Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2652
Título: A utilização do portefólio como instrumento de avaliação e aprendizagem na disciplina de Geografia : estudo de caso
Autor: Bicacro, Ilda Loureiro Martinho
Orientador: Amante, Lúcia
Palavras-chave: Ensino da geografia
Métodos de aprendizagem
Método de avaliação
Avaliação formativa
Portefólio
Estudo de casos
Learning
Skills
Formative evaluation
Learning regulation
Student portfolio
Evaluation tool
Data de Defesa: 2013
Citação: Bicacro, Ilda Loureiro Martinho - A utilização do portefólio como instrumento de avaliação e aprendizagem na disciplina de Geografia [Em linha] : estudo de caso. Lisboa : [s.n.], 2013. XIV, 149, XXV p.
Resumo: A avaliação formativa é a principal modalidade de avaliação do ensino básico, segundo os normativos legais e, como tal, deverá fazer parte integrante do processo de aprendizagem, tendo como objetivo a melhoria dessa mesma aprendizagem. Contudo, constata-se atualmente que na escola portuguesa, e de forma particular na prática pedagógica da professora investigadora, há ainda um longo caminho a percorrer para integrar esta modalidade avaliativa e os procedimentos que lhe são inerentes no processo de ensinar e aprender. A presente dissertação pretende descrever e aferir sobre a experiência de utilização do portefólio de aluno, como ferramenta de avaliação formativa, no contexto da disciplina de Geografia. Para este efeito, foi implementado o portefólio numa turma de vinte alunos do 7ºano, durante o ano letivo de 2010-2011. O trabalho adotou o formato de estudo de caso, seguindo uma metodologia mista, com as vertentes quantitativa e qualitativa. A recolha de dados foi feita através dos portefólios construídos pelos alunos, através da observação participante cujos registos foram reunidos no diário de bordo da professora investigadora, e simultaneamente docente, e da aplicação de um inquérito por questionário a todos os alunos participantes. A análise e interpretação dos dados obtidos mostram que o portefólio potencializa a regulação das aprendizagens e proporciona o desenvolvimento das competências propostas pelas orientações curriculares de geografia, e por conseguinte, o desenvolvimento da literacia geográfica dos alunos. Os alunos entenderam a avaliação formativa concretizada na utilização do portefólio como fazendo parte do processo de aprendizagem e, em particular, como um meio de identificar e solucionar as suas dificuldades. Contudo, mostraram também estar ainda muito ligados a uma forma de avaliação mais tradicional, revelando alguma dificuldade em descentrarem-se da avaliação na sua vertente relacionada com a obtenção de notas. Assim, o portefólio apresenta-se como uma ferramenta com múltiplas potencialidades no âmbito da aprendizagem e avaliação da Geografia, sendo uma proposta inovadora e potencialmente motivadora para o aluno, mas que enfrenta ainda o desafio de ser assimilado pelo próprio estudante.
Formative evaluation, the primary modality of evaluation in basic education according to legal norms, should consequently be part of the learning process in view of learning improvement. However, in contemporary Portuguese school and particularly during the researcher’s teaching pedagogical practice it is observed that there is still a long way to go before this evaluation modality and its related procedures can be assimilated in teaching and learning processes. The present dissertation aims to describe and gauge the student’s portfolio user experience as a formative evaluation tool in the context of Geography subject. To this end the portfolio was employed in a 7th grade class of 20 students during the school year of 2010-11. This research took the case study format, following a mixed methods approach with both quantitative and qualitative analysis. Data were collected by means of portfolios made by students; through teacher/researcher participant observation allied to journal writing records; and finally surveying all participants by questionnaire. Analysis and interpretation of gathered data show that the portfolio potentiates the regulation of learning and provides the means for developing the skills proposed by Geography curricular guidance and, consequently, the student’s geographic literacy. Students understood formative evaluation conducted by portfolio deployment as part of the learning process and particularly as a means to identify and solve their problems. Nevertheless, students also proved to be highly connected to more traditional forms of evaluation, revealing some difficulties in decentring from aspects of evaluation related to grade obtainment. Thus, the portfolio arises as a tool with multiple potentialities in the field of Geography learning and evaluation; it is an innovative and possibly motivating proposal to students, but faces the challenge of assimilation by them.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2652
Aparece nas colecções:Mestrado em Supervisão Pedagógica / Master's Degree in Pedagogical Supervision - TMSP

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Ilda Bicacro_TMSP_pdf4,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.