Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1504
Título: Entendendo o desentendimento : contributo para o estudo da comunicação em saúde no processo de encerramento dos blocos de parto em 2006
Autor: Ferreira, Ana Isabel Teixeira
Orientador: Moreira, Paulo Kuteev
Palavras-chave: Reforma dos serviços de saúde
Política de saúde
Discurso político
Comunicação em saúde
Serviços de saúde
Média
Persuasão
Portugal
Health communication
Political communication
Media
Rhetorical analysis
Data de Defesa: 2009
Citação: Ferreira, Ana Isabel Teixeira - Entendendo o desentendimento [Em linha] : contributo para o estudo da comunicação em saúde no processo de encerramento dos blocos de parto em 2006. Lisboa : [s.n.], 2009. [197] f.
Resumo: Este projecto de investigação pretende contribuir no âmbito dos estudos da Comunicação em Saúde para Entender o Desentendimento entre as populações directamente visadas pela medida de Requalificação dos Serviços de Urgência Perinatal e o Ministério da Saúde em 2006, que conduziu ao encerramento de onze blocos de parto. Esta directiva visava a melhoria da taxa nacional de mortalidade perinatal. A revisão da literatura centrou-se no campo da Comunicação em Saúde na vertente da persuasão social. A complexa relação entre a Comunicação em Saúde, a Comunicação Política e os media é também enquadrada, tendo como base a importância da utilização de um discurso persuasivo eficaz em Saúde. Em análise estão os elementos de persuasão social utilizados no discurso público do Ministro da Saúde, Professor Correia de Campos. A análise retórica permitiu identificar os elementos de persuasão social utilizados, bem como se identificaram campos de divergência com as linhas orientadoras da Organização Mundial de Saúde (OMS) Saúde Para Todos 2010. As conclusões sublinham a importância do estabelecimento de um plano estratégico da Comunicação em Saúde, que inclua a preparação de conteúdos e a forma de apresentação em contexto mediático dos principais actores envolvidos na disseminação dos conceitos holísticos em Saúde preconizados no actual Plano Nacional de Saúde.
The present study is a contribution to Health Communication studies and attemps to understand the reasons that took people to go against the directives of the Health Ministry of closing eleven labour ward emergency admission in 2006, when the goal of this directive was the improvement of national birth conditions. The revision of the literature aimed health communication issues in a social persuasion perspective and also pointed out the complex relationship between health communication, political communication and media. We have identified the communication strategy of the Ministry of Health and the persuasion elements of his public communications through rhetorical analysis. The conclusions stresses the importance of having a strategic plan for Health communications that should include the content and delivery preparation to deal with the media of the principal actors involved in the dissemination of holistic principles of Health. In fact, this is the philosophy of our National Health Plan that follows World Health Organization (WHO) recommendations Health For All 2010.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Comunicação em Saúde apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1504
Aparece nas colecções:Mestrado em Comunicação em Saúde / Master's Degree in Health Communication - TMCS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMCS-AnaIsabelFerreira.pdf779,94 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.