Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2416
Título: O efeito do sorriso na percepção psicológica da pessoa
Autor: Freitas-Magalhães, Armindo
Orientador: Neto, Félix
Palavras-chave: Emoções
Negros
Adultos
Pessoas idosas
Jovens
Teoria
Identidade cultural
Género
Comunicação não verbal
Psicologia social
Perceção
Sorriso
Psicologia
Smile
Facial expression
Psychological perception
Gender differences
Youths
Adults
Old people
Data de Defesa: 2003
Citação: Freitas-Magalhães, Armindo - O efeito do sorriso na percepção psicológica da pessoa [Em linha]. Lisboa : [s.n.], 2003. 439 p.
Resumo: O objectivo do estudo foi o de verificar o efeito do sorriso na percepção psicológica da pessoa em jovens, adultos, idosos e jovens negros. Pretendia-se verificar se o sorriso contribui para os traços diferenciais entre os grupos humanos em estudo e se o mesmo era descritor de género. O estudo envolveu um delineamento transversal analítico ou estudo não-experimental, também classificado por estudo pós-facto, estudo de observação passiva ou estudo correlacional e de observação, de comparação entre grupos, mediante o juízo ou julgamento psicológico da face neutra e do tipo de sorriso contrastados, de matriz factorial 4 x 2 x 2 (face neutra, sorriso fechado, sorriso superior, sorriso largo; género dos estímulos; género dos respondentes) e a sua finalidade foi descrever a percepção psicológica do sorriso em função das variáveis género do estímulo, género do respondente e grupo étnico, na Escala de Percepção do Sorriso (EPS), em formato diferenciador semântico, com 19 itens bipolares opostos, tendo a avaliação sido feita numa escala ordinal de 1 a 7 pontos, nas dimensões Avaliação (12 itens) e Movimento Expressivo (7 itens) resultante dos estudos preliminares sobre a atractividade facial (estudo preliminar 1) e a escolha de dípolos de adjectivos preditores para percepção psicológica da face neutra (estudo preliminar 2). Nos estudos principais 1, 2 e 3 foram utilizados 24 estímulos fotográficos apresentando o tipo de sorriso (fechado, superior e largo) e a face neutra (12 do estímulo mulher e 12 do estímulo homem) referentes aos três grupos etários (18-25 anos, 40-50 anos e 60-70 anos) e a Escala de Percepção do Sorriso (EPS) foi aplicada a uma amostra não probabilística ou intencional do tipo homogénea de 480 participantes portugueses de ambos os géneros (240 mulheres e 240 homens) distribuídos por grupos etários de jovens (80 mulheres e 80 homens, média: 22.2 anos), adultos (80 mulheres e 80 homens, média: 43.1 anos) e idosos (80 mulheres e 80 homens, média: 65.0 anos) No estudo principal 4, foram utilizados 8 estímulos fotográficos apresentando o tipo de sorriso (fechado, superior e largo) e a face neutra (4 do estímulo mulher e 4 do estímulo homem) de universitários de Cabo Verde, a estudar em Portugal, e a Escala de Percepção do Sorriso (EPS) foi aplicada a uma amostra não probabilística ou intencional do tipo homogénea de 160 participantes de ambos os géneros (80 mulheres e 80 homens) e estudantes universitários portugueses (média: 21.8 anos). Os resultados revelam e confirmam o efeito do sorriso na percepção psicológica da pessoa, à semelhança de outros estudos, isto é, sorrir torna a percepção psicológica mais positiva ou negativa e verifica-se que tal sucede em função do género do estímulo e do género do respondente. As diferenças significativas na percepção da face neutra e tipo de sorriso contrastados são justificadas pela pertença de género de quem os percepciona e pela pertença do género de quem é percepcionado. Tal apenas não sucede no factor Avaliação do grupo dos adultos. Os resultados obtidos indicam que, quer no factor Avaliação quer no factor Movimento Expressivo, os tipos de sorriso largo e superior são os que registam médias ponderadas mais elevadas. Pelo contrário, a face neutra e o sorriso fechado registam valores menos elevados na percepção. A análise da percepção da pessoa em função da face neutra e tipo de sorriso contrastados revelou uma correspondência entre a expressão facial, o género do estímulo e o género do respondente. No factor Avaliação, a mulher é percepcionada mais positivamente que o homem, verificando-se o inverso no factor Movimento Expressivo no grupo dos adultos e dos idosos. Verificou-se efeito do sorriso na percepção psicológica dos estímulos de cor negra. No grupo dos jovens que percepcionaram estímulos de cor negra, o homem é considerado mais positivo que a mulher em ambos os factores. O efeito significativo do género revela que a sua percepção é condicionada pelo seu próprio género. Os resultados apontam ainda para a configuração pronunciada de uma hierarquização ascendente da face neutra e tipo de sorriso contrastados em dois conjuntos bem delimitados e distinguindo diferentes formas topográficas de sorrir: a face neutra e o sorriso fechado e o sorriso superior e o sorriso largo.
