Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1574
Título: Bibliotecas escolares : que colaboração? : o trabalho colaborativo entre o professor bibliotecário e os professores : estudo de caso
Autor: Santos, Maria Lucília Marques dos
Orientador: Bastos, Glória
Palavras-chave: Bibliotecas escolares
Trabalho colaborativo
Informação/bibliotecas,papel
Professores
Professor bibliotecário
Estudo de casos
Collaboration
Collaborative work
School library
Teacher-librarian
Data de Defesa: 2010
Resumo: O trabalho colaborativo apresenta-se cada vez mais como um imperativo nas práticas pedagógicas actuais, à medida que aumentam as exigências do sistema educativo, o desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação se mantém acelerado e o conhecimento é cada vez mais uma construção e actualização constantes. Estes reptos são cada vez mais impossíveis de ultrapassar de forma individualizada, quando acresce o facto de a democratização do ensino e a escola inclusiva, colocar na escola estudantes com um grau elevado de diversidade a vários níveis. O trabalho colaborativo, não sendo uma panaceia, é uma das soluções que dispomos para enfrentar esta realidade. As bibliotecas escolares desempenham, neste contexto, um papel fulcral, respondendo aos desafios de preparar os alunos para as exigências do século XXI, desafios esses que um manual escolar, um ou mais computadores, um quadro interactivo e um professor, fechados com uma turma, numa sala de aula, não conseguem atingir. A colaboração entre o professor bibliotecário e os professores é, portanto, o tema principal deste estudo, que explana, numa primeira parte, um conjunto de aspectos relacionados com as perspectivas nacionais e internacionais sobre o trabalho colaborativo. Pretendemos também, com o nosso estudo identificar que conceito de trabalho colaborativo que possuem os professores bibliotecários sobre os quais incide a investigação e compreender de que forma acontece a colaboração entre o rofessor bibliotecário e os professores nas escolas estudadas, procurando definir a sua tipologia. A metodologia utilizada foi o estudo de caso de três coordenadores de biblioteca escolar em Portugal, pertencentes a escolas sede de agrupamento. A investigação teve o seu trabalho de campo no ano lectivo de 2007/2008, tendo sido utilizados como instrumentos o inquérito por entrevista, a observação directa e notas de campo Conclui-se no final deste trabalho, que os coordenadores de biblioteca estudados divergem ao nível do conceito de trabalho colaborativo que possuem, bem como ao nível das práticas que executam. No entanto, verifica-se uma coerência global, com algumas nuances, entre os conceitos que definem e as respectivas práticas observadas.
The collaborative work is presented more and more as an imperative in the current teaching practices, as the demands of the education system grow higher, the development of information and communication technologies is highly maintained and the knowledge is even more a construction and a continuously updating. These challenges are increasingly impossible to overcome individually, when added the fact that democratic education and inclusive school put students in the schools with a high degree of diversity at different levels. The collaborative work, not being a panacea, is one of the solutions we have to face this reality. The school libraries play in this context a crucial role, giving answers to the challenges of preparing the students for the demands of the twenty-first century. Those challenges are such that a textbook, one or more computers, a whiteboard and a teacher closed with a class in a classroom can not reach. The collaboration between the teacher-librarian and the teachers is therefore the main theme of this study which explains, in the first part, a number of aspects about the national and international prospects for the collaborative work. With our study we also intend to identify which concept of collaborative work teacher-librarians do have on which the research focuses and to understand the collaboration between teacherlibrarians and teachers in the studied schools and trying to define its type. The methodology used was a case study of three coordinators of school libraries in Portugal, belonging to different groups of schools. The field work investigation was carried out during the school year 2007/2008 and the tools used were the survey interview, the direct observation and the field notes. At the end of this study the conclusion is that the coordinators of the studied libraries differ in terms of the concept they have of collaborative work, as well as of their practices. However, there is an overall consistency, with some nuances, between the concepts that they define and their observed practices.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Gestão Informação e Bibliotecas Escolares apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1574
Aparece nas colecções:Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares /Master’s Degree in Information Management and School Libraries – TMGIBE

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
BEsColaboraçãoLSantosVol.I.pdf690,88 kBAdobe PDFVer/Abrir
BEsColaboraçãoLSantosVol.IIAnexos.pdf890,83 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.