Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2530
Título: A representação do holocausto em Ilse Losa
Autor: Cavaco, Paulo Jorge Teixeira
Orientador: Sequeira, Rosa Maria
Palavras-chave: Losa, Ilse, 1913-2006
Literatura
Holocausto
Representações mentais
Memória
Ilse Losa
Holocaust
Holocaust literature
Memory
Representation
Data de Defesa: 2012
Citação: Cavaco, Paulo Jorge Teixeira - A representação do holocausto em Ilse Losa [Em linha]. Lisboa : [s.n.], 2012. 121 p.
Resumo: O Holocausto enquanto facto histórico de proporções sem precedente na história da Humanidade tornou-se um tema literário largamente abordado, inicialmente pelos sobreviventes, que sentiram a necessidade de partilhar a sua experiência, tendo o tema posteriormente também captado o interesse doutros autores. Este conjunto de obras literárias deu origem a um subgénero literário: a Literatura do Holocausto. Em Portugal, contudo, esta temática não suscitou o interesse do mundo literário, sendo Ilse Losa (1913-2006), autora de origem alemã, com ascendência judaica, vinda para Portugal em virtude da perseguição de que foi alvo pelos nazis na Alemanha, uma exceção. A temática do Holocausto é recorrente na obra narrativa desta escritora e constitui o tema da presente dissertação, intitulada A Representação do Holocausto em Ilse Losa. Este estudo centra-se na análise dos romances O mundo em que vivi (1949), Rio sem ponte (1952), Sob céus estranhos (1962) e em alguns contos integrados no volume Caminhos sem destino (1991). A leitura das narrativas da autora, focada no tema em questão, é entendida como uma proposta de roteiro de exploração, que, além de um capítulo dedicado à contextualização da obra losiana no âmbito da Literatura do Holocausto e da Literatura Portuguesa, se centra na análise dos seguintes aspetos: os períodos temporais que contextualizam o facto histórico (o tempo antes, durante e após o Holocausto) e os valores que predominam em cada um; os atores envolvidos no acontecimento (as vítimas, os perpetradores, os observadores passivos e os oponentes ao regime); as estratégias narrativas implementadas que sustentam essa representação (os tipos de narradores, o recurso à analepse e à prolepse, o uso da carta como recurso narrativo, a enunciação do ato de recordar e a descrição física); e os termos em que se pode conceber uma dimensão pedagógica nestas narrativas.
The Holocaust as an unprecedented fact in the history of mankind has become a widely literary subject initiated by the survivors who felt the need to share their experience and then captivate the interest of other authors. This body of works gave origin to a literary subgenre: the Holocaust literature. However, in Portugal, writers did not show interest in that subject, except for Ilse Losa (1913-2006), a Portuguese/German author born to a Jewish family who was forced to leave Germany due to Nazi persecution. The Holocaust is a recurring subject in the work of this writer and it is the subject of this dissertation The Representation of Holocaust in Ilse Losa. This study focuses on the analyses of the novels O mundo em que vivi (1949), Rio sem ponte (1952), Sob céus estranhos (1962) and some short stories in the volume Caminhos sem destino (1991). In addition to a chapter dedicated to the contextualization of the work of Ilse Losa’s Holocaust Literature and Portuguese Literature, this authors’ novels are perceived as a guide to explore what is concentrated in the analysis of the following aspects: the time periods of the historical fact (the years before, during and after the Holocaust) and the values that prevailed; the elements involved in that event (the victims, the perpetrators, the bystanders and the opponents of the regime); the literary devices that sustained this representation (the type of narrator, the flashbacks and the flashforwards, the use of the letter as a narrative technique, the act of remembering and the physical description); and the words in which one can conceive a pedagogical dimension in these novels.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Estudos Portugueses Multidisciplinares apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2530
Aparece nas colecções:Mestrado em Estudos Portugueses Multidisciplinares / Master's Degree in Multidisciplinary Portuguese Studies - TMEPM

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A Representação do Holocausto.pdf765,4 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.