Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/3143
Título: Transtornos mentais comuns no contexto migratório internacional
Autor: Coutinho, Maria da Penha de Lima
Rodrigues, Ieda Franken
Ramos, Natália
Palavras-chave: Migração
Imigração
Transtornos mentais comuns
Saúde mental
Migration
Immigration
Common mental disorders
Mental health
Data: 2012
Citação: Coutinho, Maria da Penha de Lima; Rodrigues, Ieda Franken; Ramos, Natália - Transtornos mentais comuns no contexto migratório internacional. "Psico" [Em linha]. ISSN 0103-5371 (Print) ISSN 1980-8623 (Online). Vol. 43, nº 3 (Jul./Set. 2012), p. 400-407
Resumo: A migração internacional cresceu muito nas últimas décadas, tornando-se necessário uma compreensão, desse fenômeno, em diferentes esferas da vida humana. Este estudo objetiva investigar a probabilidade da presença de Transtornos Mentais Comuns (TMC) de imigrantes brasileiros e portugueses residentes na cidade de Genebra/Suíça, associado aos fatores nacionalidade, sexo, tipo e tempo de imigração. Trata-se de um estudo exploratório trabalhando com abordagem quantitativa, com uma amostra de 509 participantes submetidos ao questionário bio sociodemográfico e ao instrumento de Screening Self-Reporting Questionnarie. Os dados foram analisados através do pacote estatístico SPSS, utilizando-se a estatística descritiva e inferencial. Os resultados demonstraram que a probabilidade de presença de TMC foi de 43,73% entre as mulheres e 26,63% entre os homens; e, 63,69% entre os participantes com o menor tempo de imigração que revelaram uma diferença significativa (p<0) para estas variáveis. Conceitos de aculturação e saúde mental são aportes teóricos que necessitam ser considerados tanto em pesquisas como em serviços de assistência que possam acolher e apoiar a população migrante no local de acolhimento.
Common Mental Disorders in the Context of International Migration The international immigration has grown the past decades, becoming necessary a comprehension of this phenomenon in different aspects of human life. This study investigates the probability of the presence of Common Mental Disorders (CMD) in Brazilian and Portuguese immigrants living in the city of Geneva/Switzerland, factors associated with nationality, sex, type and time of immigration. It is an exploratory study working with the quantitative approach, with a sample of 509 participants submitted to the bio-social-demographic questionnaire and the Screening Self-Reporting Questionnaire instrument. The data were analyzed through the statistic suite Statistical Package for the Social Sciences (SPSS 16 for Windows) using inferential and descriptive statistics. The results showed that the probability of presence of CMD was 43.73% among women and 26.63% among men, and 63.69% among participants with the lowest time of immigration, which revealed a significant difference (p<0) for these variables. Concepts of acculturation and mental health are the theoretical inputs that need to be considered in research like in services for assistance that might help and assist the migrant population in a sheltering place.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/3143
ISSN: 0103-5371
1980-8623
Aparece nas colecções:CEMRI - Artigos em revistas internacionais / Papers in international journals

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
IF, MPC, NR.pdf Transtornos Mentais Comuns no.pdf288,74 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.