Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1870
Título: Sustainability at the campus : environmental management systems (EMS) implementation processes and practices at European Higher Education Institutions : top-down versus participatory approaches
Autor: Disterheft, Antje
Orientador: Azeiteiro, Ulisses
Caeiro, Sandra
Palavras-chave: Educação ambiental
Desenvolvimento sustentado
Papel da universidade
Campos universitário
Sistemas de gestão ambiental
Europa
Sustainable development
Higher education
Universities
Campus sustainability
Environmental management systems
EMS
ISO 14001
EMAS
Public participation
Data de Defesa: 2011
Citação: Disterheft, Antje - Sustainability at the campus [Em linha]: environmental management systems (EMS) implementation processes and practices at European Higher Education Institutions : top-down versus participatory approaches. Lisbon : [s.n.], 2011. 124 p.
Resumo: Dados os complexos desafios com os quais o nosso mundo de hoje está confrontado, as universidades são solicitadas a responder à necessidade de criar um futuro sustentável, que ambiciona uma vida digna para as gerações actuais sem comprometer a das gerações futuras. Este trabalho está inserido no debate sobre o desenvolvimento sustentável e sobre o papel das universidades em contribuírem para a construção de sociedades sustentáveis. Incide sobre as oportunidades que sistemas de gestão ambiental (SGA) oferecem para melhorar a sustentabilidade do campus, para envolver a comunidade institucional e para aumentar a sensibilização para práticas sustentáveis na vida académica, profissional e pessoal. O trabalho está baseado numa combinação de métodos qualitativos e quantitativos, utilizando-se uma extensiva revisão de literatura, um questionário online com um desenho de tipo transversal e uma análise de estatística descritiva e bivariada. Os processos de implementação top-down foram comparados com abordagens participativas, e as últimas têm sido utilizadas para desenvolver um grau de desempenho participativo. Fornece-se uma visão geral de 47 instituições de ensino superior na Europa com um SGA no campus, e apresenta-se, com base nos resultados do questionário respondido por 35 universidades, uma análise detalhada dos processos de implementação do SGA nos campi europeus. Entre vários reconhecimentos e aspectos práticos para o envolvimento dos estudantes e colaboradores, os resultados mostram que um SGA pode ser um instrumento fundamental no processo global do reforço da sustentabilidade no campus. Relativamente à abordagem da implementação de um SGA, consideramos como mais eficaz uma abordagem participativa ou uma que combine elementos top-down e participativos, para realizar a dupla missão de uma universidade: (1) Reduzir o impacto ambiental da instituição (2) Executar investigação e ensino, que oferecem oportunidades para aumentar a sensibilização para coerências complexas e desenvolver competências que conduzam a práticas mais sustentáveis.Os resultados podem contribuir para o debate em curso sobre a sustentabilidade do campus e ser de utilidade para as universidades que têm implementado um SGA, ou que desejam obter inspirações das actividades de outras instituições nesta área. Oferece-se sugestões para a prática profissional. In the light of the complex challenges our world of today is confronted with, universities are requested to respond to the need of creating a sustainable future that envisions a dignified life for the current generations without compromising those of next generations. This research is embedded within the debate about sustainable development and about the role universities play in contributing to build sustainable societies. It focuses on the opportunities environmental management systems (EMS) can offer to enhance campus sustainability, student and staff engagement and awareness raising for sustainable practices in the academic, professional and personal life. The research is based on a combination of qualitative and quantitative methods, using an extensive literature review, an internet-mediated questionnaire of a cross-sectional survey design and a descriptive statistical data analysis, including in some cases a bivariate analysis. Top-down implementation processes were compared to participatory approaches and the latter have been used to develop a degree of participatory performance. We provide an overview about 47 higher education institutions in Europe with an EMS at the campus and present, based on the results of the survey answered by 35 universities, a detailed analysis of EMS implementation processes and practices in European campuses. Among a number of insights and practical aspects for student and staff involvement, the results show that an EMS can be a key tool in the overall process to enhance campus sustainability. With respect to the implementation approach of an EMS, we regard a participatory approach or a mix of top-down and participatory elements as most effective to accomplish the twofold mission of a university: (1) To reduce the institutional environmental impact and (2) to carry out research and teaching, offering opportunities to increase awareness for complex coherences and to develop competencies that lead to more sustainable practices. The results shall contribute to the ongoing discussion about campus sustainability and be of use for universities that have implemented an EMS or that wish to get inspirations from other institutions‘ activities in this field. Implications for the professional practice are provided.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Cidadania Ambiental e Participação apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1870
Aparece nas colecções:Mestrado em Cidadania Ambiental e Participação / Master's Degree in Environmental Citizenship and Participation - TMCAP

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Antje Disterheft - tese mestrado MCAP 2009-11 Sustainability.pdf2,57 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.