Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2487
Título: Intercompreensão : do espaço aula ao ciberespaço
Autor: Barbas, Maria da Costa Potes Franco Barroso Santa-Clara
Orientador: Marques, Maria Emília Ricardo
Guimarães, Nuno
Palavras-chave: Sociedade da informação
Comunicação educacional
Comunicação multimédia
Sociedade em mudança
Papel da escola
Formação de professores
Papel do professor
Aprendizagem
Teoria da educação
Ciberespaço
Comunicação na aula
Ensino a distância
Projetos de educação
Ensino por multimédia
Tecnologia da informação e comunicação
Data de Defesa: 2002
Citação: Barbas, Maria da Costa Potes Franco Barroso Santa-Clara - Intercompreensão [Em linha] : do espaço aula ao ciberespaço. [Lisboa] : [s.n.], 2002. 2 vol.
Resumo: O trabalho que apresentamos, "Intercompreensão: do espaço aula ao ciberespaço", inscreve-se na área de investigação Comunicação Educacional Multimédia/Tecnologia e Pedagogia dos Discursos Mediatizados e teve como principal finalidade implementar, observar e analisar três experiências situadas em três "espaços" diferentes: na aula ("a, b, c do multimédia"); na aula - ciberespaço ("Projecto de Conver'gência Interactiva Internacional"); e no ciberespaço (grupo de discussão"A intercompreensão no ciberespaço"). Realizámos estas experiências com os aprendentes da formação inicial de Professores (Curso de Professores de 2° Ciclo do Ensino Básico, variante de Educação Visual e Tecnológica) na disciplina semestral de Técnicas da Comunicação Audiovisual. Partimos de algumas questões relacionadas com a planificação, utilização, integração, avaliação e reformulação de suportes mediatizados. Na primeira parte, introduzimos o tema"Aprendizagem ao longo da vida: raízes". Em três capítulos: "Sociedade do Conhecimento: desafios"; "A escola e as mudanças"; "Intercompreensão e ambientes didácticos", procurámos definir os conceitos-chave que estiveram na base dos projectos e que nos permitiram construir instrumentos de validação dos mesmos. Na segunda parte, estudámos a "Comunicação educacional: elos, interacções" em três dimensões: comunicação e educação; comunicação e tecnologias de informação; comunicação e comunicação educacional: actores e projectos. Na terceira parte, descrevemos os três projectos situados ao longo do tempo: "Multimédia: um argumento"; "Um projecto: Convergência Interactiva Internacional"; "Um grupo de discussão: A Intercompreensão no Ciberespaço". Na quarta parte, problematizámos as questões articulando-as com as competências definidas por Perrenoud (1999) e recorrendo, para as discutir, não só aos conceitos-chave desenvolvidos na 1ª e 2ª fases e sintetizados no final dos capítulos que compõem o trabalho, como aos resultados obtidos nos instrumentos de avaliação. Concluímos que os aprendentes valorizaram de forma diferente os suportes mediatizados, optando pelo CD-ROM e pela Internet em detrimento da videoconferência. Referiram como "muitíssimo importante" a dimensão afectiva que envolve o trabalho colaborativo dos multimédias e manifestaram grande interesse em continuar a participar em outros espaços de.aprendizagem. Os dados analisados nestes três projectos comprovam que a integração das TIC representaram, para o aprendente de TCAV, um conjunto de potencialidades pedagógicas, individuais, sociais e tecnológicas na construção e reconstrução de meios e materiais de ensino: 1. Os alunos conceberam informação num formato multimodal através da integração na Prática Pedagógica de formatos lineares e não lineares de informação e de comunicação; 2. Os alunos foram colocados numa situação de construtores de saberes, a "refazer" em produtos hipermédias; 3. Os alunos adquiriram conteúdos e ferramentas, não só para procurarem, mas também para construírem e analisarem discursos digitais; 4. Os alunos problematizaram a investigação inerente a diferentes contextos de aprendizagem.
Our work "Intercomprehension: from the classroom out to the cyberspace", is inserted in the area of research related to Educational Multimedia Communication/Technology and Pedagogy of Mediatized Discourses and its main purpose is to implement, observe and analyse three experiences developed in three different settings: in the classroom ("a, b, c of multimedia"), in the class - cyberspace ("Project of Interactive International Convergence"), and in the cyberspace (forum "Intercomprehension in Cyberspace"). We carried out these experiences with the students of initial training for Teachers (Course of School Teacher for the 5th and 6th grade -Arts and Technology) in the semester courses of Techniques of Audiovisual Communication. We developed the study on the following questions related to the planning, utilization, integration, evaluation and reformulation of mediatized supports: The first section introduces the subject "Apprenticeship throughout life: roots". In the following three chapters, namely "Knowledge Society: challenges", "School and its changes" and "Intercomprehension and didactical environments", a tentative definition of the key concepts on which we based support our projects is made and those concepts supported the construction of analysing tools for projects. In the second part. we studied the "Educctioncl Communication: links and interactions" in three dimensions: communication and education, communication and information technology, and communication and educational communication: actors and projects. In the third part, we described the three projects: "Multimedia: an argument", A project: Interactive International Convergence", "A forum: Intercomprehension in Cyberspace". In the fourth part, we discussed the topics referred above linking them with the competences defined by Perrenoud (1999) and using, for its discussion, the key concepts studied in the first and second parts, synthesized in the end of each chapter, as well as the results obtained through the evaluation instruments. We concluded that the students appreciated differently the mediatized supports, preferring the CD-ROM and the Internet compared to the video-conference. They classified the emotional dimension that involves the collaborative work with multimedia as "very important" and they appeared to be very interested in going on participating in other learning environments. The data analysed in these three projects indicate that the integration of CIT meant, for the TCAV student, a body of pedagogical, individual, social and technological potentialities possible to be used to build and (re)build teaching tools and materials: 1. They conceived the information in a multimodal format through the integration of linear and non-linear formats of information in the Pedagogical Training; 2. They had significant learning because they were put in the position of hypermedia product builders; 3. They acquired information/tools not only to search but also to build and analyse digital discourses; 4. The research always started with the questioning from different angles.
Descrição: Tese de Doutoramento em Ciências da Educação na especialidade de Comunicação Educacional apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2487
Aparece nas colecções:Comunicação Educacional / Educational Communication

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE DE DOUTORAMENTO.doc21,5 kBMicrosoft WordVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.