Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/3107
Título: Numa urge genderizada: vivências dos espaços
Autor: Miranda, Joana
Palavras-chave: Género
Migrações
Cidade
Espaço urbano
Imigrantes
Mulheres
Gender
City
Urban space
Immigrant women
Data: 2014
Editora: Revista Latino-Americana de Geografia e Género
Citação: Miranda, Joana - Numa urge genderizada : vivências dos espaços. "Revista Latino-Americana de Geografia e Género"[Em linha]. ISSN 2177-2886. Vol. 5, nº 2 (ago./dez. 2014), p. 163-174
Resumo: A cidade foi sendo perspetivada como um lugar masculino em que as mulheres (e, em particular, as mulheres imigrantes) não eram cidadãs plenas no sentido em que não adquiriram o acesso integral e livre às ruas e sobreviveram nos interstícios da cidade. Apesar de todas as conquistas das mulheres e do aparente cosmopolitismo das cidades europeias, as cidades continuam a ser espaços genderizados, espaços de conflito e de discriminação, contextos plenos de ameaças e interdições. Neste artigo apresentaremos algumas reflexões sobre a forma como as mulheres imigrantes brasileiras, cabo-verdianas e ucranianas se relacionam com o espaço - cidade de Lisboa - com base nos dados do projeto de investigação da autora financiado pelo Observatório da Imigração “Mulheres imigrantes em Portugal. Memórias, dificuldades de integração e projetos de vida”.
The city had been seen as a masculine place in which women (and in particular immigrant women) weren’t full citizens in the sense that they didn’t acquire the integral and free access to the streets and they survived in the city’ interstices. Although all women’s conquests and the apparent cosmopolitanism of European cities, the cities continue to be gendered spaces, spaces of conflict and discrimination, contexts full of threats and interdictions. In this article, based on the data obtained with the project sponsored by ACIDI 'Immigrant women in Portugal. Memories, integration problems and life projects', we present some reflections related to the way immigrant women: Brazilian, Cape Verdean and Ukrainian women relate to the space — the city of Lisbon.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/3107
ISSN: 2177-2886
Versão do Editor: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/rlagg/article/view/4980
Aparece nas colecções:CEMRI - Artigos em revistas internacionais / Papers in international journals

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
urbe_genderizada_2014.pdf241,45 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.