativas estão intimamente relacionadas com fatores contextuais, tais como as características individuais dos interlocutores, a sua relação, o seu conhecimento mútuo e partilhado, a visão que têm do mundo, o conhecimento que possuem do tópico de que falam, a identidade social ou o contexto histórico-político, social e cultural. Finalmente, observaremos que a criatividade é coconstruída entre os interlocutores, resultando de um processo colaborativo de repetições, reformulações e expansões que possibilitam uma forma particularmente complexa e produtiva de coconstrução de sentido na interação.
We have witnessed, in recent years, an increasing interest in everyday linguistic creativity. Recent studies have suggested a potential continuity from everyday creativity to literary creativity and have shown that, in everyday oral interactions, speakers use a number of creative strategies that have traditionally been regarded as literary. In this investigation, based on the analysis of 10 transcriptions from Morais Corpus (2011), we will reflect upon the creative use of language in European Portuguese, in the genre “Colloquial Conversation”, and will indicate: (i) how linguistic creativity emerges in the selected Corpus and which creative strategies are mobilized throughout the interactions, (ii) which are the textual and communicative-pragmatic functions of creative strategy use and how it is justified according to co-text and interactional, historical-political, social and cultural context, (iii) which are its objectives/intentions (iv) what is its critical/evaluative value. In this way, we will demonstrate that creativity is pervasive in everyday linguistic practice and that European Portuguese speakers and listeners mobilize, in their informal oral interactions, a range of creative strategies with different textual, interactional and evaluative functions, that have a very important role in the building and management of everyday oral interactions. We will conclude that linguistic creativity in spoken language is a highly complex event insofar that the creative nature of the strategies may not derive from language form/structure, but from the manner in which it is creatively used within a specific co-text/context, from the creative re-contextualization of previous discourses, from the creative use of language polyphony or intertextuality, from the creative stylization of the self through language, from speakers’ and/or listeners’ interpretations or from the “play” between several of these aspect. We will also show that the selection, expressiveness and effectiveness of creative strategies are closely related to contextual factors such as speakers’ individual characteristics, their relationship, their mutual and shared knowledge, their vision of the world, their knowledge about the topic in question, their social identity or the historical-political, social and cultural context . Finally, we will demonstrate that creativity is co-constructed between speakers, as it is the result of a collaborative process made of repetitions, re-formulations and expansions that allow for a particularly complex and productive way of meaning co-construction in the interaction.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Português Língua Não Materna apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/3509
Aparece nas colecções:Mestrado em Português Língua Não Materna / Master's Degree in Portuguese as a Foreign Language - TMPLNM

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMPLNM_SaraMota.pdf3,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.