Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2460
Título: O poder e o desejo na recepção de uma literatura estrangeira : a literatura portuguesa em universidades alemãs no confronto com Portugal
Autor: Sequeira, Rosa Maria
Orientador: Silva, Vitor Manuel de Aguiar e
Marques, Maria Emília Ricardo
Palavras-chave: Ensino da literatura
Teoria da literatura
Leitura
Interpretação
Receção
Literatura portuguesa
Poesia
Alemanha
Portugal
Data de Defesa: 1999
Citação: Sequeira, Rosa Maria - O poder e o desejo na recepção de uma literatura estrangeira [Em linha] : a literatura portuguesa em universidades alemãs no confronto com Portugal. Lisboa : [s.n.], 1999. 541, 106 p.
Resumo: Esta investigação é uma abordagem renovada sobre os problemas da interpretação literária e o ensino de línguas estrangeiras a nível universitário. Centra-se no processo interpretativo e no estudo da interação dos leitores com os textos neste contexto, explorando as causas das dificuldades na interação com os textos literários, a variedade de leituras ou o grau de concordância entre as leituras feitas pelos estudantes, bem como os efeitos do contexto institucional sobre a interpretação. A investigação inscreve-se num modelo pragmático e numa conceção nova da situação interpretativa, considerando não apenas a interação texto-leitor mas também as relações de poder próprias do contexto institucional. Embora considerando a interpretação em contexto institucional um ato social que faz parte do jogo social e envolve atores sociais, esta nova abordagem não deixa de considerar também as teorias clássicas da interpretação que pretende complementar. O 1º capítulo tem em conta as abordagens tradicionais do texto literário nos métodos de ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras, desde o Método de Gramática e Tradução até outros mais recentes como a Abordagem Comunicativa e a sua ênfase na interação real. O 2º capítulo considera o papel das teorias da receção e da investigação empírica para o ensino da literatura e para uma conceção de ensino centrada no estudante e baseada na experiência. O 3º capítulo fundamenta o inquérito a dois grupos de estudantes universitários, considerando a vertente dos leitores, dos textos e da situação interpretativa institucional e assumindo a similaridade entre a aprendizagem de uma língua estrangeira e a leitura literária. Os dois últimos capítulos constituem um estudo exploratório, compreendendo a leitura literária e as questões que envolvem a interculturalidade. A literatura convoca competências como a abertura, a flexibilidade e a suspensão do julgamento prematuro que também estão presentes na competência comunicativa intercultural. Práticas de leitura e modos de interação com a obra literária em língua estrangeira em diferentes contextos nos dois grupos de estudantes são analisados e comparados.
This research aims at providing a renewed approach to the problems raised by literary interpretation in a foreign language, at the level of university learning. It focuses on the intellectual maturation of the reading process, exploring the causes of difficulty in understanding certain texts, the variability of interpretation or agreement among readers, as well as the effects of schooling on response. The research is based on a pragmatic model and on a new conception of the entire interpretative situation, concerning not only the interplay of reader and text but also the power relations imposed by the scholar setting. Although considering interpretation in class as part of a social game with social actors, this new theory does not altogether dismiss the classic theories of interpretation, on the contrary, it tries to provide them with further broadening. The 1st chapter considers the traditional ways literature has been pedagogical explored in the foreign language methods since Grammar Translation Method to the more recent ones as Communicative Approach and its emphasis on real interaction. The 2nd chapter aims at enhancing a student-centered and experience-based learning by stressing the role of reception theories, reader response criticism and empirical research, assuming that they play an important part in literature teaching. The 3th chapter justifies the survey applied to two groups of university students, considering the readers, the texts and the classroom situation and assuming the similarities between understanding a literary text and a foreign language / culture. The last two chapters are exploratory, involving the conjunction of literary reading and interculturality. Literature fosters competencies as openness, flexibility of mind and suspension of premature judgment that are also involved in intercultural awareness. Reading practices and reading interaction across different contexts in foreign language learning are studied and compared.
Descrição: Tese de Doutoramento em Estudos Portugueses na especialidade de Teoria da Literatura apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2460
Aparece nas colecções:CEMRI - Teses de Doutoramento / Phd Thesis
Teoria da Literatura / Literature Theory

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE DE DOUTORAMENTO.doc21,5 kBMicrosoft WordVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.