Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1721
Título: A internet como meio de promoção turística na Região de Lisboa : o sector público
Autor: Lavaredas, Rosa Alexandra Meira da Cruz
Orientador: Reis, Felipa Lopes dos
Palavras-chave: Turismo
Promoção comercial
Internet
Comércio eletrónico
Marketing
Lisboa
Tourism
Tourism marketing
Electronic touristic promotion
Data de Defesa: 2010
Citação: Lavaredas, Rosa Alexandra Meira Cruz - A internet como meio de promoção turística na Região de Lisboa [Em linha] : o sector público. Lisboa : [s.n.], 2011. [187] p.
Resumo: O presente estudo tem como objectivo analisar a forma como as instituições públicas que actuam na área do Turismo utilizam a Internet para fazer a promoção turística da região de Lisboa. Pretende-se com o exposto verificar se as instituições públicas que actuam na área do Turismo utilizam a Internet como ferramenta de promoção e até que ponto têm uma estratégia de marketing online definida. É ainda nossa intenção verificar se a utilização que as instituições referidas dão à Internet corresponde às expectativas e necessidades do turista e qual o impacto da promoção online na chegada de turistas à região. A revisão da literatura permitiu-nos perceber que a indústria do Turismo tem vindo a afirmar-se como grande motor da economia nacional. Mais se constatou que existe uma consciência por parte do governo português no que respeita às mudanças que têm vindo a ocorrer no campo das tecnologias e o potencial que a sua utilização pode ter no desenvolvimento do Turismo nacional. Ao nível da utilização da Internet, em termos turísticos, constatamos teoricamente que o número de utilizadores aumenta de dia para dia e que a comunicação e promoção têm vindo a provocar profundas alterações no negócio do Turismo e lazer. De forma a conduzir a investigação aos resultados propostos foi adoptada uma metodologia baseada na pesquisa simultaneamente quantitativa e qualitativa, traduzindo-se num estudo de caso exploratório, descritivo, não experimental, transversal e correlacional. A recolha de dados foi feita mediante a aplicação de 170 inquéritos a turistas, durante os meses de Março, Abril e Maio, nos monumentos mais visitados de Lisboa (o Mosteiro dos Jerónimos e o Castelo de S. Jorge). Foram ainda entrevistadas duas responsáveis das entidades públicas que promovem o Turismo de Lisboa (Associação de Turismo de Lisboa e Entidade Regional de Lisboa e Vale do Tejo) e procedeu-se ao acompanhamento e análise dos sites da Associação de Turismo de Lisboa. A recolha e análise dos dados, permitiu-nos perceber que apesar de intenção manifestada nas políticas desenvolvidas para o sector, as instituições públicas de Turismo ou não possuem estratégia de marketing ou não apresentam uma abordagem inovadora, segmentada e por mercado emissor, traduzindo-se, assim, em baixos níveis de influência no que respeita à chegada de turistas. Estas instituições, utilizando a Internet como painel meramente informativo, estático e com pouco interesse para o utilizador, não correspondem à maioria das necessidades e expectativas dos turistas. Ao nível da procura turística chegamos a duas grandes conclusões: (i) De forma geral gostam ou gostam muito da cidade de Lisboa, sendo que as suas viagens, superam muitas vezes, as expectativas criadas; (ii) São utilizadores frequentes das novas tecnologias, estando preparados e motivados para praticar Turismo de uma forma diferente, sobretudo no que respeita à planificação das suas viagens. Contrariamente, os funcionários públicos, apesar de possuírem alguma formação na área não estão suficientemente preparados para enfrentar os desafios que a sociedade actual impõe. Demonstra-se, assim, que os níveis de modernização dos agentes públicos são baixos, não existindo interacção ou cooperação entre os diferentes organismos, públicos ou privados. Tão pouco se verifica a difusão do conhecimento do sector, estimulo à formação e investigação, desenvolvimento e a adopção de práticas inovadoras. Torna-se pois urgente uma reengenharia dos processos de melhoria contínua, inovação, sistemas, marketing e recursos humanos, de forma a estimular a competitividade no sector.
The purpose of this investigation is to study how public institutions use the Internet to promote tourism in the region of Lisbon. The main goal of this thesis it to verify if the public institutions use the Internet to promote tourism and if they have an online marketing strategy defined. It also studies if the online touristic promotion meets the expectations and needs of tourists and what is the impact of the online promotion to attract tourists to the region. As suggested by the related literature the tourism industry is crucial for the national economy. It is further noted that the Portuguese government is aware of the changes that have taken place in the field of technology and the potential that their use might have on the development of national tourism. In terms of internet use, evidence shows us that the number of user’s increases every day and that communication and promotion have brought about profound changes in the tourism and leisure business. For the research work herein presented uses both quantitative and qualitative methodologies, resulting in an exploratory, descriptive, not experimental, cross-sectional and correlation case study. The data was collected from 170 inquiries applied to tourists during the months of March, April, and May in the most visited monuments in Lisbon (the Jeronimos Monastery and St George's Castle). Two managers of public institutions that promote tourism in Lisbon (Lisbon Tourism Association and Tourism Regional Entity of Lisbon and Tagus Valley) were also interviewed. The sites of the Lisbon Tourism Association (ATL) were monitored and analyzed. Collecting and analyzing the data, allowed us to realize that despite the intention expressed in the governmental policies to develop the sector, the public institutions stilldo not have a touristic marketing strategy defined. Resulting in a in low exploitation of this technology for the alluring of new tourists. These institutions use the internet as a static panel of information, with little interest to the user. In terms of touristic demands we came across with two major conclusions: (i) In general, tourists are keen of Lisbon, and their journeys often exceed there expectations; (ii) Tourists are experienced users of new technologies and are prepared and motivated to practice a different kind of tourism, especially in what regards the planning of their trips. In contrast, public employees, although trained in the area, are not sufficiently prepared to face the challenges that modern society imposes. Therefore, it is shown that the level of modernization in public institutions is low and doesn’t show any interaction or cooperation between private or public tourism agencies. There is no dissemination of knowledge in the sector, training and research are not stimulated and lack innovative practices in their work. This work suggest that it is urgent to implement a re-engineering process of continuous improvement, innovation, systems, marketing and people to occur, in order to boost competitiveness of the sector.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Gestão/MBA apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1721
Aparece nas colecções:Mestrado em Gestão/MBA / Master's Degree in Management/MBA - TMG/MBA

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Final.pdf2,43 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.