Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2389
Título: Elaboração de materiais didáticos para atividades outdoor na área da química : um estudo de caso com alunos do ensino secundário
Autor: Bento, Cecília Maria de Almeida
Orientador: Amador, Filomena
Palavras-chave: Ensino da química
Ensino secundário
Educação para a cidadania
Desenvolvimento sustentado
Visitas de estudo
Atividade escolar
Materiais de ensino
Atitude
Alunos
Outdoor learning environmentes
Learning
Attitudes
Sustainability
Citizenship
Recycling
Data de Defesa: 2012
Citação: Bento, Cecília Maria de Almeida - Elaboração de materiais didáticos para atividades outdoor na área da química [Em linha] : um estudo de caso com alunos do ensino secundário. [Lisboa] : [s.n.], 2012. 194 p.
Resumo: As atividades outdoor são consideradas, pela investigação, como um recurso didático de crucial importância no âmbito da Educação em Ciência. No entanto, para que sejam eficazes, é imprescindível que sejam bem preparadas e adequadamente exploradas. Inseridas dentro do contexto da educação para a cidadania e, se realizadas com uma adequada planificação, elas podem ser um recurso didático estratégico para a ação pedagógica. Com o estudo que se apresenta pretende-se, em primeiro lugar, diagnosticar as atitudes dos alunos do 12.º ano de escolaridade face à problemática das atividades outdoor realizadas no âmbito da disciplina de Química. Propõe-se a construção de materiais curriculares inovadores para a atividade de visita de estudo e a sua implementação com vista à avaliação das suas implicações para o desenvolvimento de atitudes investigativas nos alunos. Com esse objetivo a investigação é desenvolvida em três fases. A fase I centrou-se no diagnóstico efetuado a trinta e cinco alunos do 12º ano de escolaridade de uma escola do distrito de Aveiro sobre as suas atitudes face à problemática das visitas de estudo, no desenvolvimento das suas competências. A fase II visa construir e implementar materiais didáticos, no ensino formal da Química, para o desenvolvimento de uma saída de campo às instalações da ERSUC- Sistema Multimunicipal de Tratamento e Valorização dos Resíduos Sólidos do Litoral Centro, junto dos alunos inquiridos na fase I. A fase III avalia as implicações dos materiais didáticos implementados no desenvolvimento de atitudes investigativas nos alunos. A recolha de dados será realizada essencialmente sobre a forma de questionários. O trabalho realizado ao longo das três fases da investigação permite concluir que apesar das visitas de estudo serem um recurso usado habitualmente pelos docentes da área das ciências, na sua maioria carecem de um maior investimento ao nível da sua preparação de modo a torná-las mais produtivas.Os resultados revelaram que as atividades outdoor, quando devidamente preparadas, têm, junto dos alunos, um impacto positivo, nomeadamente ao nível da construção do conhecimento científico, na promoção da alfabetização científica e no desenvolvimento das suas atitudes investigativas.
Outdoor activities are considered by scientific investigation as an undeniably important didactic resource in the realm of Education in Science. Nevertheless, in order to guarantee their effectiveness it is crucial that they are not only well prepared and planned but also adequately explored. In fact, when they are developed within the field of education for citizenship and accomplished with an adequate planning, these activities can be a strategic didactic resource which promotes pedagogical action. With the present study one aims, in the first place, to diagnose the 12th grade students’ attitudes regarding the topic of outdoor activities carried out within the realm of the Chemistry subject. One proposes the creation of innovative curricular materials aimed at being used at field trips in such a way that their implementation can allow the evaluation of students’ own investigation skills. Therefore, this research is developed in three different phases or stages. The first stage is centered around the survey done to 35 students of the 12th grade attending a secondary school in the area of Aveiro district, focusing on their attitudes regarding the topic of study trips/field trips and the impact these may have on the development of their skills and competences. The second stage aims at building and putting into practice innovative didactic resources in the area of formal Chemistry teaching with the intent of carrying out a field trip to the headquarters of ERSUC- MultiMunicipal System of Treatment and Valuing of Solid Residues in the coastal central geographic area (Litoral Centro). Stage three proposes the evaluation of didactic resources in the development of students’ researching and inquisitive skills. The collecting of data will mainly be based on questionnaires/surveys. The work developed throughout the three phases of investigation allows us to conclude that despite being a commonly used resource by teachers in the area of Science, the study/field trips reveal a lack of greater investment in the planning stages which would make them more productive and effective. When adequately prepared, outdoor activities, outside the constraints of a classroom environment, have a positive impact on students namely in what concerns the construction of scientific knowledge, the promotion of scientific literacy and the development of researching, inquisitive skills.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Cidadania e Participação Ambiental apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2389
Aparece nas colecções:Mestrado em Cidadania Ambiental e Participação / Master's Degree in Environmental Citizenship and Participation - TMCAP

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertação mestrado_ Cecília modificado final 2.pdf2,61 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.