Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1885
Título: As representações dos professores acerca de Escola de Qualidade e de factores que a promovem : um estudo de caso baseado
Autor: Tavares, Ana Maria Fernandes Silva
Orientador: Barreto, Maria Antónia
Palavras-chave: Educação
Escolas
Organização escolar
Qualidade da educação
Liderança
Avaliação da educação
Professores
Perceção
Representações sociais
School organization
Evaluation
Organizing regulation
School quality representations
Leadership
Data de Defesa: 2011
Citação: Tavares, Ana Maria Fernandes Silva - As representações dos professores acerca de Escola de Qualidade e de factores que a promovem [Em linha] : um estudo de caso baseado . Lisboa : [s.n.], 2011. 120, [66] p.
Resumo: O reconhecimento de que as qualificações profissionais e académicas dos portugueses se situam abaixo dos níveis desejados face a outros países levou o Ministério da Educação, em 2006, a despoletar um processo de avaliação das escolas portuguesas. O mesmo, cujo objectivo é aumentar a qualidade da acção das organizações escolares nas suas múltiplas dimensões, tem por orientação o documento ―Quadro de Referência Para a Avaliação das Escolas e Agrupamentos‖. Este referencial veio, bem como o Decreto-Lei n.º75/2008, de 22 de Abril, introduzir novas concepções/representações no campo organizacional escolar nacional acerca do que se entende por ―escola de qualidade‖. Assim, com o presente estudo pretendeu-se conhecer as representações sociais de ―escola de qualidade‖ que estão presentes na cultura organizacional de escolas consideradas de pouca qualidade, após a implementação do processo de avaliação externa. O mesmo envolveu sessenta e um educadores/professores do Agrupamento Vertical de Escolas de Sernancelhe, agrupamento cujo desempenho foi considerado de pouca qualidade na avaliação externa realizada em 2007. A fim de recolher os dados foi aplicado um questionário, cujas perguntas tiveram como referencial os documentos acima indicados, constituindo objectivo das mesmas detectar as representações que os educadores/professores diziam ter acerca de escola de qualidade e de factores que a promovem. Os resultados revelam que os educadores/professores, dum modo geral, se identificam nas suas representações com os aspectos tidos como relevantes no documento que orienta a avaliação externa das escolas. Esta constatação faz-nos pensar que, pelo facto das representações sociais serem factores produtores de realidade, se encontram reunidas condições potenciadoras de dinâmicas que ajudem à emergência duma escola de qualidade. Porém, as repostas dadas revelam, igualmente, a permanência de algumas concepções que não se encontram tão em sintonia com os parâmetros oficiais, reflectindo, inclusivamente, aspectos da cultura organizacional vigente à época da implementação do processo de avaliação externa. Tal situação leva-nos a questionar, por um lado, porque tal acontece e, por outro, como poderá o processo de avaliação externa potenciar, de forma efectiva, mudanças na cultura organizacional que contribuam para o desenvolvimento pessoal e organizacional.
Since the Portuguese desired stage of professional and academic qualifications are situated much below other countries’ levels, the Ministry of Education started an evaluation process of the Portuguese schools in 2006. Aiming at improving the quality of multiple dimensioned actions of the school organizations, it is based on the leading document ―Schools and School Groups Evaluation Framework‖. The latter, as well as Law no. 75/2008, issued on the 22nd April, introduced new conceptions/ representations into the national organizational school arena as far as what an ―excellent school‖ should be. This way, the current study aimed at getting to know what social representations of an excellent school are to be seen in the organizational culture of weakly evaluated schools, after their submission to an external evaluation process. This study involved sixty one teachers/educators belonging to the Sernancelhe Vertical Schools Group, whose performance has been poorly evaluated in 2007. The data were collected through a questionnaire, organized according to the above referred official documents, which aimed at getting to know what the teachers/educators stated as their representations of an excellent school and the factors that could promote it. The results show that the teachers’/educators’ representations broadly coincide to the relevant aspects considered in the document orienting the schools external evaluation. This finding, as well as the fact that the social representations are reality producing factors, allows us to conclude that the empowering conditions for the emergence of an excellent school do exist. However, their answers also reveal there are some other conceptions present in the organizational culture at the moment of the external evaluation process that don’t fit in the official standards. This fact arises other questions as for the underlying reasons and how effective the external evaluating process can be in terms of the desired changes in the school organizational culture, which might contribute to the personal and organizational development.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Gestão e Administração Educacional apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1885
Aparece nas colecções:Mestrado em Administração e Gestão Educacional / Master's Degree in Administration and Educational Management - TMAGE

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Ana Tavares.pdf4,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.