The objective of the present study was to verifying the effect of the smile in person's psychological perception in youths, adults and old people in function of the variables stimulus person´s gender, perceiver´s gender and ethnic group. Study intended the smile to be verified contributed to the differential lines among the human groups in study and if the same was descriptor of gender. The study involved an analytical traverse delineation or no-experimental study, also classified by post-fact study, study of passive observation or correlacional and of observation study, of comparison among groups, by the psychological judgement of the neutral face and of the smile type contrasted, and described as a 4 x 2 x 2 factorial, and his purpose was to analyse the psychological perception of the smile in function of the variables stimulus person’s gender, perceiver’s gender and ethnic group, in the Smile Perception Scale (EPS), in semantic differential format, with 19 items with bipolar opposites, tends the rating been done in an ordinal scale from 1 to 7 points, in the dimensions Evaluation (12 items) and Expressive Movement (7 items), resulting from the preliminary studies on the facial attractiveness (preliminary study 1) and the choice of dipolars of predictive attributes for psychological perception of the neutral face (preliminary study 2). In the main studies 1, 2 and 3 were used 24 photographic stimulus presenting the smile type (closed, upper and broad) and the neutral face (12 of the incentive woman and 12 of the incentive man) regarding the three age groups (18-25 years, 40-50 years and 60-70 years) and the Smile Perception Scale (EPS) was applied to a no probabilistic or intentional sample of the 480 Portuguese participants' of both gender type homogeneous (240 women and 240 men) distributed by youths' age groups (80 women and 80 men, mean age: 22.2 years), adults (80 women and 80 men, mean age: 43.1 years) and old people (80 women and 80 men, mean age: 65.0 years) In the main study 4, 8 photographic stimulus were used presenting the smile type (closed, upper and broad) and the neutral face (4 of the incentive woman and 4 of the incentive man) of university students of Cape Verde, to study in Portugal, and the Smile Perception Scale (EPS) it was applied to a no probabilistic or intentional type homogeneous sample of the 160 participants' of both gender (80 women and 80 men) and portuguese university students (Mean: 21.8 years). These results suggest and they confirm the effect of the smile in person's psychological perception, a finding similar to those of previous studies. The smile turns the more positive psychological perception or negative and it is verified that such it happens in function of the stimulus person’s gender and of the perceiver’s gender. The significant differences in the perception of the neutral face and smile type contrasted are justified for the it belongs of gender that who perceiver and for the it belongs of the gender that who is perceived. Such it doesn't just happen in the factor Evaluation of the adults' group. The obtained results indicate that, he wants in the factor Evaluation wants in the factor Expressive Movement, the types of broad smile and upper are what register medium meditated higher. On the contrary, the neutral face and the smile closed are register less influence in the perception. The analysis of person's perception in function of the neutral face and smile type contrasted revealed an association among the facial expression, the stimulus person’s gender and the perceiver’s gender. In the factor Evaluation, the woman is percepcioned more positively than the man, being verified the inverse in the factor Expressive Movement in the adults' group and in the old people. Effect of the smile was verified in the psychological perception of the stimulus of black colour. In the youths' group that are percepcioned stimulus person’s gender of black colour, the man is considered more positive than the woman in both factors. The significant effect of the gender reveals that his perception is conditioned by his own gender. The results still appear for the pronounced configuration of an ascending hierarchization of the neutral face and smile type contrasted in two groups well delimited and distinguished different topographical forms of smiling: the neutral face and the closed smile and the upper smile and the broad smile.
Descrição: Tese de Doutoramento em Psicologia na especialidade de Psicologia Social apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2416
Aparece nas colecções:Psicologia Social / Social Psychology

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Capa- Armindo Freitas-Magalhães (1).pdf33,09 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.