Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/3096
Título: O movimento MOOC : desestruturação ou reestruturação do sistema de ensino-aprendizagem vigente?
Autor: Tomé, Irene
Palavras-chave: MOOC
Desenho de curso
Desenvolvimento curricular
Estratégias educacionais
Aprendizagem online
Course design
Curriculum development
Educational strategies
Online learning
III Colóquio Luso-Brasileiro de Educação a Distância e Elearning
Data: Dez-2013
Editora: Universidade Aberta
LE@D
Citação: Tomé, Irene - O movimento MOOC [Em linha] : desestruturação ou reestruturação do sistema de ensino-aprendizagem vigente? In Colóquio Luso-Brasileiro de Educação a Distância e Elearning, 3, Lisboa, 2013. "Colóquio Luso-Brasileiro...: atas". Lisboa : Universidade Aberta. LEAD, 2014. ISBN 978-972-674-738-3. p. 1-12
Resumo: Este artigo tem por objecto reflectir sobre a crescente disseminação dos MOOC - Massive Open Online Courses - e a elevada adesão que estes têm conhecido. Tratar-se-á de um movimento de destruturação e ruptura do sistema de ensino-aprendizagem vigente (ao nível do ensino superior) ou se tratar-se-á apenas de uma estratégia, de uma reestruturação, de uma outra forma de aprendizagem? Como é que a comunidade educativa de ensino superior está a reagir ao “fenómeno”? John Hennessy, da Universidade de Stanford refere que um “tsunami” se aproxima. James Vernon, da Universidade de Berkeley afirma que são uma “avalanche” que ameaçam ensino superior. Patrick McAndrew da Universidade Aberta do Reino Unido enquadra os MOOC como uma entre tantas mutações que estão acontecendo no sistema educativo. Pierre Dillenbourg do Instituto Federal de Tecnologia em Lausanne, acredita que há muito mais nos MOOC do que o que aquilo que estamos a ver. Face ao leque de opiniões contraditórias, ou não, o certo é que os cursos estão a gerar no seio da comunidade educativa, a nível mundial, o desenvolvimento de novos modelos de ensinar e aprender. A velocidade com que sugiram e como se têm transformado, com rigor científico ninguém os pode definir em toda a sua extensão, nem tão-pouco o alcance do fenómeno. O foco deste artigo visa a contextualização dos cursos no tempo e na opinião de especialistas mundiais, a fim de tentar encontrar respostas às questões acima evidenciadas.
The article is intended to reflect on the increasing spread of MOOC - Massive Open Online Courses, as well as the high adhesion they got. Is it a movement designed on the destructurization and break the system of teaching and learning rate (to higher education) or is it just another strategy, another form of learning? How does the educational community of higher education is responding to the "phenomenon"? John Hennessy, Stanford University, states that there is a “tsunami” coming. James Vernon, UC Berkeley says that an "avalanche" threaten higher education. Patrick McAndrew Open University of the UK's characterizes MOOC as one among many changes that are happening in the education system. Pierre Dillenbourg Federal Institute of Technology in Lausanne, believes there is much more we MOOC than what we're seeing. MOOC courses are generating within the educational community the development of new models of teaching and learning. The speed they spread is immense and with scientific rigor no one can define the overall extension, nor is the scope of the phenomenon. The focus of this paper seeks to contextualize the courses, also reflecting the opinion of world experts in order to try to find answers to the issues above highlighted.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/3096
ISBN: 978-972-674-738-3
Aparece nas colecções:LE@D - Laboratório de Educação a Distância e Elearning - Comunicações congressos, conferências, seminários / Communications

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
o movimento mooc.pdf264,85 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.