Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/3253
Título: A estela antropomórfica de Monte dos Zebros (Idanha-a-Nova) : seu enquadramento nas estelas peninsulares com diademas e "colares"
Autor: Cardoso, João Luís
Palavras-chave: Estela feminina
Idade do bronze
Monte dos Zebros
Beira Baixa
Portugal
Female stele
Bronze age
Beira Baixa region
Portugal
Data: 2011
Citação: Cardoso, João Luís - A estela antropomórfica de Monte dos Zebros (Idanha-a-Nova) [Em linha] : seu enquadramento nas estelas peninsulares com diademas e "colares". In Jornadas Raianas, 4, Sabugal, 2009 - "Estelas e estátuas-menires : da pré à proto-história : actas". Sabugal : Câmara Municipal do Sabugal, 2011. ISBN 978-989-95684-2-6. p. 89-116
Resumo: Estuda-se uma nova estela antropomórfica, recolhida em 1996 no sítio de Monte dos Zebros,(Idanha-a-Nova), cuja existência foi dada a conhecer dois anos depois, embora apenas se tenha indicado a localização e as condições de ocorrência. Trata-se de um pequeno monólito, incompleto na parte inferior e muito erodido, especialmente na face posterior, em resultado da sua exposição aos agentes meteóricas. A relação do monumento com uma provável mamôa funerária parece sugestiva, já que O mesmo provém da área de dispersão dos elementos pétreos que a integrariam, sem que, contudo, seja possível caracterizar o tipo de túmulo, provavelmente não-megalítico, dado que a topografia do terreno não evidencia actualmente a sua presença. Assim, é provável estar-se em presença de mamôa, da Idade do Bronze, como outras conhecidas na região. Do ponto de vista tipológico, o presente exemplar possui, na estela do Crato, o seu paralelo mais próximo, tanto do ponto de vista da morfologia do suporte, como da iconografia representada, conclusão que decorre do estudo comparativo realizado, devendo ser inserido, tal como aquele, nos momentos iniciais de uma longa série contínua deste tipo de monumentos de cunho feminino, conferido pelos diademas e pelos "colares", que, remontando ao Bronze Antigo, atinge os finais da Idade do Bronze/ ldade do Ferro.
In this study we address a new anthropomorphic stele collected in 1996 in the location of Monte dos Zebros (Idanha-a-Nova), published two years later but only for its location and conditions of occurrence. It is a small monolith, incomplete in its inferior zone and quite eroded, especially in its posterior face, as the result of exposure to meteoric agents. The relationship of the monument with a probable funerary tumulus appears suggestive, because it comes from the same area of dispersai of stone elements that would integrate it, but considering the absence of relief of the site, and other evidences, like large stones, the funerary structure would not be of megalith ic type, perhaps belonging to the Bronze Age, like others already published of the same region. From the point of view of the typology, the present monument is quite similar to the stele of Crato, concerning the support, the represented iconography, as seen in a comparative study, and should also be inserted, in the early moments of a long continuous series of this type of monuments having a feminine stamp, given bythe diadems and by the necklaces that, coming since the Early Bronze Age, reaches the Late Bronze Age/Early Iron Age.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/3253
ISBN: 978-989-95684-2-6
Aparece nas colecções:História, Arqueologia e Património - Comunicações em congressos, conferências e seminários/Communications in congresses...

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2011, A estela antropomórfica de Monte dos Zebros, Idanha a Nova.pdf5,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.