Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/3363
Título: Prodígios e presságios como marcas da sobrenaturalidade de um herói predestinado : o caso de Alexandre Magno
Autor: Sales, José das Candeias
Palavras-chave: Egiptologia
Titulatura
Legitimação do poder
Data: 2005
Citação: Sales, José das Candeias - Prodígios e presságios como marcas da sobrenaturalidade de um herói predestinado : o caso de Alexandre Magno. "Cadmo [Em linha] : Revista de história antiga. ISSN 0871-9257. Vol. 15 (2005), p. 71-104
Resumo: Este artigo aborda uma faceta estruturante do discurso político de legitimação no antigo Egipto, a saber, a definição do protocolo faraónico. O comportamento ideologicamente traçado para o faraó egípcio foi o resultado de multisseculares concepções e actuações em que o rei é o garante da ordem universal e os seus nomes e títulos protocolares são expressões actuantes desse seu papel cósmico-social. Ao considerarmos as fórmulas protocolares usadas pela realeza egípcia ao longo dos séculos, além de atestarmos as várias formas e possibilidades experimentadas e assumidas pelo discurso de legitimação no Egipto antigo, estamos também a verificar as modificações e alterações que as conjunturas históricas foram suscitando e introduzindo.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/3363
ISSN: 0871-9257
Aparece nas colecções:História, Arqueologia e Património - Artigos em revistas nacionais / Papers in national journals

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2005_Prodígios e presságios_ o caso de Alexandre magno_2005_71-104.pdf4,71 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.