Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2604
Título: Consciência metalinguística na aquisição bilíngue : estudo de caso de uma criança bilíngue em espanhol e português do Brasil aos nove-dez anos de idade
Autor: Ferreira, Milla Paiva Di
Orientador: Batoréo, Hanna
Palavras-chave: Ensino de línguas
Bilinguismo
Metalinguística
Aprendizagem linguística
Infância
Motivação
Afetividade
Childhood bilingualism
Metalinguistic awareness
Motivation
Affectivity
Language attitude
Data de Defesa: 2012
Citação: Ferreira, Milla Paiva Di - Consciência metalinguística na aquisição bilíngue [Em linha] : estudo de caso de uma criança bilíngue em espanhol e português do Brasil aos nove-dez anos de idade. Lisboa : [s.n.], 2012. 104 p.
Resumo: O presente trabalho tem como principal objetivo apresentar uma visão global do processo de aquisição bilíngue de uma criança em Espanhol (E) e Português do Brasil (PB). Trata-se de um estudo de caso em condições desfavoráveis ao bilinguismo infantil até os 9 anos de idade da criança em observação. Empregando uma abordagem cognitiva, nomeadamente no campo da psicolinguística (Houwer, 1990, 1995 e 2009; Batoréo, 2000 e 2004; Siguan, 2001; Bialystok, 2001a; Bialystok & Crago, 2007; Bialystok & Craik, 2009), tratamos de investigar o desenvolvimento da consciência metalinguística de uma criança bilíngue, considerando, especificamente, as variáveis motivação, afetividade e atitude linguística, amparadas em relevantes pesquisas efetuadas sobre esta temática (Gardner & Lambert, 1959 e 1972; Lalonde & Gardner, 1984 e 1985; Baker, 1993, 2007 e 2011; Gardner, 2009). Neste sentido, expomos um historial linguístico conciso da criança até os 10 anos de idade, que se destaca por três etapas marcantes e decisivas no seu desenvolvimento e crescimento linguísticos no PB - (i) até os 4 ½ anos (1ª etapa), (ii) dos 4 ½ aos 9 anos (2ª etapa) e (iii) a partir dos 9 anos (3ª etapa, coincidente com o início à leitura no PB). Apresentamos, igualmente, uma amostra ampla e diversificada constituída por produções linguísticas orais da criança, provenientes de anotações de campo realizadas até os seus 10 anos e de gravações realizadas entre os 8 e 10 anos de idade. Concluímos que, in casu, os fatores decisivos para que a criança alcançasse o bilinguismo num ambiente inicialmente desfavorável se caracterizaram, em essência, (i) pela motivação integrativa da criança, (ii) pela afetividade (conjunto de vivências, emoções e sentimentos inerentes tanto à criança como à família em geral) e (iii) pela mudança radical de atitude linguística no ambiente familiar a partir dos 9 anos de idade da criança, que passou a ser amplamente favorável. Com efeito, pensamos que os três fatores, de forma conjunta e inter-relacionada, foram, ao mesmo tempo, o alicerce e o motor do bilinguismo da criança em questão.
The main purpose of this study is to present an overview of the bilingual acquisition process of a child in Spanish (S) and Brazilian Portuguese (BP). The case study was carried out under unfavourable conditions to childhood bilingualism until the child in question was 9 years old. Using a specifically psycholinguistic cognitive approach (Houwer, 1990, 1995 and 2009; Batoréo, 2000 and 2004; Siguan, 2001; Bialystok, 2001a; Bialystok & Crago, 2007; Bialystok & Craik, 2009), we investigate the development of the metalinguistic awareness of a child bilingual, take into consideration varying motivation, affectivity and language attitudes, which are supported by relevant researches carried out on this topic (Gardner & Lambert, 1959 and 1972; Lalonde & Gardner, 1984 and 1985; Baker, 1993, 2007 and 2011; Gardner, 2009). We present a brief language history of the child up to 10 years of age. This highlights three critical stages in her linguistic growth and development in BP: (i) up to 4½ years (first stage), (ii) from 4½ to 9 years (second stage) and (iii) from 9 years onwards (third stage, which coincides with her starting to read in BP). We also present a wide and diverse sample of the child’s speech, which resulted from field notes taken during her first 10 years and from recordings made between the ages of 8 to 10. We conclude that, in this case, the key factors for the child to reach bilingualism in an initially unfavourable environment were: (i) the child’s integrative motivation, (ii) affectivity (the combination of experiences, emotions and feelings inherent to the child and her family) and (iii) the radical change in language attitude within the family, which became highly favourable after the child turned 9. We believe, in effect, that the three factors, jointly and interrelatedly, worked together to simultaneously propel the studied child’s bilingualism.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Português Língua Não Materna apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2604
Aparece nas colecções:Mestrado em Português Língua Não Materna / Master's Degree in Portuguese as a Foreign Language - TMPLNM
Linguística - Teses de Mestrado / Master's Degree

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - MPLNM.pdf1,15 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.