Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/3372
Título: Sexualidade e sagrado entre os egípcios : em torno dos comportamentos erótico-sexuais dos antigos deuses egípcios
Autor: Sales, José das Candeias
Palavras-chave: Egiptologia
Mitologia
Sexualidade divina
Erotismo
Data: 2009
Editora: Centro de História da Universidade de Lisboa/Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos
Citação: Sales, José das Candeias - Sexualidade e sagrado entre os egípcios : em torno dos comportamentos erótico-sexuais dos antigos deuses egípcios. In Ramos, José Augusto; Fialho, Maria do Céu Fialho; Rodrigues, Nuno Simões, coord. - "A sexualidade no mundo antigo" [Em linha]. Lisboa : Centro de História da Universidade de Lisboa : Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos, 2009. ISBN 978-989-806801-9. p. 55-79
Resumo: Uma análise atenta e aprofundada da abundantíssima iconografia, em múltiplos suportes, e dos vários relatos mitológicos do antigo Egipto de diferentes épocas chegados até nós permite-nos constatar que o sexo era uma necessidade básica dos deuses egípcios e os assuntos eróticos uma parte importante e integrante das suas existências. De facto, erotismo e sexualidade não eram, longe disso, assuntos e temas exclusivos dos humanos ou que implicassem apenas os seres humanos. No antigo Egipto, como fenómeno socio-antropológico e teológico total, a sexualidade abrange também, portanto, as divindades. As atitudes eróticas e sexuais das divindades egípcias recobrem, de facto, uma multiplicidade de aspectos que transcende em muito a mera dimensão dos instintos e fixa-nos em comportamentos e modelos de conduta sexual que, frequentemente, possuem leituras e interpretações metafísicas e simbólicas, quer em relação à vida terrena quer, sobretudo, em relação à vida extra-terrena. As evocações dos poderes e das capacidades divinas ligadas ao domínio sexual reforçam o prestígio e a autoridade dessas divindades. Mas as representações plásticas e as expressões literárias disponíveis possuem amiúde significações e linhas de expressividade erótico-sexuais, directas ou subliminares, que é preciso entender de forma global e integrada, respeitando e atendendo ao plasma e ao contexto cultural no seio do qual a antiga civilização egípcia se movimentou, se quisermos realmente captar o seu mais profundo alcance e que são, em muitos casos, a razão de ser da sua própria produção. Sem pretendermos passar em revista todos os diversificados hábitos e conduta sexual das divindades egípcias, fixamo-nos neste artigo na teologia de Iunu/ Heliópolis e no ciclo de Osíris e nps vários ambientes e várias situações de declarada manifestação da sexualidade e das capacidades eróticas das divindades egípcias.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/3372
ISBN: 978-989-806801-9
Aparece nas colecções:História, Arqueologia e Património - Capítulos/artigos em livros nacionais / Book chapters/papers in national books

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2009_Sexualidade e sagrado entre os Egípcios_A sexualidade no mundo antigo_55-79.pdf18,72 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.