Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2455
Título: Is there a dream for today? O progresso dos africano-americanos desde o assassinato de Martin Luther King, Jr. : realidade ou utopia?
Autor: Domingues, Natalina Graça Grilo de Bastos Silva
Orientador: Pires, Maria Laura Bettencourt
Avelar, Mário
Palavras-chave: Cultura americana
Sociedade
Afro-americanos
Relações raciais
Racismo
Raça
Preconceito
Teoria
Integração
Política governamental
Data de Defesa: 2004
Citação: Domingues, Natalina Graça Grilo de Bastos Silva - Is there a dream for today? O progresso dos africano-americanos desde o assassinato de Martin Luther King, Jr. [Em linha] : realidade ou utopia?. Lisboa : [s.n.], 2004. 511 p.
Resumo: Nesta tese de doutoramento, pretende-se avaliar o modo como tem evoluído a situação dos Africano-Americanos desde 1968 até à actualidade. O que é que mudou na América desde a morte de King? Houve progresso? Será que superaram a discriminação ou estarão ainda longe de o conseguir? Numa primeira fase, são analisados os conceitos de cultura e de raça - considerando-se esta como uma ilusão socialmente construída – bem como o de racismo, o qual, tendo marcado os E.U de forma indelével, decorre de formas institucionais como a escravatura, o colonialismo e o imperialismo. Num segundo momento, examina-se a questão racial na América de hoje. Procura-se verificar se “The Veil of Race” continua ainda a constituir “An American Dilemma”. A última parte do trabalho aborda a problemática da dessegregação, cabendo a interrogação sobre se a mesma se verifica ou se tal não passa de ficção. No final, conclui-se que “They’ve made progress but they have not yet arrived”. A presente afirmação advém de dois grandes problemas com que os Africano-Americanos se debatem ainda no século XXI: o primeiro está relacionado com o facto de esse progresso ter atingido, entre eles, apenas 17%, ou seja, os descendentes privilegiados dos “Talented Tenth”, deixando para trás os da “underclass”; o segundo tem a ver com o racismo dissimulado que persiste na sociedade americana, diferente do do passado, mas não menos malévolo, uma vez que a sua presença nem sempre é detectável.
In this thesis, one wants to assess how the African-Americans’ situation has developed since 1968 until the present time. What has changed in America since King’s death? Has there been progress? Have they overcome discrimination or are they still far from reaching it? In a first phase, the concepts of culture and race are analysed – being the latter considered as a socially constructed illusion – as well as the one of racism, which having marked the U.S. in an indelible way, has its origins in institutional forms such as slavery, colonialism and imperialism. In a second stage, one examines the racial question in nowadays’ America. One tries to verify if “The Veil of Race” goes on being “An American Dilemma”. The last part of the work approaches the desegregation problem, arising the interrogation whether this one is just fiction. In the end, one concludes that “They’ve made progress but they have not yet arrived”. This statement results from two great problems African-Americans have still to deal with in the 21st century: the first one is related to the fact that this progress has reached, among them, only 17%, that is to say the privileged descendants of the “Talented Tenth”, leaving behind the ones of the underclass; the second one is connected with the covert racism that persists in the American society, different from the one of the past, but no less malicious, since its presence is not always detectable.
Descrição: Tese de Doutoramento em Estudos Americanos apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2455
Aparece nas colecções:Estudos Americanos / American Studies

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Natalina Domingues - Tese.doc21,5 kBMicrosoft WordVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.