Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1802
Título: Determinantes do consumo alimentar em adolescentes da Escola Secundária de Águas Santas
Autor: Sequeira, Olga da Conceição Martins
Orientador: Moura, Ana Pinto
Cunha, Luís Miguel
Palavras-chave: Sociologia da saúde
Adolescência
Adolescentes
Hábitos alimentares
Consumo alimentar
Atividades de tempos livres
Obesidade
Estilos de vida
Data de Defesa: 2011
Citação: Sequeira, Olga da Conceição Martins - Determinantes do consumo alimentar em adolescentes da Escola Secundária de Águas Santas [Em linha]. Porto : [s.n.], 2011. 105 p.
Resumo: Os hábitos e preferências alimentares adquiridos durante a infância e adolescência apresentam importantes repercussões no estado de saúde e no bem-estar físico e emocional dos próprios, sendo a obesidade um dos mais graves problemas de saúde pública da actualidade. São vários os factores que influenciam a aquisição de hábitos alimentares nesta faixa etária. Pretendeu-se avaliar a influência dos hábitos alimentares e das actividades de tempos livres numa amostra aleatória por cachos de adolescentes da Escola Secundária de Águas Santas a frequentar os 7º ou 9º ano de escolaridade. Aplicou-se um questionário, contemplando hábitos alimentares e de estilo de vida, características sócio-demográficas e dados antropométricos. A partir dos dados antropométricos, determinou-se o Índice de Massa Corporal (IMC) e os respectivos percentil e Z-score obtidos com base nas tabelas, ajustadas para sexo e idade, do Center of Disease Control (CDC), EUA. Atendendo a esses valores, procedeu-se à classificação do peso dos adolescentes. Dos 134 adolescentes em análise, 22,4 % tem excesso de peso, sendo que 27 % das raparigas e 18 % dos rapazes tem excesso de peso com um odds-ratio de 1,7. Tendo-se procedido à pesquisa de relações entre as diferentes variáveis inquiridas e a classificação do peso dos adolescentes, encontraram-se relações significativas entre a categoria do peso dos adolescentes e o consumo regular do pequeno-almoço e a percepção dos adolescentes sobre o seu peso.
Food habits and trends acquired during childhood and adolescence have important repercussions on the health as in their physical and emotional well being with obesity as one of the most serious public health problems of today. There are several factors that influence the acquisition of eating habits in this age group. We began to evaluate the influence of eating habits and down time activities in a random sampling of groups of teenagers from the Águas Santas High School in the 7th or 9th grade. A questionnaire was applied, looking into eating and lifestyle habits, social and demographic characteristics, and anthropometric data. From the anthropometric data we determined the Body Mass Index (BMI) and the respective percentile and Z-score obtained based on the tables, adjusted for gender and age, from the Centre of Disease Control (CDC), USA. Based on those values, we rated the teenager’s weight. From the 134 teenagers in analysis, 22.4 % have excess weight, more specifically 27 % of the girls and 18 % of the boys have excess weight with an odds-ratio of 1.7. Having searched the causal relations between several surveyed and the weight rating of teens, there were significant relations found between their weight category, the regular consumption of breakfast, and the teens perception of their weight.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ciências do Consumo Alimentar apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1802
Aparece nas colecções:Mestrado em Ciências do Consumo Alimentar / Master's Degree in Food Consumption Sciences - TMCCA

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMCCA_OlgaSequeira.pdf1,16 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.