Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2660
Título: O papel disruptivo da abundância informativa no espaço escolar : para uma ética da aprendizagem
Autor: Pedroso, Paula Cristina Aniceto Casimiro de Sá
Orientador: Teixeira, António
Palavras-chave: Educação
Ensino superior
Tecnologia da informação e comunicação
Ética
Plágio
Aprendizagem
Informação
Ethics
Education
Plagiarism
ITC
Intellectual integrity
Learning
Data de Defesa: 2013
Citação: Pedroso, Paula Cristina Aniceto Casimiro de Sá - O papel disruptivo da abundância informativa no espaço escolar [Em linha] : para uma ética da aprendizagem. Lisboa : [s.n.], 2013. 571 p.
Resumo: Vivenciamos novos tempos! Novos desafios… A aprendizagem mediada pelas Tecnologias de Informação e Comunicação introduziu outro tipo de preocupações. A fraude, o denominado “copianço” e todo o tipo de desonestidade intelectual, cheating, sempre fizeram parte da realidade das escolas, sendo uma constante mais ou menos presente no processo ensino-aprendizagem. Que mutabilidade se verificou com a introdução das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC)? O problema é que nunca foi tão fácil a fraude ou a proliferação da desonestidade intelectual à velocidade de um clique. Os diferentes olhares sobre estas temáticas oscilam, entre medidas como a deteção e/ou prevenção, através da introdução por um lado, de programas que detetam plágios e por outro, de códigos de honra como forma de travar esta escalada. Julgamos que se exige uma mudança de ótica: a prevenção através do Saber Ser, insistindo-se numa educação para os valores éticos e a educação através do Saber Fazer, defendido neste estudo como uma forma de saber ser, fornecendo-se para esse efeito, ferramentas que ensinam como fazer. Na verdade, a implementação das TIC e o incremento fácil do plágio suscitaram uma reflexão sobre uma realidade nova perante questões antigas: as questões éticas! Estes novos tempos levaram-nos à realização de um estudo de caso, qualitativo, em turmas cuja docência pertence à investigadora, estudo esse que incidiu numa população alvo de setenta e nove alunos do Ensino Secundário, pertencentes a quatro turmas de anos distintos. O estudo envolveu a aplicação de dois inquéritos por questionário (Inicial e final), observação participante com a criação e negociação com os alunos de um Código Ético de boas práticas, aplicação e distribuição de normas APA, a par de um documento explicativo sobre a função das mesmas e a recolha e análise documental relativa a trabalhos produzidos pelos diferentes grupos de alunos. Foi aplicado o inquérito inicial (2010/2011) no ano letivo 2012/2013 à turma do 12º ano (ex 10º ano), correspondendo a uma amostra de 23 alunos, bem como os recursos adotados no ano letivo de 2010/2011. Os instrumentos e recursos utilizados permitiram, por um lado, aferir a perceção que os estudantes possuem dos fenómenos de manipulação da informação, desrespeito pela integridade e propriedade intelectual, do papel disruptivo da abundância informativa no espaço escolar e, por outro, dotá-los de competências axiológicas.
We are living in a new era! New challenges...Learning, mediated by information communication technology, has given origin to other kind of worries. Fraud, the so called “copying” and other types of intellectual dishonesty and cheating, have always been a reality at school, and are a constant issue in the teaching-learning process. What mutability has been produced by the introduction of Information Communication Technology (ITC)? The problem is that being deceitful or becoming intellectually dishonest has never been so easy and a click away. Moreover, it has never been so difficult to find a solution for this problem. Different approaches to these issues range from measures of detection and/or prevention to introduction of plagiarism detection programs or Honour Codes, as a way to stop this phenomenon. It is absolutely necessary to modify the way we usually look at the problem: prevention using the knowing how to be, insisting on an education-based on ethical values and using the knowing how to do presented in this study, as a way of knowing how to be, by giving proper tools that real explain how to do. As a matter of fact, the diffusion of ITC and the increased and easily obtained plagiarism has raised a debate about a new reality obliged to face old issues: the ethical ones! This new era has led us to do a qualitative case study, among classes of students the researcher usually teaches, based on a target population of seventy nine students from Secondary high school, represented by four classes of three different levels. The study has implied the use of two surveys in each questionnaire (initial and final) active observation by creating and negotiating an Ethical Code of good practices with the students, application and distribution of APA rules as well a document explaining their use, collection and documental analysis regarding the works of different student groups. The initial questionnaire (2010/2011) has also been applied in the academic year of 2012/2013 to the 12th grade (previous class of the 10th grade), corresponding to a sample of 23 students, as well as the resources adopted in the year of 2010/2011. Tools and resources used have made it possible, on the one hand, to measure the students perception about the phenomenon of information manipulation, the disrespect for integrity and intellectual ownership, and the disruptive role of information abundance at school, and, on the other hand, to provide the students with axiological skills.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2660
Aparece nas colecções:Mestrado em Supervisão Pedagógica / Master's Degree in Pedagogical Supervision - TMSP

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Paula_Pedroso_TMSP.pdf19,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.