Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2930
Título: Contributos para a inclusão digital dos estudantes com necessidades educativas especiais no ensino superior a distância : um estudo exploratório
Autor: Moleirinho, Marina
Orientador: Malheiro, Sofia
Morgado, Lina
Palavras-chave: Pedagogia
Elearning
Acessibilidades
Ensino virtual
Necessidades educativas especiais
Ensino superior
Accessibility
Digital inclusion
Learning difficulties
Special educational needs
Virtual learning environments
Data de Defesa: 2013
Citação: Moleirinho, Marina - Contributos para a inclusão digital dos estudantes com necessidades educativas especiais no ensino superior a distância [Em linha] : um estudo exploratório. Lisboa : [s.n.], [2013]. 198 p.
Resumo: Considerando a urgência em criar trilhos de educação e ambientes online de ensino verdadeiramente acessíveis e inclusivos, torna-se essencial que esta inclusão e acessibilidade sejam uma realidade não só a todos os níveis do ensino (básico, secundário e superior) e, principalmente, tendo em conta o foco deste estudo de caso, no ensino superior a distância. O presente estudo tem como objetivos centrais conhecer as soluções/estratégias pedagógicas inclusivas desenvolvidas pelas Universidades Abertas europeias em estudo, no âmbito do atendimento dos estudantes com Necessidades Educativas Especiais (NEE) e/ou Dificuldades de Aprendizagem (DA), ou seja, com recurso às tecnologias mediadoras do ensino nestas instituições universitárias de ensino a distância (Universidades Abertas) e contribuir para a construção de propostas de apoio passíveis de serem integradas no Modelo Pedagógico Virtual® da Universidade Aberta portuguesa, constituindo-se como Universidade Aberta europeia inclusiva. A diferença e o direito a ser diferente é algo que nos complementa e nos une por um ensino melhor, por uma sociedade completa e por um mundo mais enriquecedor. É, pois, essencial (re)pensar, problematizar e readaptar estratégias em termos de DA e/ou NEE para que a educação e o binómio ensinar e aprender seja realmente acessível, inclusivo e conquistado com sucesso (Correia, 2004). Este estudo, ainda de natureza exploratória com cariz qualitativo/quantitativo, tem como objetivo dar o seu contributo para que as instituições "Universidades Abertas" se constituam como verdadeiramente inclusivas e o ensino online possa ser acessível, inclusivo e verdadeiramente revestido de um sucesso real e concreto para TODOS. Numa primeira fase efetuou-se um primeiro questionário a diversas Universidades Abertas europeias, e numa segunda fase, estudou-se o caso da Universidade Aberta portuguesa através dum segundo questionário destinado aos estudantes com NEE e/ou DA. Em seguida entrevistou-se a coordenadora do Projeto Acessibilidades e, por fim, analisou-se as intervenções dos estudantes com NEE e/ou DA através da análise de conteúdo do fórum do Projeto Acessibilidades. Com este estudo não se pretendem apresentar conclusões definitivas, mas contribuir para novas pesquisas e novas estratégias preocupadas com uma postura e uma posição de inclusão digital no EaD.
Considering the urgency in creating paths education and online environments truly accessible and inclusive education, it is essential that this inclusion and accessibility is a reality to all teaching levels of education (primary, secondary and higher) and, mainly, regarding the focus of this study, which is, on distance higher education. The present study has as its central objective to know the solutions / inclusive teaching strategies developed by the European Open Universities in the study, under the care for students with Special Educational Needs (SEN) and / or Learning Disabilities (LD), namely using the mediating learning technologies present in these universities through distance learning (Open University) and to contribute to the creation of support proposals that could be integrated into the Pedagogical Model ® Virtual Open University of Portugal, constituting itself as an inclusive European Open University. The difference and the right to be different is not an insurmountable barrier, but something that complements and joins us for a better education, for a complete society and a more enriching one. It is therefore essential to (re) thinking, to (re) question and to (re)adapt strategies in terms of learning difficulties (LD) and special educational needs (SEN) so that education and the act of teaching and learning can be truly accessible, inclusive and successfully conquered (Correia, 2004). Although exploratory in its nature, this study, qualitative and quantitative, aims to contribute to the institutions "Open Universities" so that they can be constituted as truly inclusive and the online education can be accessible, inclusive and truly coated with real and concrete success for ALL. On a first stage a first questionnaire was carried out to several European Open Universities and on a second one the case of the Portuguese Open University was studied through a second questionnaire for students with SEN and/or LD. Then the coordinator of Project Accessibility was interviewed and finally the interventions of the students with SEN and/or LD were analyzed through a content analysis of the forum of the Project Accessibility. With this study it is not intended to provide definitive conclusions, but to contribute to new researches and new strategies concerned with the posture and the status of digital inclusion in distance education.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Pedagogia do Elearning apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2930
Aparece nas colecções:Mestrado em Pedagogia do E-Learning / Master's Degree in Elearning Pedagogy - TMPEL

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Mariana_Moleirinho.pdf3,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.