Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1879
Título: Educação holística : possibilidades de adequação ao sistema educativo português
Autor: Mateus, Carlos Mário Fernandes
Orientador: Ferreira, Manuela Malheiro
Joaquim, Teresa
Palavras-chave: Filosofia da educação
Educação alternativa
Educação
Holismo
Modelos educativos
Projetos de educação
Desenvolvimento do indivíduo
Cognição
Corpo humano
Relaxamento
Desenvolvimento emocional
Inteligência emocional
Meditação
Aprendizagem
Portugal
Holistic education
Holistic paradigm
Integral education
Alternative education
Integrated curriculum
Perennial philosophy
Personal ecology
Wisdom
Body education
Emotional education
Mental education
Spiritual education
Meditation
Relaxation
Data de Defesa: 2011
Citação: Mateus, Carlos Mário Fernandes - Educação holística [Em linha] : possibilidades de adequação ao sistema educativo português. [Lisboa] : [s.n.], 2011. XIV, 460 p.
Resumo: A Educação Holística é um paradigma educacional que emergiu formalmente nos anos 80 do século XX. Os seus fundamentos podem ser encontrados nas pedagogias naturalistas, centradas no aluno e na aprendizagem, na filosofia perene e nas conceções transdisciplinares da ciência, bem como nas tradições espirituais tanto do ocidente como do oriente. Tem dois princípios fundamentais: a ideia de que o todo está na parte assim como a parte está no todo e a ideia de que tudo está interligado. A finalidade da educação holística é o desenvolvimento integral da pessoa humana, considerando e cuidando as suas dimensões corporal, emocional, mental e espiritual, tendo como propósito a manifestação do potencial existente em cada pessoa e a sua autorrealização. O estudo empírico procurou identificar e compreender as possibilidades de adequação da educação holística ao sistema educativo português. Para o efeito, e considerando o desenho curricular do sistema de ensino da época, considerámos o contexto das áreas curriculares não disciplinares como o mais adequado para a implementação de um projeto que designámos por Oficina Holística. Este projeto centrou-se no âmbito do desenvolvimento da ecologia pessoal, e foi desenvolvido em quatro estabelecimentos de ensino, abrangendo o Jardim-de-infância, os três Ciclos do Ensino Básico e o Ensino Secundário, envolvendo oito níveis de ensino. O projeto incluiu um conjunto de práticas e atividades que tiveram por objetivo facilitar o autoconhecimento, a autorregulação psicofisiológica e a autodireção, procurando desta forma responder às necessidades de desenvolvimento integral dos alunos, nas suas diversas dimensões. Considerando as diversas limitações ao estudo, concluímos que a implementação da educação holística no contexto curricular do sistema educativo vigente – uma disciplina entre outras – desvirtua os princípios e os propósitos da educação holística, embora possa contribuir para o autoconhecimento, por parte de alguns alunos, bem como para a criação de estratégias pessoais de autorregulação dos seus estados emocionais, corporais e mentais, e, consequentemente, para a sua autorrealização.
Descrição: Tese de Doutoramento em Ciências da Educação na especialidade de Filosofia da Educação apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1879
Aparece nas colecções:Filosofia da Educação / Education Philosophy

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TD_CarlosMateus.pdf2,96 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.