Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1674
Título: O jornal e a prática do jornalismo no romance queirosiano
Autor: Mesquita, Ana Catarina Vasques Rodrigues
Orientador: Cunha, Maria do Rosário
Palavras-chave: Queirós, Eça de, 1845-1900
Literatura portuguesa
Cultura portuguesa
Século XIX
Jornalismo
Jornalismo literário
Data de Defesa: 2010
Resumo: Como todos sabemos, Eça de Queirós teve uma vasta carreira como jornalista, na qual espelhou, inicialmente, os seus ideais acerca do que deveria ser um jornalismo sério e frutífero, para mais tarde criticar a classe jornalística, denunciando seus vícios. Esta crítica passou não só pelos seus textos de imprensa mas também pelos seus romances, onde o leitor se depara com cenas em que tanto a figura do jornalista como a própria instituição são apresentadas de forma negativa. Ao longo desta dissertação, debruçámo-nos sobre as razões que envolvem esta crítica que, sendo Eça jornalista, poder-se-á transformar, por vezes, numa auto-crítica. Abordámos também a forma como essa crítica é levada a cabo pelo escritor nos seus romances mais marcantes, em termos de fases distintas da sua escrita. Para além deste propósito, a dissertação teve como objectivo analisar a importância da presença do jornal no romance, não só como instituição, mas também como objecto presente no quotidiano das diversas personagens. O trabalho teve como fase inicial a leitura de bibliografia de enquadramento da questão, que passou pelo entendimento da forma como se fazia jornalismo no século XIX, quem foi Eça como jornalista e a imagem que este tinha da sua própria profissão, assim como as críticas por si feitas a esta classe. Estas primeiras leituras permitiram a redacção dos capítulos iniciais da dissertação, que serviram como contextualização, assim como aprofundamento de conhecimentos sobre o autor, relacionados com o objecto de estudo. Paralelamente, foram lidos e analisados outros textos de Eça, cartas, textos de imprensa, ou outras obras que, não fazendo parte do corpus, considerámos fontes de informação necessária à nossa análise. Seguiu-se a leitura aprofundada do corpus seleccionado: O Crime do Padre Amaro, O Primo Basílio, Os Maias, A Ilustre casa de Ramires e A Cidade e as Serras. A leitura do corpus permitiu a selecção e consequente tratamento da informação relevante para a dissertação. Numa primeira parte, debruçámo-nos sobre o estudo do jornal como objecto do quotidiano, como instituição, como espaço de redacção, assim comos os temas que directamente se relacionam, nos romances de Eça, com a imprensa. Numa segunda parte, estudámos a figura do jornalista: o retrato; a arrogância, a mesquinhez e a falta de ética; a estupidez, a leviandade e a falta de cultura; o poder e o prestígio.
As we all know, Eça de Queirós had a wide career working as a journalist, exposing, initially, his ideals about what serious and fruitful journalism should be. Lately, he would criticise journalists, denouncing their vices. This critisicm is not only present in his press texts but also in his novels, where the reader is surprised with scenes in which both the journalist as well as the institution itself are presented in a negative way. Throughout this dissertation, we have looked at the reasons that involve this critiscism, which, being Eça a journalist himself, can become, sometimes, a self-criticism. We have also discussed how this critique is carried out by the writer is his more striking novels, in what regards different stages of his writing. Beyond this purpose, the dissertation aimed to analyse the importance ot the presence of the newspaper in the novel, not only as an institution, but also as an object in the daily life of the different characters. The study had, as the first stage, the reading of literature to frame the issue, which incorporates the understanding of the way journalism was carried out in the ninetenth century, who Eça was as a journalist, and the image that he had of his own job, as well as the criticism he made to his own class. These early readings led to the writing of the initial chapters of the dissertation, which served as a background and depth of knowledge about the author that was related to the object of study. Furthermore, other texts written by Eça were read, including letters, press texts, or other books which. not being a part of the corpus, were considered important sources of informartion to our study. What followed was the further reading of the selected corpus: O Crime do Padre Amaro, O Primo Basílio, Os Maias, A Ilustre casa de Ramires and A Cidade e as Serras. The reading of the corpus allowed the selection and subsequent processing of the relevant information tot he dissertation. In the first part, we focused on the study of the newspaper as an object of everyday life, as an institution, as a place where journalists write, as well as the subjects that are related, in Eça’s novels, to the press. In the second part, we studied the journalist figure: the portrait; the arrogance, the avarice and the lack of ethics; the stupidity, the frivolity and the lack of culture; the power and the prestige.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Estudos Portugueses Multidisciplinares apresentada á Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1674
Aparece nas colecções:Mestrado em Estudos Portugueses Multidisciplinares / Master's Degree in Multidisciplinary Portuguese Studies - TMEPM

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Final.pdf1,14 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.