Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1678
Título: Hábitos de leitura de alunos dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e impacto na aprendizagem : concepções de alunos, professores e professores bibliotecários
Autor: Menezes, Isilda Maria Santos Leitão Menezes
Orientador: Cardoso, Teresa
Palavras-chave: Ensino básico
2º Ciclo
3º Ciclo
Leitura
Hábitos de leitura
Aprendizagem
Alunos
Professores
Professor bibliotecário
Representações sociais
Bibliotecas escolares
Reading
Reading habits
Learning
Conceptions
School library
Data de Defesa: 2010
Resumo: Este estudo tem como principal objectivo conhecer os hábitos de leitura dos alunos dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e as concepções que estes alunos, os seus professores e professores bibliotecários têm acerca da importância de hábitos de leitura na aprendizagem. Assim, formulámos um conjunto de questões específicas às quais procurámos dar resposta: (i) Que concepções têm alunos, professores e professores bibliotecários sobre a leitura? (ii) Como evoluem, segundo alunos, professores e professores bibliotecários, os hábitos de leitura dos alunos? (iii) Que actividades da sala de aula e da biblioteca escolar mais contribuem para essa evolução? (iv) Qual o impacto da leitura na aprendizagem, segundo alunos, professores e professores bibliotecários? (v) Que importância têm as actividades de promoção e animação da leitura, dinamizadas pela equipa da biblioteca escolar, na aprendizagem dos alunos? O enquadramento teórico deste estudo está organizado em quatro partes: a primeira aborda a leitura como uma competência fundamental; a segunda foca hábitos de leitura e respectivo impacto na aprendizagem; a terceira diz respeito à promoção e animação da leitura; e, a quarta apresenta concepções de alunos e professores sobre a leitura. Dada a natureza do problema, adoptámos um paradigma de investigação interpretativo, numa abordagem mista, recorrendo a dados qualitativos e quantitativos. Procedemos à elaboração, testagem, reformulação e aplicação de dois questionários, um destinado a alunos dos 2.º e 3.º ciclos (N=343) e outro a professores dos mesmos ciclos (N=40). Foram ainda realizados dois estudos de caso de professoras bibliotecárias, tendo os dados sido recolhidos através de entrevista semi-estruturada. Os resultados deste estudo mostram que alunos, professores dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e professores bibliotecários, embora não coincidindo nas suas concepções sobre a leitura, partilham o facto de a associarem a um acto de prazer, a um meio de aprender e a um contributo para a aprendizagem. O estudo revela também que os alunos gostam de ler, mas possuem hábitos reduzidos de leitura, verificando-se um decréscimo do 2.º para o 3.º ciclo. Por seu turno, a generalidade dos professores inclui a leitura nas suas planificações de aula, mas dinamizam as actividades de leitura de forma pouco sistemática. Os alunos, os professores e as professoras bibliotecárias inquiridos estão conscientes da relação entre os hábitos de leitura e a aprendizagem, uma vez que entendem que a leitura melhora a compreensão dos conteúdos, desenvolve a capacidade de expressão oral e escrita, enriquece o vocabulário e desenvolve a capacidade de análise e interpretação do texto escrito. A generalidade dos participantes no estudo reconhece que a biblioteca escolar desenvolve actividades de promoção da leitura relevantes e sublinha a sua importância na criação e desenvolvimento de hábitos de leitura. Quase metade dos alunos (com uma percentagem muito superior no 2.º ciclo) e um pouco mais de metade dos professores participam nas actividades da biblioteca escolar. Este estudo deixa em aberto algumas propostas para investigação futura, nomeadamente, analisar a aplicação de actividades de leitura, quer pelos professores curriculares quer pelos professores bibliotecários, durante um período de tempo mais alargado que permita complementar os resultados obtidos sobre a evolução dos hábitos de leitura e o impacto na aprendizagem.
In this study, our main goal is to understand the reading habits of students from the 5th to 9th grades, and their conceptions, as well as those of their teachers and the librarian school teachers, of the importance that reading habits have in the learning process of these students. So, we tried to answer to the following questions: (i) What conceptions do students, teachers and librarian school teachers have about reading? (ii) How do they evolve according to the students, teachers and librarian school teachers’ perspectives? What classroom and school library activities contribute the most to this development? What is the impact of reading in learning according to students, teachers, and librarian school teachers? What importance do the activities proposed by the school library team have in the promotion and animation of reading and in the students’ learning? The theoretical framework of this study is organized in four parts: the first approaches reading as a fundamental competence; the second focuses on the reading habits and its impact on learning; the third concerns the promotion and animation of reading; the fourth, presents the conceptions that both students and teachers have about reading. We adopted an interpretative research paradigm, in a hybrid approach, using qualitative and quantitative data. We created, tested, updated and applied two questionnaires, one meant for the referred students (N=343) and the other for their teachers (N=40). Two more case studies were put forward with librarian school teachers, in which data was collected through semi-structured interviews. The results of this study show that these students, their teachers and librarian school teachers, though their conceptions about reading are not identical, share the fact that they associate it to pleasure, a way to learn and a contribute to learning. The study also shows that students like to read, but reveal poor reading habits (confirming a decrease from 5th/6th to 7th-9th grades). On the other hand, most of the teachers include reading in their class planning, but they carry out reading activities in a non-systematic way. The students, teachers, and librarian school teachers inquired are aware of the relation between reading and learning, since they perceive that reading improves the understanding of contents, develops oral and written communication, enriches the vocabulary and develops written text analysis and interpretation skills. Most of the participants in this study recognize that the school library develops relevant reading promotion activities and emphasize its importance in the creation and development of reading habits. Nearly half of the students (mostly from 5th/6th grade) and a little more than half of the teachers participate in the school library’s activities. Finally, we acknowledge some suggestions for further investigation, namely, to analyze reading activities carried out by both teachers and librarian school teachers, during a larger period of time so as to complement our results on the progress of reading habits and its impact on learning. Keywords: reading, reading habits, learning, conceptions, school library.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Gestão de Informação em Bibliotecas Escolares apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1678
Aparece nas colecções:Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares /Master’s Degree in Information Management and School Libraries – TMGIBE

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMGIBE_IsildaMenezes.pdf9,13 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.