Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1749
Título: Métodos estatísticos em pneumologia: análise de critérios de classificação da obstrução das vias aéreas
Autor: Rocha, Margarida João Ferreira
Orientador: Oliveira, Teresa
Caetano, Maria Cristina
Palavras-chave: Pneumologia
Métodos estatísticos
Matemática
Computação
Espirometria
Statistical methods
Obstructive disease
Pulmonary function tests
Data de Defesa: 2010
Citação: Rocha, Margarida João Ferreira - Métodos estatísticos em pneumologia [Em linha] : análise de critérios de classificação da obstrução das vias aéreas. [Lisboa] : [s.n.], 2010. 140 p.
Resumo: A análise de critérios de classificação da obstrução das vias aéreas tem sido amplamente debatida por várias organizações mundiais nos últimos anos. Estas entidades procuram identificar que consequências advêm da aplicação dos diferentes critérios usáveis para classificar uma obstrução das vias aéreas. Viegi G., Pedreschi M., Pistelli F., Pede F., Baldacci S., Carrozzi L., et al. (2000), demonstraram que a prevalência da patologia pulmonar obstrutiva dependia do critério utilizado para definir a obstrução das vias aéreas. Ainda, o estudo de sobrevivência denominado Third National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES III), revelou que a utilização de diferentes critérios para classificar a obstrução das vias aéreas originava uma sobrevalorização da prevalência da patologia obstrutiva (US National Center for Health Statistics, 1993). Pelos motivos anteriormente descritos e por não existirem estudos semelhantes realizados na população portuguesa, realizou-se uma investigação que, numa primeira fase laboratorial, ao serem aplicados simultaneamente quatro critérios usáveis a uma população de sujeitos que efectuaram a espirometria num laboratório de fisiopatologia respiratória, permitiu a identificação das repercussões de natureza diagnostica da utilização desses diferentes critérios. Numa segunda fase analítica, através da utilização de medidas que combinam os resultados de um conjunto de estudos disponíveis na literatura (revisão sistemática/ metanálise), identificaram-se os pontos discordantes ou concordantes sobre a temática. Os resultados revelaram que existia um critério que se diferenciava dos restantes e foi para os autores considerada a melhor alternativa para evitar erros, na medida em que os restantes critérios parecem dificultar a comunidade médica num diagnóstico de obstrução interpretado com base na espirometria.Parece-nos que este estudo vem reforçar, entre outros: o aparecimento e selecção de novos ou renovados critérios para classificar a obstrução das vias aéreas; uma intervenção correctiva nos estadios iniciais da doença pulmonar obstrutiva; a redução da morbilidade e mortalidade associadas a um falso diagnóstico; a redução significativa dos custos com a medicação utilizada.
The analysis of the criteria criteria used to classify a pulmonary obstructive disease has been widely debated in some world-wide organizations in recent years. These organizations look to identify what consequences happen from the application of the different criteria used, to classify a pulmonary obstructive disease. Viegi G., Pedreschi M., Pistelli F., Ask for F., Baldacci S., Carrozzi L., et al. (2000), had demonstrated that the prevalence of the obstructive pulmonary pathology depended on the used criteria to define a pulmonary obstruction. Still, the study of survival Third National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES III), disclosed that the use of different criteria to classify a pulmonary obstruction caused an over evaluation of the prevalence of obstructive pulmonary disease (US National Center will be Health Statistics, 1993). For the previously described reasons and the inexistence of similar studies in the Portuguese population, seams to be pertinent to carry out an investigation that, in a first laboratorial phase, for the concomitant application of the related criteria used on a population of patients that made the spirometry in a pulmonary laboratory, we pretend to identify which are the nature of diagnosis repercussions due to th e use of different criteria defined for the scientific community, to classify a pulmonary obstruction. In a second laboratorial analytical phase,through measures that combine the results of a set of studies (metanalyses studies) supplies the points concordant or opponents in the available literature. The results had disclosed that a criterion was differentiated of the remains, and was, for the authors, considered the best alternative to prevent errors, concerning that the existence of the remaining criteria seem to result in difficulty to the medical community to establish a diagnosis of obstruction based on spirometry.It seems that the resolution postponed of this problematic can facilitate, among others: the appearance and selection of new or renewed criteria to classify a pulmonary obstruction; a corrective intervention in initial stages of the obstructive pulmonary disease; the reduction of morbidity and mortality associated to a false diagnosis; the significant reduction of the costs with the used medication.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Estatística, Matemática e Computação apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1749
Aparece nas colecções:Mestrado em Estatística, Matemática e Computação / Master's Degree in Statistics, Mathematics and Computation - TMEMC

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Microsoft Word - TESEfinal.pdf2,66 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.