Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1666
Título: A importância atribuída pelos enfermeiros ao empowerment do doente na relação terapêutica enfermeiro/doente
Autor: Pereira, Mónica Alexandra Miranda
Orientador: Gaspar, Maria Filomena Mendes
Palavras-chave: Comunicação em saúde
Enfermeiros
Cuidar
Terapia
Pacientes
Empowerment
Nurses
Patient
Therapeutic relation
Lisbon
Data de Defesa: 2010
Citação: Pereira, Mónica Alexandra Miranda - A importância atribuída pelos enfermeiros ao empowerment do doente na relação terapêutica enfermeiro/doente [Em linha]. Lisboa : [s.n.], 2010. 118 p.
Resumo: O empowerment consiste num processo em que o doente adquire um maior poder e controlo sobre a sua vida, proporcionado quer por um ganho de conhecimentos como pelo desenvolvimento de competências, que lhe permitem a tomada de decisão e uma participação efectiva no seu projecto de saúde. Este processo pode assim ser utilizado intencionalmente pelo enfermeiro como uma ferramenta promotora da relação terapêutica. A questão central do estudo é: “Qual a importância atribuída pelos enfermeiros ao empowerment do doente na relação terapêutica enfermeiro/doente?” Este estudo é do tipo tipo exploratório, descritivo-correlacional e transversal, com as vertentes qualitativa e quantitativa, desta forma, não tem pretensão dos seus resultados serem extrapolados para o universo mas sim, de compreender as percepções dos enfermeiros relativamente à problemática do empowerment. A metodologia utilizada tem as vertentes qualitativa e quantitativa. Sendo que, através das entrevistas a informantes qualificados emergiram um conjunto de dimensões do conceito de empowerment. O conjunto formado por estas dimensões e as existentes no modelo de Gibson (1991) serviu de base para a construção do instrumento de colheita de dados. A amostra é constituida por 30 participantes, enfermeiros de seis unidades clinicas de um centro hospitalar da região de lisboa. Através da análise de dados quantitativos e qualitativos é possivel concluir que : As dimensões emergentes do empowerment identificadas pelos enfermeiros como importantes são: Parceria, Disponibilidade e o Dar Informação. Os enfermeiros reconhecem uma elevada importância atribuída ao empowerment na relação terapêutica com o doente, que estes resultados podem estar relacionados com o desejável socialmente e nos pressupostos da boa prática professional. Empowerment is a process in which the patient acquires more power and control on his life, provided by an addition of knowledge and development of skills, which allow him to take decisions and participate in his project of health. This process can be intentionally used by the nurse as a promoting tool of the therapeutic relation. The central question of the study is: “Which is the importance given by the nurses to the empowerment of the patient in the therapeutic relation nurse/patient?” The nature of this study is exploratory, descriptive co-relational and multidisciplinary, gathering qualitative and quantitative aspects, and aims to explore, describe and cross the information acquired, its intention is not to see its results overstepped worldwide but to understand the perceptions of the nurses concerning the empowerment discussion. The interviews to qualified informants surfaced a set of dimensions of the concept of empowerment. The set formed by these dimensions and the existent ones in the model of Gibson (1991) were used to construct the instrument of data gathering. The sample is made of 153 participants, nurses of five medical services from a hospital in the Lisbon district. Through the assessment of quantitative and qualitative data it was possible to conclude that: The nurses recognize that empowerment is very important in the therapeutic relation and that its results are directly connected with social expectations and the aims of good practice. -The most important dimensions of empowerment identified by the nurses are: partnership, availability and giving information.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Comunicação em Saúde apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1666
Aparece nas colecções:Mestrado em Comunicação em Saúde / Master's Degree in Health Communication - TMCS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MonicaPereira04MAI2010.pdf566 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.