Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/2168
Título: Promoção do consumo sustentável das famílias : avaliação de recursos educativos em Portugal
Autor: Cardoso, Marta Isabel Palhim
Orientador: Caeiro, Sandra
Palavras-chave: Consumo
Família
Consumo sustentável
Consumo familiar
Recursos educacionais
Sustainable consumption
Households
Educational resources,
Evaluation criteria
Data de Defesa: 2012
Citação: Cardoso, Marta Isabel Palhim - Promoção do consumo sustentável das famílias [Em linha] : avaliação de recursos educativos em Portugal. Lisboa : [s.n.], 2012. 168 p.
Resumo: Os fatores como o crescimento económico, a globalização, a abertura dos mercados, o individualismo crescente, as novas tecnologias e as influências do marketing e da publicidade levaram as famílias a ultrapassar os padrões de consumo de bens e serviços. As decisões e escolhas do dia-a-dia das famílias e seus impactes têm um peso muito significativo na cadeira de produção e consumo de produtos e serviços. Torna-se assim fundamental que as famílias estejam sensibilizadas, educadas e bem informadas para fazer escolhas mais sustentáveis, sendo necessário disponibilizar e utilizar vários materiais e ferramentas. No entanto, são poucos os estudos que avaliam a qualidade destes materiais tendo em conta o objetivo para o qual foram elaborados. O principal objetivo deste trabalho é avaliar a qualidade dos recursos educacionais existentes para promover um consumo sustentável das famílias. Foram utilizados como estudo de caso os recursos portugueses disponíveis na internet. É também um outro objetivo deste trabalho propor um conjunto de procedimentos metodológicos e recomendações práticas para o desenvolvimento, validação e avaliação de recursos educacionais para o consumo sustentável das famílias. Foi desenvolvida uma abordagem metodológica, integrando os seguintes passos: 1) pesquisa na Web e seleção de recursos on-line desenvolvidos em Portugal para o consumo sustentável das famílias (para uma população-alvo maior que 15 anos); 2) desenvolvimento de uma lista de critérios científicos e técnicos, de comunicação, educacionais e de valores e atitudes para avaliar o conjunto de recursos selecionado; 3) avaliação do conteúdo dos recursos conduzida por um painel de especialistas com experiência e conhecimento na área, com base nos critérios definidos; 4) proposta de um modelo conceptual para incluir um conjunto de procedimentos metodológicos e recomendações práticas para o desenvolvimento e avaliação de recursos educacionais para o consumo sustentável das famílias. Os recursos selecionados on-line foram classificados em média, entre 3 e 4, numa escala de 1 a 5, em que 1 representa a qualidade muito fraco e 5 de muito boa qualidade, mas várias deficiências foram encontradas, comprovadas pela elevada dispersão encontrada à volta do valor central. Alguns dos materiais são bastante básicos, não abordam todas as áreas do consumo sustentável, e poucos têm as famílias como público-alvo. Mais importante, os recursos não foram projetados para uma boa comunicação e compreensão das questões de sustentabilidade. Além disso, há uma falta de uma visão integrada de valores ambientais, económicos, sociais, culturais e de atitude. O conjunto de propostas de procedimentos e recomendações para o desenvolvimento e avaliação de recursos para a promoção do consumo sustentável das famílias destaca um conjunto de fatores condicionantes e critérios chave para o desenvolvimento deste recursos e realça a necessidade de garantir a qualidade destes recursos de forma a assegurar a mudança das escolhas e decisões das famílias e os seus impactes nos padrões de produção e consumo.
Factors such as economic growth, globalization, the opening of markets, increasing individualism, new technologies and the influences of marketing and advertising have led families to exceed goods and services consumption standards. Community’s sustainability is significantly affected by households day-to-day decisions and choices impacts, so it is important that families are aware and informed to make more sustainable choices. For this, several materials and tools are being produced, but not all promote efficiently sustainable consumption. The first aim of this work is to assess the quality of educational resources on household sustainable consumption. Portuguese resources available in the internet were used as a case study. A second aim is to propose a set of methodological procedures and practical recommendations for development and validation of household sustainable consumption educational resources. To fulfill these aims a methodological approach was developed, integrating the following steps: 1) web search and selection of online resources developed in Portugal for household sustainable consumption (for a target population higher then 15th years hold); 2) development of a checklist of scientific and technical, communication, educational and value and attitude criteria to evaluate the selected resource set; 3) content evaluation of the resources conducted by an expert panel with experience and knowledge in the area, based upon the defined criteria; 4) proposal of a conceptual framework to include a set of methodological procedures and practical recommendations for the development and evaluation of household sustainable consumption educational resources. The selected online resources were scored on average between 3 and 4 on a scale of 1 to 5, where 1 represents very weak quality and 5 very good quality, but several weaknesses were found, proved by the higher dispersion around the central value. Some of the materials are pretty basic, do not address all areas of sustainable consumption, and few have households as the target audience. More importantly they were not designed for good communication and understanding of sustainability issues. Also, there is a lack of an integrated vision of environmental, economic, social and cultural and attitude values. The proposed set of procedures and recommendations for the development and validation of household sustainable consumption educational resources highlight the usefulness of providing this kind of tool to assure the change of households choices and decisions and their impacts in the production and consumption patterns.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Cidadania e Participação Ambiental apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/2168
Aparece nas colecções:Mestrado em Cidadania Ambiental e Participação / Master's Degree in Environmental Citizenship and Participation - TMCAP

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE Consumo Sustentável das Famílias _ Marta Palhim.pdf3,77 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.