Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2588
Título: António Feliciano de Castilho, tradutor do Fausto
Autor: Pais, Carlos Castilho
Palavras-chave: António Feliciano de Castilho
Tradução
Crítica
História da tradução
Data: 2013
Editora: Ed. Autor
Citação: Pais, Carlos Castilho - António Feliciano de Castilho, tradutor do Fausto [Em linha]. [Lisboa] : Ed. Autor, 2013. 198 p.
Resumo: Este ensaio é enformado por uma concepção de crítica que coloca a análise de determinada tradução ao serviço da obra traduzida. Neste sentido, o leitor encontrará aqui uma crítica da tradução de António Feliciano de Castilho da obra de Goethe, Faust (parte I). Após uma breve introdução, na qual se indicam as tentativas da tradução do Faust de Goethe para português, descreve-se, no primeiro capítulo, a polémica que ficou conhecida, no século XIX, pela ‘questão do Fausto’ e tenta-se uma reconstituição da concepção de tradução de António Feliciano de Castilho. À luz desta concepção, no capítulo seguinte, analisam-se alguns aspectos da tradução do Fausto por António Feliciano de Castilho para, finalmente, se dar conta da recepção daquela tradução, especificando as posições manifestadas na época da publicação da tradução por Antero de Quental e Joaquim de Vasconcellos.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2588
Aparece nas colecções:Língua, Literatura e Cultura Portuguesas - Livros / Books

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
António Feliciano de Castilho, tradutor do FAUSTO.pdf1,12 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.