Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2729
Título: O b-learning e a perceção de competências de aprendizagem em ambientes virtuais no ensino da história
Autor: Costa, Esmeralda
Moreira, J. António
Palavras-chave: B-learning
Competências de aprendizagem
Ambientes virtuais
Learning skills
Perception learning
Virtual environments
Data: Nov-2013
Editora: Faculdade de Tecnologia de Guaratinguetá
Citação: Costa, Esmeralda; Moreira, J. António - O b-learning e a perceção de competências de aprendizagem em ambientes virtuais no ensino da história [Em linha]. "Revista Científica On-line Tecnologia – Gestão – Humanismo". ISSN 2238-5819. Vol. 2, Nº 1 (nov. 2013), p. 42-55
Resumo: Poderão os ambientes virtuais favorecer as competências de aprendizagem, tal como os estudantes do ensino fundamental as percebem? Neste artigo analisamos o impacto de novos cenários pedagógicos online na percepção das competências de aprendizagem na disciplina de História do ensino fundamental. Participaram na investigação 122 alunos do 8.º ano de escolaridade, de uma escola do distrito do Porto-Portugal. No final do ano letivo, os estudantes responderam a uma escala de competências de autoaprendizagem, adaptada para a aprendizagem em ambientes online. Os resultados do estudo mostram que os ambientes virtuais de aprendizagem, ancorados em um design centrado no desenvolvimento de competências e em um modelo pedagógico baseado nos princípios do construtivismo, da autonomia e da interação podem ter efeitos muito positivos na percepção das competências de aprendizagem nas dimensões consideradas: Aprendizagem Ativa, Iniciativa de Aprendizagem e Autonomia na Aprendizagem.
Can virtual environments promote learning skills such that basic education students understand them? This paper examines the impact of new online educational scenarios as to how self-learning skills are perceived in the discipline of History. The research covered 122 students, 8th year, of one school in the district of Porto, Portugal. At the end of the academic year, students responded to a range of self-learning skills adapted to learning in online environments. The results of the study show that virtual learning environments, anchored in a design focused on the development of skills and in a teaching model based on the principles of constructivism, autonomy and interaction can be positive in how basic education students perceive learning skills, according to the following dimensions: Active Learning, Learning Initiative and Autonomy.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2729
ISSN: 2238-5819
Versão do Editor: http://www.fatecguaratingueta.edu.br/revista/index.php/RCO-TGH/index
Aparece nas colecções:Ciências da Educação - Artigos em revistas internacionais / Papers in international journals

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ArtigoPublicadoNov13_Esmeralda.pdf572,7 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.