Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2618
Título: Aquisição e aprendizagem da referência nominal no contexto do português língua não materna na Guiné-Bissau
Autor: Fonseca, Susana Paula Bernardino da
Orientador: Batoréo, Hanna
Palavras-chave: Ensino de línguas
Língua portuguesa
Português língua não materna
Aquisição da linguagem
Aprendizagem de línguas
Guiné Bissau
Non-Maternal Portuguese Language (NMPL)
Guinea-Bissau
Acquisition and learning of nominal reference
Data de Defesa: 2012
Citação: Fonseca, Susana Paula Bernardino da - Aquisição e aprendizagem da referência nominal no contexto do português língua não materna na Guiné-Bissau [Em linha]. Lisboa : [s.n.], 2012. 160 p.
Resumo: A presente investigação tem por base o estudo de um corpus linguístico – constituído por narrativas escritas por falantes de Língua Portuguesa (LP) da e na Guiné-Bissau –, no qual observamos variações quanto à referência nominal dos protagonistas, comparativamente ao Português Europeu (PE), verificando-se designadamente: a) a referência zero e a generalização dos artigos definidos; b) a ausência de artigos indefinidos e/ou a substituição do artigo indefinido pelo artigo definido. Concluímos que, se estas particularidades podem ser explicáveis como uma fase inerente ao processo de aquisição e aprendizagem de uma língua, são também explicáveis como um fenómeno inerente a uma variedade, em formação, do Português da Guiné-Bissau (PGB), à semelhança do que já foi verificado noutras variedades africanas da LP, como o Português de Moçambique (PM). A afirmação de variedades de uma língua, designadamente de um PGB, constitui, todavia, um dilema para muitos educadores e investigadores. Pois, para além de predominar um forte prestígio associado à variedade europeia do Português, há também um certo pragmatismo a justificar a inoperância face à inexistência de gramáticas de uma variedade do PGB. Neste sentido, propusemo-nos estudar um corpus linguístico do Português Língua Não Materna (PLNM) da Guiné-Bissau, integrando, conjuntamente, uma abordagem teórica e metodológica sobre o desenvolvimento da linguagem e aquisição/ aprendizagem de uma língua (ADL). Finalmente, refira-se também a aplicação de um questionário sociolinguístico, desenvolvido por nós, com vista à caracterização sociolinguística dos nossos informantes. A par da diversidade inerente à Língua Portuguesa na Guiné-Bissau, coloca-se, ainda, a questão da pluralidade linguística deste contexto, o que complexifica o cenário de opções, por exemplo, quanto a políticas de língua ou metodologias de ensino.
This research is based on the study of a linguistic corpus - consisting in narratives written by speakers of Portuguese Language (LP) from Guinea-Bissau – in which we observed variations in the nominal reference, compared to European Portuguese (EP), such as: a) the absence and the generalization of definite articles, b) the absence of indefinite articles and/or replacement of the indefinite article by the definite article. We conclude that if these features can be explained as an inherent phase in the process of acquiring and learning a language, they are also explained as an inherent phenomenon to a variation, in training, of the Portuguese in Guinea-Bissau (PGB), similar to that’s already been verified in other African variants of LP, as the Portuguese of Mozambique (PM). The assertion of language variants, namely PGB, however, represents a dilemma for many educators and researchers. For, in addition to overpower a strong prestige attached to the European Portuguese, there is also a certain pragmatism to justify inaction in the absence of a variant grammars PGB. In this sense, we decided to study a language corpus of Non-Maternal Portuguese Language (NMPL) of Guinea-Bissau, integrating along with a theoretical and methodological approach on language development and acquisition/ learning a language (ADL). Finally, also note the application of a sociolinguistic questionnaire, developed by us, for the sociolinguistic characterization of our informants. Along with the diversity inherent to the Portuguese in Guinea-Bissau, there is also the issue of multilingualism in this context, which complicates the scenario of options, for example, concerning the policy language or teaching methodologies.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Português Língua Não-Materna apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2618
Aparece nas colecções:Mestrado em Português Língua Não Materna / Master's Degree in Portuguese as a Foreign Language - TMPLNM
Linguística - Teses de Mestrado / Master's Degree

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Mestrado Susana_Fonseca.pdf1,19 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.